Wild joga bem e progride à final do US Open juvenil; Bellucci perde na Itália

Por: SentiLecto

Neste sábado, o tênis de Brasil teve uma excelente notícia. Uma das promessas do esporte nacional, Thiago Wild, de 18 anos, brilhou ao garantir vaga na resolução do US Open juvenil, o último Grand Slam do ano, disputado no piso duro em Nova York, nos EUA.  O tenista de natural de Marechal Candido Rondon , passou pelo número 1 do mundo juvenil, campeão de Roland Garros e Wimbledon, o taiwanês Chun Tseng, por 2 sets a 0 com contundentes 6/2 e 6/4

O tenista, natural de Marechal Candido Rondon , completou seu triunfo iniciado na quinta-feira contra o britânico Aidan McHugh, 33º colocado e ex-top 10 juvenil, marcando 6/4 6/1 em jogo que havia sido protelado por conta de raios e chuva. Horas depois derrotou o japonês Taisei Ichikawa, 54º, por 7/6 6/4. Neste sábado, Thiago encara o taiwanês Chun Tseng, número 1 do mundo e campeão de Roland Garros e Wimbledon.

Faz 1 mês, o dia em o Challenger de Como, em a Itália não havia sido positivo para os tenistas de Brasil, em o domingo 26 de agosto. Thomaz Bellucci e Daniel Dutra Silva haviam entrado em quadra neste domingo, pela segunda rodada do qualifying para o torneio e haviam caído. Com a eliminação dos dois, o Brasil teria somente Rogério Dutra e Thiago Monteiro como representantes na chave principal.

“Tenho aumentado bastante principalmente com os treinos na Tennis Route principalmente a parte mental ao lado do Duda Matos, Arthur Rabelo, João Zwetsch, conservar o foco que é algo que pecava, eles têm me auxiliado muito a conservar um bonito nível de tênis que é o que venho fazendo na semana. Era o que tinha obstáculo de fazer, conservar o bom nível, fazer bonitos jogos. Amanhã todos juntos torcendo e vamos tentar trazer esse título para o Brasil”, declarou Wild após o jogo.

Seu oponente deste domingo na final vai ser o de Italia Lorenzo Musetti, 18º colocado. Wild é o primeiro brasileiro a jogar a final juvenil de simples na história. Faz 8 anos, o país teve somente um campeão de simples em a categoria, o alagoano Tiago Fernandes. Faz 56 anos, Thomaz Koch já fez duas finais e 1963 em Roland Garros. O Brasil teve ainda Edison Mandarino e Luis Felipe Tavares em finais em Roland Garros além de Ronald Barnes e Ivo Ribeiro em Wimbledon.

Wild fez semifinal em Roland Garros e vem focando a temporada no profissional onde tem um título em São José do Rio Preto e um vice em Curitiba e está dentro dos 500 melhores do mundo.

Bellucci perde na semi genovense

Vivendo uma de suas piores temporadas na carreira, Bellucci iniciou bem a partida, mas perdeu o primeiro set ao ceder a quebra no oitavo game, o suficiente para o alemão sacar bem para fechar a parcial. Já no segundo set, os dois tenistas tiveram instabilidade no serviço, com cada um quebrando três vezes o adversário. No entanto, o alemão foi mais eficiente no tiebreak e fechou a partida em dois sets a zero.

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United Kingdom, Italy, Brazil

Cities: York, Genova

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Wild joga bem e progride à final do US Open juvenil; Bellucci perde na Itália
>>>>>Brasileiro disputa vaga na final juvenil do US Open – September 08, 2018 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 80 80 NONE 7 (tacit) eu: 6, me: 1
2 Thiago Monteiro 70 0 PERSON 7 Wild: 3, (tacit) ele/ela (referent: Wild): 2, Thiago_Wild de 18 anos: 1, Thiago: 1
3 O Brasil 0 0 PLACE 3 o Brasil: 2, O Brasil: 1
4 Roland Garros 0 0 PERSON 3 Roland_Garros: 3
5 jogo 0 0 NONE 3 o jogo: 1, jogo: 2
6 Bellucci 0 90 PERSON 2 Bellucci: 2
7 alemão 80 0 NONE 2 o alemão: 2
8 Wimbledon 0 0 PERSON 2 Wimbledon: 2
9 finais 0 0 NONE 2 duas finais: 1, finais: 1
10 partida 0 0 NONE 2 a partida: 2