Bovespa sobe diante de noticiário local; JBS dispara após autorização para venda de ativos

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Supremo Brasil

– Depois que a processadora de carnes recebeu autorização da justiça para vender ativos no Mercosul, o principal índice da Bovespa tinha alta modesta nesta quinta-feira, com destaque para a forte alta das ações da JBS. Às 12:13, o Ibovespa subia 0,36 por cento, a 65.065 pontos. O giro financeiro era de 2,65 bilhões de reais. Nos três pregões anteriores, o Ibovespa fechou com altas superiores a 1 por cento, acumulando no fase ganho pouco acima de 4 por cento, abrindo espaço para algum ajuste nesta sessão. Uma vez que a resolução do juiz Sérgio Moro também determinou a interdição de o ex-presidente exercer qualquer posição pública, na véspera, a condenação do ex-presidente Lula por corrupção e lavagem de dinheiro estimulou os negócios, com o mercado vendo o enfraquecimentos das possibilidades de sua candidatura na votação presidencial de 2018. O cenário político permanece no radar nesta sessão, conforme segue o período de debate na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara sobre a acusação contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva, com a chance de votar ainda nesta quinta-feira o parecer do deputado Sergio Zveiter recomendando a autorização da Câmara para que o Supremo Tribunal Federal julgue a ação. Analistas da corretora Guide Investimentos em nota a clientes escreveram: “Tudo menciona que exibirá-se um relatório oposto, algo que seria um triunfo para o Planalto, é claro”. Temer tem que sancionar ainda nesta sessão o texto da reforma Trabalhista, que foi aprovado esta semana pelo plenário do Senado, na mais recente triunfo para o Planalto em meio à crise política que atinge o país. DESTAQUES – JBS ON progredia 9,24 por cento, liderando os ganhos do Ibovespa, após obter liminar liberando a venda das operações de carne bovina na Argentina, Paraguai e Uruguai ao Grupo MINERVA, que não faz parte do Ibovespa e recuava 0,31 por cento. O movimento de alta da JBS também ganhava suporte no acordo da J&F Investimentos, controladora da JBS, para vender sua participação na ALPARGATAS por 3,5 bilhões de reais para a Cambuhy Investimentos, ITAÚSA e o fundo Brasil Warrant. – ALPARGATAS PN, que não faz parte do Ibovespa, progredia 3,87 por cento, leve alta de 0,33 por cento, enquanto as ações da ITAÚSA tinham. – BRADESCO PN subia 0,51 por cento. O banco arremessou nesta quinta-feira um plano de desligamento voluntário para funcionários da instituição. ITAÚ UNIBANCO PN tinha alta de 0,43 por cento. – Enquanto PETROBRAS ON tinha variação negativa de 0,07 por cento, pETROBRAS PN recuava 0,31 por cento , em dia de alta para os custos do petróleo no mercado internacional, mas com os ganhos da véspera para a petroleira abrindo espaço para algum ajuste. Na quarta-feira, enquanto as ON progrediram perto de 4 por cento, as ações PN subiram quase 5 por cento. – VALE PNA caía 1,67 por cento e VALE ON tinha perda de 1,64 por cento, em sessão de estabilidade para os contratos futuros do minério de ferro. – CSN ON recuava 2,27 por cento, entre os destaques negativos do Ibovespa, após subir nos quatro pregões anteriores, fase em que acumulou ganho de pouco mais de 12 por cento. As demais siderúrgicas também operavam em queda, com GERDAU PN perdendo 1,09 por cento e USIMINAS PNA em baixa de 0,99 por cento.

