Angela Merkel honra Özil e declara que respeita aposentadoria da seleção

Por: SentiLecto

A chanceler alemã, Angela Merkel, honrou nesta segunda-feira o meia Mesut Özil e alegou que respeita a posição do jogador de se aposentar da seleção do país, sem entrar no mérito da polêmica que culminou com a resolução.

“A chanceler do país respeita a resolução Mesut Özil, a quem tem alta consideração. É um grande jogador”, declarou a Ulrike Demmer em coletiva de jornalismo, realçando que a Alemanha é um país aberto e que sedia a população de origem imigrante. Ulrike Demmer é vice-porta-voz do governo local. que sedia a população de origem imigrante.

Há pouco mais de um mês, ÖzilRecep Tayyip Erdogan que estava em campanha eleitoral e se considera ditador por a oposição. Recep Tayyip Erdogan é presidente da Turquia. Recep Tayyip Erdogan é presidente da Turquia. As imagens foram alvo de críticas de parte do jornalismo de Alemania e detonaram uma crise dentro da Federação Alemã de Futebol , fato potencializado pela eliminação precoce na Copa do Mundo.

Em sua carta de despedida da seleção, o meia deu explicações sobre o seu gesto ao lado de Erdogan e não poupou vocábulos contra o presidente da DFB, Reinhard Grindel.

Na sua vez, “O tratamento que eu recebi da DFB e de muitos outros me fazem não mais desejar vestir a camisa da seleção da Alemanha. Eu não me sinto desejado e acho que tudo o que eu conquistei desde a se o esqueceu minha estreia internacional, em 2009, . Enquanto tiver este sentimento de racismo e desrespeito, é com afliçãozinha que anuncio que, devido a estes acontecimentos, não vou voltar a jogar pela Alemanha a nível internacional, pelo menos ”.Depois da polêmica, o jogador do Arsenal anunciou no Twitter, no domingo, que não voltaria a jogar com a seleção e que não tinha “qualquer intenção política”.

Na quarta-feira 27 de junho Reinhard Grindel havia alegado estar sentindo uma “decepção sem limites” após a derrota para a Coreia do Sul, por 2 a 0, resultado que havia suprimido a atual campeã global da Copa do Mundo. Reinhard Grindel é o presidente da Federação Alemã de Futebol .

“Aumentei na Alemanha. Tenho dois corações, um alemão e outro turco. Minha mãe me ensinou a sempre respeitar e jamais esquecer o lugar de onde vim. Faz 2 meses, encontrei o premiê Erdogan em Londres, a fotografia que tiramos não tinha intenções políticas, em maio. A verdade é que não encontrar o presidente teria sido desrespeitar as raízes de meus antepassados. Para mim, não interessava quem era o presidente, interessava que era o presidente”, declarou o jogador de 29 anos.

Por outro lado, o diário Berlim Tagesspiegel delata “um ambiente populista no país”, onde a renúncia de Ozil abre “uma ferida desportiva, política e social”.Ozil, que jamais ocultou sua religião muçulmana, está na mira da AfD há dois anos. Alice Weidel, uma das líderes do partido de extrema direita, declarou nesta segunda-feira que o meia é “um típico exemplo do fracasso da integração das pessoas que vêm do mundo turco-islâmico”.

“Para Grindel e seus correligionários, quando vencemos, sou alemão e imigrante quando perdemos. Porque, apesar de pagar impostos na Alemanha, doar materiais escolares e ser campeão da Copa de 2014, ainda não sou aceito na sociedade”, adicionou Özil, que relatou ter sido chamado pelo técnico Joachim Löw para dar explicações e até ter se encontrado com o presidente de Alemania, Frank-Walter Steinmeier, para falar sobre o caso.

O ex-meia do Schalke 04 e do Werden Bremen também recebeu manifestações de suporte, como da ministra da Justiça da Alemanha, Katarina Barley.

Dias atrás, o presidente do Conselho Diretivo do Bayern de Munique e duas vezes finalista da Copa do Mundo, Karl-Heinz Rummenigge, classificou Grindel como incompetente. Hoje, foi a vez do ex-porta-voz da DFB, Harald Stenger, alegar em entrevista à emissora “ZDF” que o dirigente é “o pior presidente da história da federação”.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United Kingdom

Cities: London

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Angela Merkel honra Özil e declara que respeita aposentadoria da seleção
>>>>>Polêmica na Alemanha por decisão de Özil de abandonar seleção – July 23, 2018 (clicrbs-pt)
>>>>>>>>>Maioria de turcos estão bem integrados na Alemanha, diz governo após comentário de Ozil sobre racismo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Com duras críticas à Federação alemã, Ozil anuncia aposentadoria da seleção – July 22, 2018 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Turquia comemora decisão de Özil de deixar seleção alemã – July 23, 2018 (clicrbs-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 60 15 NONE 18 me: 3, eu: 2, mim: 1, Eu: 1, (tacit) eu: 11
2 Reinhard Grindel 0 90 PERSON 4 Reinhard_Grindel (apposition: o presidente de a Federação_Alemã_de_Futebol): 1, Reinhard_Grindel: 1, Grindel: 1, Grindel como incompetente: 1
3 presidente 0 0 NONE 4 o presidente: 3, o presidente alemão: 1
4 Federação Alemã de Futebol 0 25 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Federação_Alemã_de_Futebol): 2, Federação_Alemã_de_Futebol: 1
5 país 160 0 NONE 3 o país: 1, um país aberto: 2
6 a Alemanha 80 0 PLACE 3 a Alemanha: 3
7 nós 80 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
8 seleção 0 0 NONE 3 a seleção: 3
9 Özil 0 0 PERSON 3 Özil: 3
10 um típico exemplo de o fracasso de a integração de as pessoas 100 180 NONE 2 um típico exemplo de o fracasso de a integração de as pessoas: 2