MarcaLoboPaysandu.jpg

Por vaga nas oitavas, Paysandu e Bahia voltam a se enfrentar após oito dias

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Marca Lobo Paysandu

A briga por uma vaga nas oitavas de final brasileiras deve estimular a quarta-feira de futebol. A partir das 22 horas , o Paysandu recebe o Bahia no Mangueirão no jogo de ida do terceiro período do torneio.

“Primeiramente, deve ser um gol de cada vez. Não é basquetebol para meter cesta de três. Procurar um gol de cada vez. Ou chupa cana ou assovia. Não dá para chupar cana assoviando. Vamos para o tudo ou nada. Com precaução. Tentaremos um gol de cada vez para tentar a classificação na Copa do Brasil”, declarou o atacante.

Paysandu Sport Club é uma agremiação poliesportiva de Brasil, da cidade belemita.

Os oponentes estão equilibrados na Série B do Campeonato Brasileiro: enquanto o Paysandu é o sexto com 22, o Bahia é o terceiro com 24 pontos. Vale recordar que as duas equipes já se confrontaram em 2015, na 11ª rodada da Série B, há exatos oito dias. Faz 2 dias, o Tricolor saiu com a vitória por 2 a 0, em o dia 7 de julho. Por isso, o Papão adota certa precaução em seus discursos.

“Conhecemos o oponente. Já os enfrentamos esse ano e sabemos como jogam. Agora vamo estar dentro de casa, com o suporte do nosso torcedor. Podemos sair com o triunfo. Mas o mais importante é não levar gol dentro de casa e levar o benefício para o próximo jogo”, evidenciou o lateral direito Yago Pikachu.

“Quando jogamos pela Série B. Eles, a gente teve uma partida bastante disputada contra o Bahia têm uma equipe bem qualificada, mas nós trabalhamos onde erramos nestes dois últimos jogos e estamos com a equipe bem adaptada. Estamos vivendo uma situação diferente agora, onde vamo ter dois jogos em mata-mata, e devemo fazer o nosso mando prevalecer e conquistar o triunfo”, consentiu o goleiro Emerson.

Já o Bahia segue se preparando em ritmo intenso para a semana repleta que tem pela frente. Após o duelo contra o Paysandu, em Belém, a equipe vai cruzar o país para enfrentar o Criciúma no sábado, no Heriberto Hulse.

“O futebol é assim. Temo que tentar nos ajustar o mais rápido possível. Enquanto o sul brasileiro é mais frio, o Pará é mais quente. Temos que nos ajustar o quanto antes para jogar bem nos dois compromissos”, advertiu o atacante Jacó.

Jacó ou Jacob, também conhecido como Israel, foi o terceiro patriarca da bíblia.

A principal novidade para o técnico Sérgio Soares é o regresso do atacante Willians Santana, recuperado de virose. Por outro lado, Kieza, Léo Gamalho, Maxi Biancucchi e Zé Roberto continuam na fisioterapia.

Autor dos dois gols do último triunfo sobre o Paysandu, por 2 a 0, Jacó espera repetir o êxito em Belém. “Foi o jogo onde pude fazer dois gols. São lembranças boas, mas que já passaram. Agora devemo pensar no próximo jogo e tentar mais um triunfo contra eles”, avaliou.

Os jogadores do Bahia têm consciência do obstáculo do confronto e sabem que o time vai precisar provar força ofensiva. Para o atacante Alexandro, no entanto, a equipe não pode ter pressa para fazer os gols. É necessário dar um passo de cada vez.

Nesta terça-feira, a CBF optou por modificar o local da partida de volta. Anteriormente, o confronto aconteceria na Arena Fonte Nova; Em 17 dias, se o vai realizar, em o Estádio de Pituaçu, em o mesmo dia 22 de julho, em as 19h30.FICHA TÉCNICA PAYSANDU X BAHIA

Local: Estádio Mangueirão, em Belém Data: 15 de julho de 2015 Horário: 22 horas Árbitro: Pathrice Wallace Correa Maia Assistentes: Luiz Claudio Regazone e João Luiz Coelho de Albuquerque

PAYSANDU: Emerson; Yago Pikachu, Thiago Martins, Gualberto e João Lucas; Ricardo Capanema, Fahel, Edinho e Carlinhos; Souza e Aylon Técnico: Dado Cavalcanti

O empate teve um gosto altamente amargo, já que o time de Marruecos equiparou o marcador já nos acréscimos, poucos minutos depois de o Bicolor abrir o placar com um gol de Gualberto.Misael, Fahel e Yago Pikachu, em um pênalti controverso, marcaram os tentos bicolores na partida, todos eles no segundo tempo. A equipe paraense ainda concluiu o jogo com desvantagem numérica devido à expulsão do zagueiro Gualberto aos 29 minutos.

BAHIA: Douglas Pires; Adriano Apodi, Robson, Titi e Patric; Yuri, Gustavo Blanco, Souza e Tiago Real; Jacó e Mário Técnico: Sérgio Soares

Buscando se aproximar mais do G4 da Série B, o Paysandu recebeu o Luverdense na noite desta sexta-feira no estádio da Curuzu, em Belém. Após seis jogos sem um resultado positivo, o Papão voltou a falhar na tentativa de um triunfo, j� …

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil, Isle Of Man

Cities: Douglas, Criciuma, Belem

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Por vaga nas oitavas, Paysandu e Bahia voltam a se enfrentar após oito dias
>>>>>Precisando golear, Bahia recebe o Paysandu pela Copa do Brasil – July 05, 2017 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Paysandu sofre empate do Sampaio no fim e perde chance de entrar no G4 – July 05, 2017 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>>>>>Paysandu segura vantagem contra o Gama e é campeão da Copa Verde – July 05, 2017 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Paysandu derrota Bahia e encaminha classificação para as oitavas – July 05, 2017 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 75 90 NONE 18 nós: 1, (tacit) nós: 17
2 Paysandu 0 0 ORGANIZATION 6 PAYSANDU Emerson: 1, o Paysandu: 5
3 equipe 0 40 NONE 5 A equipe paraense: 1, a equipe: 3, uma equipe: 1
4 o Bahia 0 0 PLACE 5 BAHIA Douglas_Pires: 1, o Bahia: 4
5 eu 0 70 NONE 3 (tacit) eu: 3
6 triunfo 235 0 NONE 3 o triunfo: 1, a última vitória: 1, a vitória: 1
7 jogo 0 0 NONE 3 o próximo jogo: 1, o jogo: 2
8 jogos 0 0 NONE 3 estes dois últimos jogos: 1, dois jogos: 1, seis jogos: 1
9 Jacó 0 80 PERSON 2 o atacante Jacó: 1, Jacó: 1
10 Papão 0 40 ORGANIZATION 2 o Papão: 2