Decisão da Libertadores vai ser fora da Argentina

Por: SentiLecto

Vai disputar-se a resolução de a Libertadores entre River Plate e Boca Juniors não em a Argentina. Caso os organizadores do acontecimento não consigam garantir segurança, a Conmebol, que a entidade afirma que, pela norma, o jogo tem que sair do país , arremessou comunicado oficial nesta terça-feira para informar aos dois clubes da resolução tomada pelo domo da confederação sul-americana. Se o apedrejou em o último sábado, o ônibus de o Boca Juniors em a chegada a o estádio de o River Plate, e se protelou a partida.

Em 1 mês, com a resolução de a Conmebol, o jogo decisivo entre as duas equipes ocorrerá 8 e 9 de dezembro, menos de uma semana antes de o começo de a Copa do Mundo de Clubes da Fifa, em os Emirados Árabes. A entidade, no entanto, ainda não definiu onde se vai realizar a partida.

Vai remarcar-se a disputa para outro dia, em data a ser definida em nova reunião com os dois clubes que ainda não se demonstrarão sobre a resolução de deferimento,.Ao confirmar o deferimento da partida para domingo, Alejandro Domínguez declarou que as duas equipes consentiram com a medida. Alejandro Domínguez é o presidente da Conmebol. O mandatário declarou: “São seres humanos, pessoas com família, não há condições de ter o jogo, as duas equipes estão de acordo com isso”. “Desejamo o melhor para o futebol de Sullana, temos convidados, então vai ser amanhã”.

Na segunda-feira 12 de novembro boca Juniors e River Plate haviam feito, , a primeira final da Libertadores 2018. E, como era esperado, Buenos Aires havia parado para acompanhar o duelo. A ponto de o Ministro da Segurança da capital de Argentina, Martín Ocampo, ter dito ao jornal “Clarín” que não imaginava que uma partida de futebol poderia gerar “tantas complicações”.

Nos últimos dias, algumas cidades se candidataram ao posto, de Chapecó, no interior de Santa Catarina, a Gênova, na Itália. Segundo alguns veículos de jornalismo da Argentina, a maior chance é que Assunção receba o jogo decisivo. A sede da Conmebol fica em Luque, na região metropolitana da capital de Paraguay.

“Não havia condições desportivas. Não desejamo que haja desigualdades desportivas. Um bom espetáculo desportivo. Que não haja desculpa”, alegou Alejandro Domínguez na Fox Sports Argentina. Alejandro Domínguez é o presidente da Conmebol.Apesar da resolução da Conmebol, a partida corre risco de não ocorrer. O Boca Juniors ainda briga para conseguir os pontos do jogo e, portanto, ser dito campeão. O Tribunal Disciplinar vai analisar o pedido de a entidade.

Na sua vez, “Esta não é uma suspensão, é um deferimento. Em conjunto, com os presidentes, remarcaremos a partida. Buscaremos a data adaptada, se vai disputar a partida”, garantiu o dirigente.

Fonte: maquinadoesporte-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Paraguay, Italy, Brazil, Argentina

Cities: Luque, Chapeco

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Decisão da Libertadores vai ser fora da Argentina
>>>>>Após pedido do Boca, Conmebol adia final da Libertadores – (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Final da Libertadores entre River e Boca é adiada novamente pela Conmebol – (clicrbs-pt)
>>>>>Final da Libertadores é suspensa e remarcada para domingo – (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 50 0 NONE 5 (tacit) nós: 5
2 partida 0 0 NONE 5 a partida: 5
3 entidade 0 0 NONE 3 a entidade: 2, A entidade: 1
4 equipes 0 0 NONE 3 as duas equipes: 3
5 jogo 0 0 NONE 3 o jogo decisivo: 2, o jogo: 1
6 Alejandro Domínguez 0 0 PERSON 2 Alejandro_Domínguez (apposition: o presidente de a Conmebol): 2
7 Conmebol 0 0 ORGANIZATION 2 A Conmebol que: 2
8 a Argentina 0 0 PLACE 2 a Argentina: 2
9 condições 0 0 NONE 2 condições: 1, condições esportivas: 1
10 eu 0 0 NONE 2 (tacit) eu: 2