River e Boca começam preparação para imprevista final em Madri

Por: SentiLecto

River Plate e Boca Juniors começaram nesta quinta-feira a preparação em Madri para a final da Libertadores, que vai ser disputada no domingo no estádio Santiago Bernabéu sob forte esquema de segurança, após os incidentes em Buenos Aires que provocaram a mudança de local.

Depois de duas semanas de discordância e incertezas sobre como e onde seria decidida a final da competição, Boca e River já estavam instalados na capital de Espanha e com os primeiros treinamentos programados.

Mesmo a milhares de quilômetros de Buenos Aires, a segurança do encontro segue sendo questão central para a execução do confronto. Extraditou-se um líder de a torcida coordenada de o Boca Juniors para a Argentina a o chegar em a cidade.Trata-se de “um dos barra-bravas mais expressivos e arriscados e com numerosos antecedentes”, explicou à AFP um porta-voz da polícia ede Espanha Os oficiais coordenaram um extenso equipamento para conservar a ordem antes e durante o jogo.

– Desfrutar o futebol –

Os jogadores também convidaram a serena: “as pessoas são inteligentes, sabe que aqui não se pode atrapalhar bastante. Que ocorra tudo em paz, como deve ser”, declarou o experiente atacante Carlos Tévez, do Boca Juniors.

“O futebol é um jogo, é preciso vivê-lo em paz. Tem que vir para desfrutar”, complementou o goleiro Franco Armani, do River Plate.

Diante do decisivo encontro de domingo, com muitos dos 81 mil ingressos reservados para a abundante comunidade argentina que mora na Espanha, os comandados de Guillermo Barros começaram a preparação nas instalações da federação de Espanha RFEF em Las Rozas, no noroeste de Madri.

Em um ambiente aprazível sob um sol invernal, os xeneizes realizaram um trabalho tático em meio campo e depois seguiram para exercícios de chute à gol. Aproximadamente trinta torcedores acompanharam a atividade subindo as grades que rodeiam o local.

O ônibus que levava o grupo de jogadores, membros da delegação técnica e representantes da diretoria foi acompanhado por diversos veículos da polícia, que realizaram a escolta até as dependências do local da decolagem do aviãozinho.Mesmo que a seleção de Argentina ficou, a equipe comandada pelo técnico Marcelo Gallardo chegou por volta das 6h45 ao hotel Eurostars Madrid Tower, o hospedado quando em março enfrentou a Espanha em amistoso.

Na quinta-feira 29 de novembro em meio ao impasse do segundo jogo da final da Copa Libertadores, o River Plate havia entrado em campo pela semifinal argentina. Enfrentando o Gimnasia y Esgrima no estádio José María Minella, em Mar del Plata, os Millonarios haviam acabado empatando em 2 a 2, mas haviam perdido nos pênaltis por 5 a 4 e havia dado adeus à cpossibilidadede faturar o título nacional.

Já o River Plate aterrizou no aeroporto de Barajas na quinta-feira pela manhã. A equipe só tem programada uma atividade no centro de treinamento do Real Madrid em Valdebebas no final da tarde.

O voo da equipe ‘xeneize’ vai deixar a Argentina na madrugada desta quarta. Já a comissão do River Plate vai embarcar para Madri na parte da manhã.

– “Uma final um pouco estranha” –

Faz 1 mês, ônibus de o Boca foi agredido com rochas e gases por torcedores coordenados de o River, parecem estar distantes, os incidentes vividos em os arredores de o estádio Monumental dia 24 de novembro quando o.

Os jogadores e delegação técnica do Boca deixaram os arredores da Bombonera e na saída do bairro La Boca, eram aguardados por aproximadamente 500 torcedores que escoltaram o ônibus da comissão entre cânticos e bandeiras.

Se protelou a partida para o dia seguinte e depois foi suspensa indefinidamente, abrindo um fase de discordância e incerteza em o qual o Boca tentou vencer a resolução em o tapetão e o River fez de tudo para conservar o jogo de volta em seu estádio.

A Conmebol optou por jogar a resolução em Madri. Faz 1 mês, apesar das queixas de as duas equipes em o começo, finalmente confirmaram a partida para a capital de Espanha após o empate a 2, dia 11 de novembro, em a Bombonera.

“É uma final um pouco estranha. Como jogador, acho que é importante não perder o foco. É uma final liberiana. Mas jogar em Madri um River-Boca… é insólito”, reconheceu Carlos Tévez.

Armani também avaliou que jogar em Madri “tem um gosto estranho, porque obviamente cada um de nós queria jogar em casa com nosso público”.

“Se joga e se vence no campo. Depois de domingo vai haver um campeão e já não se fala mais”, adicionou Armani.

Fonte: clicrbs-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Argentina

Cities: Buenos Aires

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>River e Boca começam preparação para imprevista final em Madri
>>>>>Boca Juniors se despede de sua torcida antes de embarcar para Madri – December 05, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>River Plate se nega a jogar em Madrid e aumenta imbróglio – December 03, 2018 (maquinadoesporte-pt)
>>>>>>>>>Final da Libertadores será no Santiago Bernabéu, em Madrid – December 04, 2018 (maquinadoesporte-pt)
>>>>>>>>>Em comunicado, River Plate protesta e não aceita final da Libertadores em Madrid – (clicrbs-pt)
>>>>>River Plate embarca para Madri sob forte esquema de segurança – December 05, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>River Plate embarca em clima tranquilo para decisão da Libertadores – December 05, 2018 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>>>>>>>>>“A mudança de mando será lembrada como uma vergonha”, diz técnico do River – December 04, 2018 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>>>>>>>>>Messi irá à final da Libertadores; CR7 não confirma presença – December 04, 2018 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Modric ganha a Bola de Ouro e põe fim à hegemonia de Messi e CR7 – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Riquelme chama final da Libertadores de “amistoso mais caro da história” – December 04, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>River é recebido por cerca de 20 torcedores em sua chegada ao hotel em Madri – December 06, 2018 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
2 River Plate 0 0 ORGANIZATION 3 o River_Plate: 3
3 Carlos Tévez 80 80 PERSON 2 o experiente atacante Carlos_Tévez: 1, Carlos_Tévez: 1
4 a partida 0 80 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: A partida): 2
5 Madri_um_River-Boca 0 60 PLACE 2 Madri_um_River-Boca: 1, (tacit) ele/ela (referent: Madri_um_River-Boca): 1
6 paz 140 0 NONE 2 paz: 2
7 a Espanha 70 0 PLACE 2 a Espanha: 2
8 Boca Juniors 0 0 ORGANIZATION 2 o Boca_Juniors: 2
9 Buenos_Aires 0 0 PLACE 2 Buenos_Aires: 2
10 Franco Armani 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: o goleiro Franco_Armani): 1, o goleiro Franco_Armani: 1