Guga alega: “O tênis de Brasil ainda não existe”

Por: SentiLecto

Um dos maiores tenistas da história e grande emblema do esporte braGustavo Kuerten continua vivendo a modalidade que o fez conhecido por todo o país. Gustavo Kuerten é o Guga. Gustavo Kuerten é o Guga. No início de 2008, o catarinense evidencia o protagonismo de projetos públicos e de incentivos do governo para que inúmeros jovens possam ter estrutura para se tornarem e se conservarem como desportistas profissionais, desde que se aposentou.

Durante o 6º ENEG , que reuniu gestores e professores das 48 unidades franqueadas no país, o tricampeão de Roland Garros alegou que o tênis de Brasil ainda precisa surgir. Para ele, isso ocorre porque se recorda o esporte sempre que em a maior nação de a América do Sul, é através de personagens, como ele próprio, e não por dezena de tenistas que que aparecem constantemente nos principais torneios do circuitos.

“O tênis de Brasil ainda não existe. Existem os jogadores. Um é número 50, outro é número 20. A Bia está mal, a Teliana também está tentando, o Thomaz está em um período ruim, o Thiago Monteiro é um dos mais próximos do Top 100…Infelizmente, fala de personagens,, quando se fala de tênis aqui no Brasil a gente fala evolução, para que tenha vida o tênis de Brasil. A ideia do projeto é montar uma estrutura, uma cultura do tênis no país”.

Altamente carismático e buscando exemplos positivos sempre que fala sobre o esporte, Guga mostra humildade até mesmo ao falar sobre as outras escolas de tênis ao redor do mundo. Para mostrar a precariedade da prática local, o ex-número um do mundo não precisou ir bastante longe.

Na sua vez, “Eu procuro cultivar e me aproximar de coisas positivas, e o Neymar tem tantas coisas positivas, devemo valorizar isso. Não vale a pena ficar cultivando as coisas negativas. Assim como nesse projeto que estamos fazendo, preferimos dar força, estimular, já são tão raros os exemplos bons. Temo que apoiar”.“O Neymar pra mim será o melhor do mundo com toda a certeza. É uma questão de tempo para isso ocorrer e que bom que ele é brasileiro. Então vamos ajudar para que isso ocorra de uma forma mais adequada, para que ele sirva de exemplo para todas as crianças que pratiquem esporte. Essa é a mentalidade”.

“Pegaremos o exemplo argentino. Você verá, ninguém para de jogar, se você for lá. Os ex-tenistas continuam vivendo o tênis. Muitos viraram treinadores, se tornaram professores, e muitos estão participando de alguma maneira do tênis. Isso é uma experiência única, isso faz com que o garoto que está ali tenha mais possibilidade de se ajustar àosdobstáculosdo tênis profissional”.

Há pouco mais de dez anos, Guga viu o Brasil conquistar somente quatro títulos de ATP 250, todos eles ganhos pelo mesmo tenista, Thomaz Bellucci, desde que parou de jogar profissionalmente. Já os argentinos festejaram 27 troféus de ATP 250 e 14 de ATP 500, sendo que nove desportistas “hermanos” diferentes tiveram o prazer de erguer ao menos um caneco.

* Especial da Gazeta Esportiva

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil, Argentina

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Guga alega: “O tênis de Brasil ainda não existe”
>>>>>Guga destaca importância de Neymar e mostra otimismo pro futuro – July 20, 2018 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 60 0 NONE 11 (tacit) eu: 8, me: 1, mim: 1, Eu: 1
2 nós 60 0 NONE 6 (tacit) nós: 6
3 tênis 0 0 PERSON 4 O tênis brasileiro: 1, tênis: 1, o tênis brasileiro: 2
4 Bia 0 180 ORGANIZATION 3 A Bia: 1, (tacit) ele/ela (referent: A Bia): 2
5 Neymar 180 0 ORGANIZATION 3 ele (referent: O Neymar): 1, o Neymar: 1, O Neymar: 1
6 esporte 0 0 NONE 3 o esporte: 2, esporte: 1
7 garoto 0 160 NONE 2 o garoto: 2
8 coisas 80 70 NONE 2 tantas coisas positivas: 1, as coisas negativas: 1
9 exemplos 260 40 NONE 2 os exemplos bons: 1, exemplos positivos: 1
10 atletas 220 0 NONE 2 nove atletas: 1, atletas profissionais: 1