Em clássico paulista, Osasco supera o Pinheiros no tie-break

Por: SentiLecto

A partida que fechou a sexta-feira recheada de jogos da Superliga feminina de vôlei não poderia ser melhor. No clássico paulista entre Osasco e Pinheiros, quem saiu com o triunfo foi o time da Grande São Paulo, que derrotou as adversárias por 3 sets a 2,  parciais de 25/22, 26/28, 25/22, 22/25 e 15/13. Com o resultado, o Osasco, que conseguiu o benefício no começo ao conquistar o primeiro set por 25 a 22, vai a 33 pontos e assume a terceira colocação na tabela. Já o Pinheiros, que briga para se classificar às quartas de final da Superliga feminina de vôlei, conquistou um ponto e se mconservouna oitava colocação, último posto que dá vaga à orpróximoaperíodoo torneio.

O equilíbrio marcou o primeiro set entre as duas equipes , distantes em a tabela de classificação. Jogando em casa, o Pinheiros tentou dificultar as ações das oponentes, entretanto

As visitantes não tiveram obstáculos para sair com a vitória no jogo, mesmo jogando no Ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul. Com facilidade, o Sesc não encontrou problemas durante o confronto, tomando as rédeas da disputa.

Na quarta-feira 03 de janeiro destaque da equipe do Osasco na Superliga feminina de vôlei e maior pontuadora da competição, a oposta Tandara havia alegado, nesta quarta-feira, que trocaria sua artilharia pelo título de seu clube na disputa nacional. Até agora, pelo torneio, a jogadora anota 239 acertos.

A segunda parcial foi ainda mais equilibrada, porém, quem saiu por cima, desta vez, foram os talentos da casa. Com um bloqueio decisivo ao defender um ponto do set, o Pinheiros buscou forças para ensaiar uma reação e e conseguir o empate ao fechar em 28 a 26.

O equilíbrio seguiu presente em quadra nas parciais seguintes. No terceiro set o Osasco voltou a se impor mesmo jogando fora de casa e conservou boa organização para travar o ímpeto das anfitriãs e novamente vencer uma parcial, agora por 25 a 22. Como resposta, o Pinheiros fez questão de mostrar seu poder de fogo e devolveu o placar, forçando a resolução no tie-break.

Na próxima rodada da Superliga feminina de vôlei, o Pinheiros visita o Sesc/Rio de Janeiro, que está entre os líderes da competição, no dia 26 de janeiro, às 20h00 . Já o Osasco recebe o Fluminense em seus domínios, no dia 27, sábado, às 15h00 .

Por outro lado, a primeira colocação do Rio de Janeiro, do técnico Bernadinho, pode não durar muito. Isso porque o Praia Clube, invicto até então, joga exclusivamente na segunda-feira, contra o Fluminense. O clube de Uberlândia tem 39 pontos, com 13 triunfos em 13 partidas.

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Em clássico paulista, Osasco supera o Pinheiros no tie-break
>>>>>Rio derrota o São Caetano e assume liderança provisória da Superliga – January 13, 2018 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Pinheiros 75 25 ORGANIZATION 8 o Pinheiros: 6, Pinheiros: 1, (tacit) ele/ela (referent: Pinheiros): 1
2 Osasco 60 0 ORGANIZATION 8 (tacit) ele/ela (referent: o Osasco): 3, o Osasco: 4, Osasco: 1
3 partida 0 100 NONE 2 A partida a: 2
4 equilíbrio 160 80 NONE 2 O equilíbrio: 1, o equilíbrio: 1
5 Fluminense 0 0 ORGANIZATION 2 o Fluminense: 2
6 a Superliga feminina de vôlei 0 0 OTHER 2 a Superliga feminina de vôlei: 1, a Superliga feminina: 1
7 colocação 0 0 NONE 2 a terceira colocação: 1, a oitava colocação: 1
8 o Sesc-Rio 0 0 OTHER 2 o Sesc-Rio: 2
9 posto 0 0 NONE 2 último posto: 2
10 set 0 0 NONE 2 o terceiro set: 1, O primeiro set: 1