Bola parada, perigo de gol na Copa do Mundo da Rússia

Por: SentiLecto

Desde o começo da Copa do Mundo, a metade dos gols marcados -19 dos 38- até o fechamento da sexta rodada vieram de bola parada: 4 em cobranças de falta, 8 em tiros livres indireto ou escanteio e outros 7 de pênalti, proporções muito elevadas ao que é visto na Bundesliga alemã ou a Ligue 1 francesa na última temporada.

Jogadores como Golovin, Cristiano Ronaldo, Kolarov e Juan Quintero marcaram lindos gols de falta, uma das fórmulas que está tendo êxito em terras de Rusia para furar os cada vez mais fechados sistemas defensivos, como fizeram a a Suíça diante do Brasil e a Islândia contra a Argentina.

– O reino tático –

Se denigre Os gols de bola parada muitas vezes em relação a ações coletivas ou jogadas que nascem de a habilidade de os jogadores que conseguem resolver um lance em a criatividade,. Contudo, nem todas as equipes têm a característica técnica do Brasil ou o senso do coletivo da Espanha, que anotou dois de seus três gols contra Portugal graças à magia de seus adesportistas

“Sabemos desde o primeiro momento que os esquemas táticos estão bastante fechados. É isso que veremos nos jogos do primeiro período, as bolas paradas serão uma arma determinante”, analisou Aliou Cissé, técnico de Senegal.

O Uruguai pôde celebrar os três pontos contra o Egito, na estreia na Copa do Mundo da Rússia, graças ao gol de cabeça do zagueiro José Giménez nos minutos finais, após cobrança de escanteio.

Arma ofensiva e poderosa, as cobranças de falta são um desafio para as defesas no Mundial de Rusia. De fato, todos os gols padecidos por equipes de Afragola até esta segunda-feira vieram de bola parada: 1 no Egito, 1 no Marrocos, 2 na Nigéria e 2 na Tunísia.

Com isso, oferecer ao oponente um tiro livre parece uma pecado, como fez Gerard Piqué ao cometer falta em Cristiano Ronaldo na intermediária, a 5 minutos para o fim do duelo entre Portugal e Espanha. O próprio craque de Portugal pegou a bola e acertou o ângulo do gol de Espanha, empatando a partida em 3 a 3.

– Bola suspeita –

Em cada competição, a bola oficial da Copa do Mundo é criticada pelos goleiros por sua trajetória imprevisível.

Cristiano Ronaldo arrasou em campo. E levou a Copa do Mundo a um outro platô nas redes sociais. Esse é o Mundial dos craques? Cheque a análise de Erich Beting, CEO da Máquina do Esporte.

Na quinta-feira 07 de junho a umda abertura do Mundial, com a partida entre a seleção anfitriã e a Arábia Saudita, no Estádio Lujniki, em Moscou, saiba os sete motivos para acompanhar a Copa do Mundo. O Brasil como favorito, a despedida de craques, os estádios contemporâneos e a disputa pela artilharia eram somente alguns dos fatores que prometiam tornar  inesquecível a disputa de 2018.

A Telstar 18, última produção da Adidas, parece seguir o percurso da Jabulani, a bola que gerou polêmica na África do Sul-2010.

Desde seu fantasmazinho, os goleiros reclamam. Vão ser “mais de 35 gols por causa da bola” na Rússia, calculava Pepe Reina após um amistoso com a Alemanha em que utilizou-se a bola de a Copa. Pepe Reina é o goleiro reserva espanhol.

“Houve muitas críticas, mas não podemos mudar nada a tecnologia evolui e os jogadores marcarão de 40 metros de distância”, lamentou por sua vez o goleiro de Rusia Igor Akinfeev.

Os goleiros, porém, não são capazes de responder a uma questão: como jogadores como Cristiano Ronaldo conseguem colocá-la ond, se a trajetória da bola é tão imprevisíveledesejamm.

– Sorria, você está sendo filmado –

Com a estreia do VAR na Rússia, mais pênaltis estão sendo marcados. Tudo é visto e qualquer ato ilícito pode se modificar em castigo dentro da área, obrigando as equipes a se ajustarem defensivamente à tecnologia.

O técnico de Inglaterra Gareth Southgate advertiu aos comandados antes da Copa que não haveria mais impunidade.

Quando a seleção de Dinamarca já estava em território russo, o lateral, que foi assombrado pelo gesto dos companheiros, foi pai na terça-feira passada. O parto ocorreu duas semanas antes do esperado.Também jogam por clubes ingleses e marcaram gols o espanhol Nacho Monreal, do Arsenal, o de Francia Paul Pogba, do Manchester United, o australiano Mile Jedinak, do Aston Villa, e o argentino Sergio Agüero, do Manchester City.

“Não é que desejamo iludi os Juízes, mas acabou isso de pensar que podemos fazer porque se o vai ver não . É preciso ter atenção em campo sempre”, alegou.

Se apitaram três pênaltis com a ajudinha de o VAR, já em a Copa da Rússia. A tecnologia, porém, se a utilizou ainda não para invalidar um gol. França e Suécia foram duas seleções que se beneficiaram da novidade.

“Tenho certeza que foi uma boa resolução, deixa as coisas mais fáceis parAge Hareide que também teve um pênalti contra sua equipe apitada pela tecnologia. Comportar-se Hareide é o técnico dinamarquês. Comportar-se Hareide é o técnico dinamarquês. Mas, no seu caso, o peruano Christian Cueva mandou a bola para fora na cobrança.

Fonte: clicrbs-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil, Russian Federation, Tunisia, Portugal, Iceland, Argentina

Cities: Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Bola parada, perigo de gol na Copa do Mundo da Rússia
>>>>>Vídeo: A Copa dos craques – (maquinadoesporte-pt)
>>>>>Jogadores dinamarqueses pagaram avião privado para lateral conhecer a filha – June 18, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Filho de lenda: Quem é o goleiro dinamarquês que conquistou Luciana Gimenez – June 17, 2018 (FolhaGeneric)
>>>>>37% dos gols na Copa foram marcados por atletas que disputam a liga espanhola – (clicrbs-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 bola 0 160 NONE 7 bola parada: 2, bola: 1, Bola suspeita: 1, a bola: 3
2 jogadores 12 0 NONE 4 Jogadores: 1, os jogadores: 2, jogadores: 1
3 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
4 nós 0 0 NONE 4 (tacit) nós: 4
5 tecnologia 0 0 NONE 4 a tecnologia: 3, A tecnologia: 1
6 seus três gols 90 125 OTHER 3 seus três gols: 1, todos os gols sofridos: 1, lindos gols de falta: 1
7 equipes 0 0 NONE 3 equipes africanas: 1, as equipes: 1, equipes: 1
8 arma 80 80 NONE 2 Arma ofensiva e poderosa: 1, uma arma determinante: 1
9 Cristiano Ronaldo 0 30 PERSON 2 Cristiano_Ronaldo: 2
10 certeza 160 0 NONE 2 certeza: 2