Duelo pelas quartas de final opõe Inglaterra “caseira” e Suécia “estrangeira”

Por: SentiLecto

Suécia e Inglaterra se enfrentam no sábado pelas quartas de final da Copa do Mundo, em Samara, um duelo marcado por uma particularidade do futebol contemporâneo: todos os ingleses disputam a Premier League, a maior competição nacional do planeta, enquanto todos os suecos convidados atuam fora do país.

O camisa 10 sueco fez o gol do triunfo aos 21 minutos da segunda etapa. A seleção nórdica espera o ganhador do duelo entre Colômbia e Inglaterra, que se enfrentam ainda nesta terça.

Na terça-feira 26 de junho o técnico Gareth Southgate havia alegado que a Inglaterra entraria para vencer a partida contra Bélgica na próxima quinta, válida pela última rodada do grupo G da Copa do Mundo, ainda que o time não vá para o jogo com força máxima.

Quando chegou à semifinal do Mundial, pelo lado ede Escondido que tenta repetir ao menos o feito de 1994 o goleiro Olsen joga no Copenhague, da vizinha Dinamarca, e o zagueiro Granqvist atua pelo Krasnodar, da Rússia. O zagueiro Granqvist é capitão da equipe. A defesa ainda tem três “estrangeiros”: Lustig, que não vai enfrentar o ‘English Team’, pertence ao Celtic, da Escócia, Lindelöf ao Manchester United e Augustinsson ao Werder Bremen. , e deve ser trocado na lateral-direita por Emil Krath, do Bologna, outro jogador que não atua no futebol de Suecia.

A trajetória ainda é longa, mas já é possível incluir o centroavante inglês em uma futura disputa pelo posto de maior artilheiro na história do Mundial. Hoje , o de Alemania Miroslav Klose ocupa a posição , com 16 gols em 24 jogos. Aos 24 anos, Kane tem em seu radar ao menos mais duas Copas.Os ingleses, que têm como principal destaque Harry Kane – artilheiro da Copa, com cinco gols – ficaram em segundo no Grupo H, depois de fazer 2 a 1 na Tunísia, golear por 6 a 1 o Panamá e perder para a Bélgica por 1 a 0.

O mesmo se repete com os demais nomes da seleção de Janne Andersson. O meio-campo, por exemplo, tem Forsberg, do RB Leipzig Svesson, do Seattle Sounders O RB Leipzig é claesson, do Krasnodar., e Edkal, do Hamburgo. Berg comanda o ataque , artilheiro de o Al Ain , de os Emirados Árabes Unidos, e Toivonen, do Toulouse.

A particularidade modifica a Suécia na equipe mais “internacional” das oito que estão nas quartas de final. A segunda posição fica com a Croácia, que tem dois jogadores que atuam no futebol do país. Os suecos jogam em equipes de 12 países – Dinamarca, Escócia, Inglaterra, Rússia, País de Gales, Alemanha, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Itália, França e Bélgica -, uma situação muito distinta da vivida pelo adversário de sábado.

Os 23 jogadores convidados por Gareth Southgate não somente atuam na Premier League, mas são exclusivamente de equipes de Inglaterra, já que clubes de Galati também disputam a competição , como o Swansea de o sueco Olsson ,.

Principal nome do ‘English Team’, Harry Kane também é destaque do Tottenham comandado pelo argentino Mauricio Pochettino, equipe que mais contribuiu com desportistas para a seleção de Southgate, cinco ao todo. Trippier e Dele Alli foram titulares contra a Colômbia nas quartas de final. Dier e Rose entraram ao longo do jogo.

Os dois grandes clubes de Manchester – City e United – contribuíram com quatro jogadores casa. Dos ‘Diabos Vermelhos’ vieram Young, Lingard, Rashford e Phil Jones. Walker, Stones, Sterling e Delph vestem a camisa dos ‘Citizens’.

Outros clubes que cederam jogadores para Southgate foram Chelsea, Liverpool, Leicester, Arsenal, Everton, Stoke City e Burley.

Os dois países também não disputam uma semifinal de Copa do Mundo há algum tempo. Quando o Brasil a seleção de Thomas Brolin e empresa suprimiu ela, para a Suécia, o jejum é desde 1994. Os ingleses, por sua vez, não passam das quartas desde 1990. Se suprimiu o English Team em aquele ano, o ‘ English Team ‘ em os pênaltis pela Alemanha.

Uando fez a última grande participação em Mundiais, a Suécia não chegava às quartas de final desde 1994, q sendo elisuprimidara o Brasil na semifinal.Já a Suíça conservou viva a maldição de jogos eliminatórios em grandes competições, sendo suprimida em todos mata-matas que disputou.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United Kingdom, Russian Federation, Italy, Brazil, Belgium, France, Denmark, Croatia, Colombia

Cities: Toulouse, Samara, Liverpool, Franca, Bologna

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Duelo pelas quartas de final opõe Inglaterra “caseira” e Suécia “estrangeira”
>>>>>Suécia vence Suíça (1-0) e avança às quartas de final da Copa do Mundo – (clicrbs-pt)
>>>>>Suécia x Inglaterra: cinco motivos para não perder a partida de jeito nenhum – (clicrbs-pt)
>>>>>COPA 2018 : Colômbia e Inglaterra se enfrentam pela vaga – (diariodamanhapelotas-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 jogadores 25 0 NONE 4 dois jogadores: 2, jogadores: 1, Os 23 jogadores convocados: 1
2 a Suécia 0 0 PLACE 4 a Suécia: 2, A Suécia: 1, (tacit) ela (referent: a Suécia): 1
3 equipe 80 0 NONE 3 a equipe: 1, equipe: 2
4 Gareth Southgate 0 0 PERSON 3 Gareth_Southgate: 1, Southgate: 1, o técnico Gareth_Southgate: 1
5 Inglaterra 0 0 PLACE 3 Inglaterra: 2, a Inglaterra: 1
6 as quartas de final 0 0 NONE 3 as quartas de final: 3
7 clubes 0 0 NONE 3 Outros clubes: 2, clubes galeses: 1
8 os ingleses harry_kane artilheiro de a copa com cinco gols 100 0 NONE 2 Os ingleses Harry_Kane artilheiro de a Copa com cinco gols: 2
9 a Suíça 40 0 PLACE 2 (tacit) ele/ela (referent: a Suíça): 1, a Suíça: 1
10 Lustig 0 0 PERSON 2 Lustig: 2