Príncipe Alberto elogia trabalho de Jardim: “É um grande treinador”

Por: SentiLecto

Chefe do Principado do Mónaco elogia característica e juventude da equipa campeãO Mónaco sagrou-se campeão de Francia 17 anos depois e com um português ao leme. O trabalho de Leonardo Jardim conquistou até o Príncipe Alberto que não deixou de assistir ao jogo que confirmou o título de Francia para a equipa. “Há quatro anos e meio estávamos na Ligue 2 e agora somos campeões. Foi um caminho extraordinário. É um grupo extraordinário, talentoso e com grande almazinha, orientado por um grande treinador. Foi um trabalho de toda a equipa, do staff e dos adeptos”, enfatizou em declarações ao Canal+.Sobre a próxima época, o governante do Principado do Mónaco reconheceu que vai ser difícil conservar o plantel. “Vai haver partidas, necessariamente, mas também chegadas. Só espero que se preserve esta vontade de seguir em frente.”

Leer Más

La catástrofe de Scarponi, el alpinista que hacía reír al pelotón

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Michele Scarponi 2014

No existe un deporte más vulnerable que el ciclismo. La integridad de los corredores está expuesta a las emboscadas de la carretera, a las contingencias atmosféricas y a las imprudencias propias y ajenas. A diferencia de otras disciplinas, esta se disputa y se entrena, sin protección, en espacios abiertos. Las ceremonias de luto se acopian. El italiano Michele Scarponi es el último de una lista trágica . Vidas segadas por insensateces. Cuando reducen los efectos nocivos de conductores distraídos o sin escrúpulos, las campañas de precaución de circulación vial parece que.

Michele Scarponi ha sido un ciclista de Italia miembro del equipo Astana.

Leer Más

La eterna primavera de Valverde

Foto: Wikipedia – Andy Schleck LBL 2009 Roche aux faucons

Murcia, Andalucía, Cataluña y ahora País Vasco. Alejandro Valverde, que demostró un día más estar un punto por encima del resto, va colocando tachuelas por todo el mapa de España, conquistando triunfos por todo el nación con la energía y la ilusión de un chaval, con la experiencia de un veterano, con la clase que sólo él posee. Hace tiempo que el ‘Bala’ es leyenda, una pieza de coleccionista única en el ciclismo mundial. Apenas ha empezado el mes de abril y ya agrega nueve victorias, incluidas las clasificaciones generales de las tres únicas vueltas por fases que disputó. Un genuina disparate sólo a la altura de este prodigio de la naturaleza que en dos semanas va a cumplir 37 años.

Eibar fue el escenario de su última machada. La crono final le castigaba a priori frente a ciclistas más hábiles en contra del reloj como Alberto Contador e Ion Izagirre , pero Exactamente en un momento crucial de la temporada, a apenas una semana de que empiece el show en las Ardenas, a 15 días de la Lieja-Bastoña-Lieja, uno de sus máximos objetivos de la temporada.

Leer Más

REPERCUSSÃO-Governo piora meta fiscal de 2018 para um rombo de R$129 bi

– Em 1 ano, o governo federal piorou a meta de déficit primário fiscal para o governo central, a 129 bilhões de reais, marcando outro ano de forte rombo em as contas públicas sob o efeito de a fraqueza econômica. Antes, a expectativa mencionada era de um saldo negativo de 79 bilhões de reais. Veja abaixo observações de experts: ALESSANDRA RIBEIRO, ECONOMISTA, TENDÊNCIAS CONSULTORIA “De fato esse meta é mais crível, porque os números estavam assinalando que era bastante difícil mesmo conseguirem entregar aquela meta anterior. Este ano a gente ainda está no risco de não satisfazer a meta. “Isso tudo coloca mais pressão sobre a reforma da Previdência, que ela deve sair e deve sair razoável. Se no fim das contas sair algo muito desfigurado, aí toda a nervosismo, percepção de risco sobre sustentabilidade das contas públicas voltará a ser discutido, voltará a ser colocado no custo, e isso pode ter conseqüência ruins para o cenário econômico. Só amplia a pressão pra sair uma reforma da Previdência razoável, bem razoável, eu declararia.” zeina latif xp investimentos “não vou declarar que era esperado. Latif é economista-chefe. O mercado não vinha debatendo esse tema. Mas não é à toa que estamos num país que se psugerea fazer reformas estruturais. Este ano o déficit só não será maior porque há receitas provisória. “É claro que no ano que vem, diante da melhora esperada para o crescimento, pode ter alguma boa surpresa na arrecadação. Também acho que não será enorme porque as companhias estão numa situação bastante frágil e devem primeiro pagar os bancos para depois se acertarem com o Fisco. “Mas esse é o momento de recordar as razões que chegamos nesse rombo. E é aquilo: é pior uma meta um ruim, mas crível.” ALBERTO RAMOS, DIRETOR DE PESQUISA ECONÔMICA, BANCO GOLDMAN SACHS “Os déficits maiores de 2018 e 2019 refletem a fraca performance da receita projetada devido ao declínio acentuado na atividade e à expectativa de uma recuperação pouco inspiradora, mas também ao fato de que os gastos públicos já altos continuam a ampliar em termos reais. Na nossa avaliação, um esforço maior e mais eficaz para diminuir os gastos a curto prazo seria bem-vindo.”

Leer Más