Polícia realiza operação de busca e apreensão na sede do Sporting

Por: SentiLecto

A Polícia Judicial de Portugal realiza nesta quarta-feira uma operação de busca e apreensão nos escritórios do Estádio José Alvalade, do Sporting, por suspeitas de corrupção no clube, que suspendeu o treinamento de seus jogadores, após ontem serem agredidos por vários torcedores.

Os agentes da PJ chegaram no começo da manhã e, segundo o jornalismo de Lusaka, investigam uma suposta compra de Juízes para fraudar partidas da liga de handebol, competição que o Sporting conquistou na temporada passada após um jejum de 16 anos.

Além das agressões, os ultras ainda arruinaram os vestiários do clube. A Guarda Nacional de Lisboa foi acionada e foi até as instalações do clube para restabelecer a ordem. Ainda de acordo com a jornalismo lusa, no momento da invasão, Bruno de Carvalho nem o diretor desportivo, André Geraldes, estavam presentes. Bruno de Carvalho é o controverso presidente do clube.

No domingo 22 de abril embalado pela classificação para a final da Taça de Portugal diante do adversária Porto no meio da semana, o Sporting havia recebido o Boavista pelava 31ª rodada do Campeonato Português e havia vencido por 1 a 0, com gol de Bas Dost de pênalti, aos 26 minutos do primeiro tempo. Com o resultado, a equipe comandada por Jorge Jesus vai a 74 pontos e volta à terceira colocação, que h haviasido ocupada tprovisoriamentepelo Braga. A três rodadas do fim da competição, o triunfo ameaçava o líder Benfica, com 77 pontos, e também o Porto, com 76, que ainda jogaria contra o V. de Setúbal, na próxima segunda-feira.

O registro coincide com a suspensão do treino da equipe profissional de futebol, que decidiu não realizar a atividade após a agressão padecida ontem pelo seu treinador, Jorge Jesus, e vários jogadores.

Cerca de 50 torcedores da equipe invadiram, com as facezinhas cobertas, o centro de treinamento do clube, em Alcochete, e entraram no vestiário com tochas, quebrando o vestiário e atacando os jogadores.

Quem levou a pior foi o atacante holandês Bas Dost, que padeceu vários cortes na cabeça e nas pernas, como apareceu em imagens divulgadas por vários veículos de jornalismo e redes sociais.

Alguns desportistas devem se reunir hoje com o Sindicato dos Jogadores e estudam a rescisão do seu contrato com o clube, que reagiu ontem à noite com um comunicado onde repudiou “veementemente” a violência.

O clube divulgou um comunicado oficial, repudiando as ações violentas e lamentando o acontecido.

No próximo domingo, o Sporting vai disputar a final da Copa de Portugal contra Desportivo Aves.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Polícia realiza operação de busca e apreensão na sede do Sporting
>>>>>Comissão técnica e jogadores do Sporting são agredidos por torcida – May 15, 2018 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Bas Dost 0 310 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: o atacante holandês Bas_Dost): 3, o atacante holandês Bas_Dost: 2
2 Benfica 0 30 ORGANIZATION 3 o líder Benfica: 1, (tacit) ele/ela (referent: o líder Benfica): 2
3 Sporting 60 0 ORGANIZATION 3 o Sporting: 3
4 jogadores 0 48 NONE 2 os jogadores: 1, vários jogadores: 1
5 Nacional de Lisboa 0 0 PERSON 2 A Guarda_Nacional_de_Lisboa: 1, (tacit) ele/ela (referent: A Guarda_Nacional_de_Lisboa): 1
6 clube 0 0 NONE 2 o clube: 1, O clube: 1
7 comunicado 0 0 NONE 2 um comunicado: 1, um comunicado oficial: 1
8 equipe 0 0 NONE 2 a equipe comandada: 1, a equipe: 1
9 vestiário 0 0 NONE 2 o vestiário: 2
10 as ações violentas 0 160 NONE 1 as ações violentas: 1