Seria chance disputar Presidência com Temer, declara Meirelles à rádio Joven Pan

Por: SentiLecto

– Henrique Meirelles declarou nesta sexta-feira que poderia concorrer na presidência da República contra o presidente Michel Temer neste ano. Henrique Meirelles é o ministro da Fazenda.E a estratégia for de um candidato único, ele em entrevista à rádio Jovem Pan, essaltando que tanto ele quanto Temer ainda não decidiram se evão entrarna corrida presidencial e que a defesa doalherançado atual governo tvai termaior eefetividadepolítica s.ddeclarou “Em tese sim, seria pchance.

Leer Más

O que provocou a renúncia de Jacob Zuma da presidência da África do Sul

Por: SentiLecto

Estes são links externos e vão abrir numa nova janela

Jacob Zuma abdicou nesta quarta-feira após uma intensa pressão popular e de seu próprio partido. Jacob Zuma é o presidente da África do Sul. Um dia depois, Cyril Ramaphosa, seu vice, foi eleito pelo Parlamento para comandar o país ao ser exibido como o único candidato.

Leer Más

Ao ser exibido como pré-candidato do PSD, Meirelles declara a rádio que vai tomar resolução em abril

Por: SentiLecto

– Henrique Meirelles deu permanência nesta segunda-feira ao recente movimento que envolve vislumbradas a veículos regionais, em meio a trabalho de bastidores para se viabilizar candidato a presidente da República neste o. Henrique Meirelles é o ministro da Fazenda. “O importante é que a inflação está baixa e o Brasil está aumentando e instituindo empregos. Trabalharemos todos juntos nesta direção”, alegou ele em entrevista à Rádio Correio, de João Pessoa . O entrevistador exibiu Meirelles de a rádio como pré-candidato de o PSD , partido a o filia-se qual. Ele alegou: “Se vai tomar a resolução sobre possível candidatura minha em abril”. Faz 1 mês, Meirelles concedeu entrevista, em o dia 31 de janeiro, depois que regressou de o Fórum Econômico Mundial em Davos, por exemplo. Henrique Meirelles declarou nesta quinta-feira que a Caixa Econômica Federal teve o melhor resultado financeiro de sua história. Henrique Meirelles é o ministro da Fazenda. “Estamos confiantes e estamos aguardando a divulgação do resultado, mas já antecipando portanto um resultado excelente”, declarou em acontecimento do banco, sinalizando sobre os dados de 2017. Sobre a aprovação do novo regulamento da Caixa, Meirelles assinalou que este foi um passo “fundamental” e uma “progressão extraordinária”. Em linha com a Lei das Estatais, o novo texto dá ao conselho de gestão poder de eleger e destituir vice-presidentes e define que um quarto do colegiado vai ser de membros independentes. Faz 1 mês, as mudanças vieram após uma crise em o banco por suspeitas de envolvimento de dirigentes em casos de corrupção que culminou com o afastamento de vice-presidentes após pedidos de o Ministério Público Federal e de o Banco Central,, aprovadas em janeiro. Antes de o novo regulamento , o presidente designava os vice-presidentes de o banco de a República , por indicação de o ministro de a Fazenda, e o conselho não tinha membros independentes. Meirelles, mencionando “maior eficiência de administração, venda de ativos e foco cada vez maior nas suas atividades principais”. declarou: “A Caixa trabalhou na mesma direção com que estamos trabalhando no país”. O ministro também calculou que o Brasil aumentará forte em 2018 após a maior recessão de sua história. A expectativa é de alta do Produto Interno Bruto de cerca de 3 por cento, e que esse ritmo vai prosseguir nos anos seguintes partindo do premissa de permanência da agenda de reformas na economia.

Leer Más

BC prepara novas regras para empréstimos a Estados e municípios sem garantia do Tesouro, declara Meirelles

Por: SentiLecto

– O Banco Central está preparando novas regras para que haja alocações “corretas” de capital pela Caixa Econômica Federal para empréstimos a Estados e municípios sem garantia do Tesouro, alegou nesta quinta-feira o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. “Os empréstimos continuarão sendo feitos. São lícitos. O que nós devemo ver é qual é o capital alocado para esses empréstimos”, declarou ele. “Quem define a garantia que é necessária ou não para cada operação é o banco”, acrescentou. Segundo o ministro, o BC determina o critério de alocação de capital. Ou seja, vai depender do risco que vai estar exposto. De acordo com Meirelles, a publicação das regras do BC tem que sair em cerca de uma semana, com a criação de um sistema de ratings para os entes. Ele também defendeu que não houve anormalidade nas práticas anteriores, já que as regras existentes até então calculavam que essa espécie de financiamento pudesse ser concedido. Na semana passada, a Caixa informou que interrompeu provisoriamente a concessão de empréstimos para Estados e municípios sem garantia do Tesouro, dias após seu conselho de gestão ter aprovado medidas para que o banco estatal tente melhorar seus níveis de capital. A Caixa já havia divulgado que o crédito com garantias da União e para companhias de saneamento, dentro dos limites estabelecidos pelo Conselho Monetário Nacional, seguia inalterado. ELEIÇÕES Questionado sobre a baixa intenção de voto que tinha em pesquisa Datafolha divulgada na véspera, Meirelles alegou considerar o resultado natural tendo em vista que não decidiu se será ou não candidato à presidência da República. “Essa resolução tomarei até o começo de abril. Portanto, eu não estou fazendo campanha, não estou fazendo carreatas, não estou fazendo comícios”, alegou ele. “Acho absolutamente razoável para alguém que sequer é candidato, que o índice das pesquisas esteja baixo”, adicionou.

Leer Más

Estagnado no Datafolha, Alckmin se declara otimista para o segundo turno

Por: SentiLecto

Ao comentar na manhã desta quarta-feira a pesquisa Datafolha na qual alcança %11 das intenções de voto, Geraldo Alckmin declarou que é cedo para falar sobre suas possibilidades na disputa pela Presidência Geraldo Alckmin é o governador de São Paulo. possibilidades na disputa pela Presidência, mas que está confiante.

Leer Más