– O principal índice da bolsa paulista fechou em alta nesta quarta-feira, engatando o terceiro pregão seguido de ganhos acima de 1 por cento, impulsionado nesta sessão pela condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela aprovação da reforma trabalhista no Senado. O Ibovespa fechou em alta de 1,57 por cento, aos 64.835 pontos, maior platô de encerramento desde 17 de maio, último pregão antes da divulgação de áudio implicando o presidente Michel Temer, que desencadeou uma forte crise política e afetou os mercados. Com os ganhos desta sessão, o Ibovespa acumulou alta de pouco mais de 4 por cento em três sessões. O volume financeiro desta sessão, incluindo o exercício de alternativas sobre o Ibovespa, adicionou 10,1 bilhões de reais. O exercício de alternativas agitou 171,67 milhões de reais, segundo informações da B3. Do total, 170,33 milhões de reais referem-se a alternativas de compra e 1,34 milhão de reais a alternativas de venda. O mercado acionário de Brasilde Brasil abriu positivo, repercutindo a aprovação da reforma trabalhista pelo plenário do Senado na noite passada. No entanto, o Ibovespa perdeu alento no começo da tarde, rondando a estabilidade antes de ganhar tração após a divulgação da condenação de Lula. O juiz Sérgio Moro condenou Lula a 9 anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso envolvendo um tríplex no Guarujá, mas não determinou a prisão imediata do ex-presidente. Em sua resolução, Moro também determinou a interdição de Lula exercer qualquer posição pública, com base na lei de lavagem de dinheiro. O analista de investimentos da corretora Rico Roberto Indech declarou: “A visão é que essa condenação pode enfraquecer o PT para as votações de 2018″. Antes da crise que atingiu o Planalto, o Ibovespa rondava o platô entre 67 mil e 68 mil pontos, tendo posteriormente recuado aos 60 mil pontos. Apesar da alta recente, a recuperação do platô pré-crise ainda dependerá de outras progressões. O economista-chefe da corretora Modalmais, Álvaro Bandeira declarou: “O mercado verá o governo vai ter de volta a governabilidade para conseguir progredir em reformas, principalmente a da Previdência, além da manutenção da equipe econômica”. A agenda política desta sessão seguia movimentada, incluindo a retomada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados do debate sobre a acusação contra o presidente Temer. Na segunda-feria, deputado Sergio Zveiter exibiu voto favorável para que a Câmara autorize o Supremo Tribunal Federal a julgar a acusação contra o presidente Temer. Deputado Sergio Zveiter é o relator. DESTAQUES – PETROBRAS PN subiu 4,95 por cento, liderando os ganhos do Ibovespa, e PETROBRAS ON progrediu 3,9 por cento. Os papéis da estatal já operavam em alta, acompanhando os custos do petróleo, mas agilizaram os ganhos após o anúncio da condenação de Lula em primeira instância. Julgamentos também beneficiaram os papéis em a Comissão de Valores Mobiliários favoráveis em a petroleira , além da aprovação por o conselho de gestão de a Petrobras de a abertura de capital de a BR Distribuidora.- USIMINAS PNA subiu 1,4 por cento, após a companhia anunciar reajuste de 10,7 por cento no custo de laminados a quente. Os papéis também ganharam respaldo das altas dos contratos futuros do aço na China, o que também auxiliou as demais siderúrgicas. Enquanto GERDAU PN progrediu 0,64 por cento, cSN ON teve alta de 2,33 por cento. – BRADESCO PN subiu 2,65 por cento, auxiliando o tom positivo do Ibovespa devido ao peso em sua composição. Quando receios de que o banco enfrente pré-requisito de condições mais duras para obter aprovação para a compra de a XP Investimentos pressionaram, iTAÚ UNIBANCO PN progrediu 1,08 por cento, revertendo as perdas vistas mais cedo o papel . As preocupações com a aprovação da operação surgiram após a superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica recomendar a aprovação da aquisição das operações de varejo do Citibank pelo Itaú, mediante o cumprimento de certas condições. – VALE PNA subiu 0,21 por cento, recuou 0,47 por cento, ao final de uma sessão volátil para os papéis, em dia de alta para os contratos futuros do minério de ferro na China, enquanto VALE ON. – QGEP PARTICIPAÇÕES ON, que não faz parte do Ibovespa, disparou 14,33 por cento, após a companhia anunciar a venda de sua participação de 10 por cento no bloco BM-S-8, na Bacia de Santos, para Statoil. Analistas do BTG Pactual realçaram a geração de valor do negócio e o potencial pagamento de dividendo da operação.- O principal índice da bolsa paulista tentava firmar-se no território positivo nesta terça-feira, com o cenário político no centro das atenções, no dia em que o plenário do Senado tem que votar a reforma trabalhista e de olho no andamento da acusação contra o presidente Michel Temer. Às 12:09, o Ibovespa .BVSP> subia 0,56 por cento, a 63.379 pontos. O giro financeiro era de 1,49 bilhão de reais. Antes da crise que atingiu o Planalto em meados de maio, o Ibovespa vinha em uma trajetória positiva, buscando se aproximar dos 70 mil pontos, amparado na expectativa pela aprovação das reformas no Congresso. No entanto, a crise arremessou dúvidas sobre a habilidade de progressão nessas medidas e, embora a percepção geral seja de aprovação da reforma a trabalhista, ainda há dúvidas sobre o andamento do texto da Previdência. “Tal eleição se coloca como chave para a manutenção do sangue frio de investidores que… tentam encontrar um desfecho positivo ao ajuste fiscal em meio à bbagunçapolítica que temos vivenciado”, escreveu a equipe da corretora H.Commcor em nota a clientes. A eleição acontece um dia após o deputado Sergio Zveiter exibi na Comissão de Constituição e Justiça parecer favorável para que a Câmara dos Deputados autorize o Supremo Tribunal Federal a julgar a acusação contra o presidente Michel Temer ao compreender que há “sólidos” indícios da prática do crime de corrupção passiva. [nL1N1K11R1] São necessários 34 dos 66 votos para que o relatório de Zveiter seja aprovado na CCJ. Já no plenário da Câmara são necessários dois terços dos votos para autorizar que o STF analise a acusação, ou seja, ao menos 342 dos 513 deputados. vai votar-se a autorização seja qual for o resultado em a CCJ, para a acusação em o plenário. [nL1N1K11R1] DESTAQUES – PETROBRAS PN PETR4.SA> progredia 1,42 por cento e PETROBRAS ON PETR3.SA> tinha valorização de 1,65 por cento, acompanhando o movimento dos custos do petróleo no mercado internacional. – VALE PNA VALE5.SA> subia 1,09 por cento e VALE ON VALE3.SA> tinha alta de 0,77 por cento, conservando o tom positivo da véspera e acompanhando a alta dos contratos futuros do minério de ferro na China. [nL4N1K22GY] – CSN ON CSNA3.SA> progredia 4,68 por cento, na melhor performance do Ibovespa, também na esteira dos ganhos para os contratos do minério de ferro e do aço na China. USIMINAS PNA USIM5.SA> ganhava 1,22 por cento. – EMBRAER ON EMBR3.SA> subia 1,85 por cento, após anunciar entregas do segundo trimestre de 35 jatos comerciais e 24 jatos executivos. Para a equipe do BTG Pactual os números dão uma sinalização positiva para a receita no fase. [nL1N1K20D9] [nL1N1K20I1] – ELETROBRAS ON ELET3.SA> caía 2,3 por cento e ELETROBRAS PNB ELET6.SA> perdia 1,71 por cento, entre os destaques negativos do Ibovespa, conservando o movimento de ajuste da véspera após as fortes altas na semana passada devido à divulgação de plano do governo de aextensareforma para o setor elétrico.- Enquanto o mercado aguardava a eleição da reforma trabalhista no plenário do Senado, o índice de referência da bolsa paulista subiu mais de 1 por cento nesta terça-feira, amparado na boa performance de commodities e seguia de olho no andamento da acusação contra o presidente Michel Temer. De acordo com dados preliminares, o Ibovespa fechou em alta de 1,25 por cento, a 63.815 pontos. O giro financeiro era de 5,4 bilhões de reais.

