“Mineiraço”: Cheque o que mudou na carreira de quem estava no 7 a 1

Por: SentiLecto

A segunda Copa do Mundo em solo de Brasil, em 2014 poderia apagar a aparição do Maracanazzo de 1950, mas o resultado foi o contrário. Jogando no Mineirão, Brasil e Alemanha, que chegavam à partida confiantes, disputavam uma das vagas na final do Mundial, no Maracanã , e No entanto, o que se viu em campo foi uma aula de futebol dos alemães, que não deram possibilidades aos brasileiros e golearam pelo famoso placar de 7 a 1, que trouxe uma marca bastante forte e consequências na carreira para os dois lados – veja o gráfico abaixo.

Antes do passeio alemão, a Seleção fez uma Copa do Mundo de altos e baixos, com três triunfos e dois empates. O time de Luiz Felipe Scolari venceu a Croácia por 3 a 1 na estreia, empatou sem gols com o México no segundo jogo e goleou Camarões por 4 a 1 no último jogo do período de grupos. Nas oitavas de final, o Brasil suprimiu o Chile nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação. Já nas quartas, triunfo de Brasil por 2 a 1 sobre a Colômbia.

Apesar da triunfo, o duelo contra os colombianos trouxe problemas para a semifinal. Neymar, principal jogador brasileiro na Copa do Mundo, saiu de campo com lesão séria no pilar e seria desfalque para o resto do torneio. O zagueiro e capitão Thiago Silva também foi desfalque contra a Alemanha por receber seu segundo cartão amarelo do torneio. Em seus lugares jogaram, respectivamente, Bernard e Dante, que atuava no futebol de Alemania.

Do outro lado do Mineirão estava a Alemanha, que fez boa Copa do Mundo. A equipe de Joachim Low começou a campanha com goleada de 4 a 0 sobre Portugal, seguida de empate por 2 a 2 com Gana e triunfo de 1 a 0 sobre os Estados Unidos. Nas oitavas de final, em jogo admirável, os alemães venceram a Argélia com gol nos últimos instantes da prorrogação. Nas quartas, triunfo por 1 a 0 sobre a poderosa França.

Mesmo com o susto diante da Argélia, a triunfo sobre a França, uma das melhores seleções da Copa de 2014, deu confiança aos alemães. O time capitaneado por Lahm tinha defesa forte, meio-campo habilidoso e ataque eficiente, com Klose, que viria a ser o maior artilheiro das Copas do Mundo, e Muller, que marcou cinco gols em ambas as Copas que disputou. Enquanto o goleiro Neuer foi eleito o melhor da posição na competição, muller seria o vice-artilheiro do torneio.

Quando o Brasil sagrou, relembre também a final da Copa de 2002 -se campeão ao vencer a Alemanha

No decorrer da partida, o treinador Luiz Felipe Scolari ainda promoveu a entrada de três jogadores na equipe.

Paulinho

Na época: Tottenham

Atualmente: Barcelona

Paulinho vivia mau período no Tottenham, mas Faz 4 anos, ganhou o voto de confiança de Felipão. Na contramão da maioria dos que estiveram na partida, após o Mundial, o jogador renasceu na carreira e hoje é peça importante no time do Barcelona. Presença constante nas convocações brasileiras, certamente vai estar na Copa da Rússia

No duelo contra o Brasil, o técnico da atual campeã global tem que realizar pelo menos cinco mudanças no time que começou a partida contra a “La Roja”. Além de Özil e Müller, Löw não contará com Sami Khedira “por cautela”, já que o jogador padeceu uma pancada na partida contra os espanhóis.“Estão mais equilibrados, mais fortes no ataque. Casemiro e Paulinho dão estabilidade defensiva. Percebemos que o treinador tem uma ideia clara. É um time de muito perigo. Hoje, a gente vê o Brasil como a gente conhece, um Brasil forte”, analisou o meia.No retrospecto, os italianos levam benefício. A Squadra Azzurra ganhou onze vezes e o English Team triunfou em oito chances, além de sete empates. Faz 3 anos, a última edição de o derby ocorreu e o confronto concluiu 1 a 1.

Na segunda-feira 12 de março Nesta segunda-feira, o técnico Tite havia anunciado a lista de convidados da Seleção Brasileira para os amistosos do final deste mês, contra Rússia e Alemanha, pelo período final da preparação para a Copa do Mundo 2018. Além de exibi os 25 jogadores que estarão à sua disposição, o comandante concedeu coletiva de imprensa, por meio da qual explicou algumas de suas decisões e comentou a respeito do estágio em que se encontra a Amarelinha.

