No vaivém de propostas, Fox faz oferta de US$ 32,5 bilhões pela Sky

Por: SentiLecto

O vaivém de propostas entre gigantes da mídia continua. Dessa vez, foi a vez da 21st Century Fox, do magnata Rupert Murdoch, ampliar sua oferta para adquiri a Sky. Os US$ 32,5 bilhões colocam pressão sobre a principal concorrente no negócio, a operadora de TV a cabo Comcast. Pela nova proposta da Fox, o valor por ação, que se o divulgou não, passa das 12,50 libras oferecidas pela Comcast e é bem acima das 10,75 libras prometidas pela própria Fox, que já tem 39% de participação na Sky e revelou que já teria o suporte do comitê independente do Sky para fechar o acordo, em sua última oferta.

Um dos grandes trunfos da Fox é o fato da Sky ser presidida por James Murdoch, filho de Rupert Murdoch. Além disso, James também é CEO da Fox.

Murdoch já tem no Reino Unido, através do grupo News Corp, os jornais “The Times”, “The Sunday Times”, “The Sun” e a emissora de rádio “TalkSport”.Espera-se que as autoridades britânicas revelem nesta semana se aprovam a operação, após tê-la questionado anteriormente por temores à criação de um monopólio no setor de meios de comunicação, pois Murdoch tem vários jornais no Reino Unido.

Na quarta-feira 20 de junho Após ser “desafiada” pela Comcast, uma das maiores operadoras de TV a cabo dos EUA, a Disney havia ampliado a proposta para adquiri parte da 21st Century Fox. Faz 7 meses, a nova oferta de a companhia encarnada por o Mickey chegava a US $ 71,3 bilhões, superando os US $ 65 bilhões de a Comcast ne em quase US $ 20 bilhões a primeira proposta de a própria Disney que havia sido de US $ 52,4 bilhões.

Fotografia: Reprodução

O novo lance da Fox é o capítulo mais recente de um “combate” que já dura 18 meses. Faz 3 meses, a Comcast havia feito uma proposta de US $ 31 bilhões por a Sky, em abril. A Disney, gigante do ramo de entretenimento que frear outro combate com a Comcast pela compra de parte da Fox, consentiu em comprar US$ 7 bilhões em ativos de entretenimento da Fox e caso a Fox efetive a compra, vai ser talento da Sky.

De acordo com o site britânico SportsPro Media, a Sky é vista “como um dos prêmios mais cobiçados da indústria de mídia” pelas companhias de Americade America que querem expandir suas operações para a Europa. Isso porque, além de vender serviços de banda larga e telefonia móvel, a Sky também é líder em TV por assinatura no Reino Unido e outros mercados regionais, entre eles Alemanha e Itália.

Fonte: maquinadoesporte-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Italy, United Kingdom

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>No vaivém de propostas, Fox faz oferta de US$ 32,5 bilhões pela Sky
>>>>>Fox eleva para US$ 32 bilhões oferta de compra do grupo britânico Sky – July 11, 2018 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Comcast 0 0 ORGANIZATION 5 a cabo Comcast: 1, a Comcast: 4
2 Disney 0 0 ORGANIZATION 4 a própria Disney: 1, (tacit) ele/ela (referent: A Disney): 1, A Disney: 1, a Disney: 1
3 Sky 0 0 ORGANIZATION 4 a Sky: 4
4 Murdoch 0 35 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Murdoch): 1, Murdoch: 2
5 Fox 0 0 ORGANIZATION 3 a própria Fox: 1, a Fox: 2
6 US 0 0 ORGANIZATION 3 os US: 1, a US: 1, Os US: 1
7 o Reino_Unido 0 0 PLACE 3 o Reino_Unido: 3
8 libras 50 0 NONE 2 as 12,50 libras oferecidas: 1, 10,75 libras prometidas: 1
9 TV 0 0 ORGANIZATION 2 TV: 2
10 empresas 0 0 NONE 2 as empresas americanas: 2