Ramires

Atualmente: Jiangsu Suning

Ramires era peça importante no time do Chelsea, sendo fundamental na conquista da Liga dos Campeões de 2012. Faz 4 anos, reserva entrou em algumas chances e, em 2015, transferiu se para o futebol de China. Faz 4 anos, a última vez que defendeu a Seleção Brasileira foi em amistoso contra o Equador.

Atualmente: Chelsea

Willian estava há pouco menos de um ano no Chelsea, para onde clube foi transferido depois de ter se realçado em o Shakhtar. Participou de cinco jogos na Copa, e na disputa de pênaltis contra o Chile nas oitavas de final, desperdiçou sua cobrança. Atualmente vive bom período nos Blues, e é presença constante nos jogos da Seleção.

Treinador: Luiz Felipe Scolari

Atualmente: Sem clube

O último trabalho de Felipão havia sido no Palmeiras, entre 2010 e 2012. Em seu último ano por lá, conquistou uma Copa do Brasil, mas deixou o comando da equipe pouco tempo antes do rebaixamento da equipe para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Depois da Copa, assumiu o Grêmio e permaneceu no clube gaúcho por menos de um ano. Faz 3 anos, foi para o Guanzhou Evergrande, onde permaneceu até 2017, em junho de 2015. Pelo time de China, conquistou um campeonato nacional e uma Liga dos Campeões da Ásia.

Joachim Low também usou as três mudanças de que tinha direito. Joachim Low é técnico de Alemania.

Atualmente: Arsenal

Faz 4 anos, tanto o meia de o Arsenal quanto o atacante de o Bayern de Munique, ambos campeões de o mundo deixaram a concentração após empate em 1 a 1 com a Espanha. Müller foi o autor do gol da Mannschaft.

Mertesacker era o capitão do Arsenal na época, e ia à Copa do Mundo logo depois de conquistar a Copa da Inglaterra pelos Gunners. Faz 4 anos, após o mundial o zagueiro anunciou a sua aposentadoria de a seleção. Atualmente, pelo clube de Inglaterra, o jogador pouco atua, e deve se retirar do futebol ao final da temporada europeia.

O técnico Joachim Low Atualmente : Borussia Dortmund Na Copa de 2014 , o atacante era reserva , mas foi bastante utilizado ele , e chegou a marcar três gols em a competição. Faz 3 anos, Schurrle foi de o Chelsea para o Wolfsburg, e, em 2016, transferiu se para o Borussia Dortmund, em o começo de 2015. Não atua pela seleção de Alemania desde março de 2017, e tem que ficar de fora da lista para a Copa do Mundo da Rússia.

No comando técnico da seleção de Alemania desde 2006, Joachim Low disputava a sua terceira Copa do Mundo. No currículo, tinha duas eliminações em semifinais: uma em casa para a Itália, e uma na África do Sul para a Espanha. Contudo, teve o respaldo da federação de Alemania, conquistou o título no Brasil e agora vai para a sua quarta Copa do Mundo como treinador de uma das seleções novamente candidatas à conquista daotcalicezito

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil, Russian Federation, United States, Spain, Portugal, Mexico, Italy, Croatia, Colombia, Chile, Algeria

Cities: Mexico, Franca, Barcelona

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>“Mineiraço”: Cheque o que mudou na carreira de quem estava no 7 a 1
>>>>>Müller e Özil desfalcam Alemanha contra Brasil – (clicrbs-pt)
>>>>>Alemães veem Seleção de Tite menos dependente de Neymar – March 25, 2018 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>>>>>Tite “tira peso” de Douglas Costa e diz que Neymar é insubstituível – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Tite faz balanço positivo da seleção brasileira após vitória sobre a Rússia – March 23, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Brasil treina no estádio Luzhniki com Douglas Costa no lugar de Neymar – (EfeGeneric)
>>>>>Decepções da última Copa, Inglaterra e Itália duelam em Wembley – (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 320 0 NONE 9 (tacit) eu: 9
2 o Brasil 80 0 PLACE 7 o Brasil: 5, (tacit) ele/ela (referent: o Brasil): 1, um Brasil forte: 1
3 Copa 0 0 ORGANIZATION 7 (tacit) ele/ela (referent: a Copa): 3, a Copa de 2014: 1, a Copa: 3
4 Arsenal 0 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele (referent: o Arsenal): 1, Arsenal: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Arsenal): 4
5 partida 0 0 NONE 5 a partida: 4, partida: 1
6 Willian 0 30 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Willian): 3, Willian: 1
7 vitória 300 0 NONE 4 vitória brasileira: 1, vitória: 2, vitória de 1: 1
8 Alemanha 160 0 PLACE 4 a Alemanha: 3, Alemanha: 1
9 Muller 0 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Muller): 1, Muller: 3
10 Schurrle 0 0 PLACE 4 (tacit) ele/ela (referent: Schurrle): 3, Schurrle: 1