Leer Más

Produção de plataforma da Petrobras em Marlim segue diminuída após vazamento em junho

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Petrobrasbolivia2006

A produção da plataforma da Petrobras P-35, no campo maranhense, Bacia de Campos, permanece diminuída devido às ações de iinquéritosobre um vazamento de pequeno volume de água oleosa no moceanoem junho, que chegou a cprovocara paralisação da unidade por menos de um dia, ddeclarounesta quinta-feira a ecompanhia

Petróleo Brasileiro s.a. é uma companhia de capital aberto, cujo acionista majoritário é o Governo do Brasil, sendo, portanto, uma companhia estatal de economia mista.

Leer Más

Bovespa cai 1,1% com exterior e precaução por política; setor elétrico é destaque positivo

Por: SentiLecto

– O principal índice da Bovespa fechou em queda nesta quinta-feira, com o cenário externo desfavorável a ativos de risco e investidores evitando grandes apostas ante as incertezas que rondam o cenário político local. Já as ações de companhias do setor elétrico foram destaque de alta na sessão, após o governo exibi propostas de reforma do setor. Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou em queda de 1,1 por cento, aos 62.457 pontos. O volume financeiro era de 6,4 bilhões de reais.

Leer Más

Bovespa fecha praticamente estável em dia de feriado nos EUA e com precaução por cena política

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

– O principal índice da Bovespa fechou praticamente estável nesta terça-feira, em sessão de volume diminuído devido ao feriado nos Estados Unidos e com investidores conservando a precaução diante das persistentes incertezas no cenário político local. O Ibovespa fechou com variação negativa de 0,08 por cento, aos 63.231 pontos, ao final de uma sessão que oscilou de alta de 0,1 por cento na máxima e queda de 0,32 por cento na mínima. O volume financeiro adicionou 2,5 bilhões de reais, bastante abaixo da média diária registrada no mês passado, de 7,01 bilhões de reais. Faz 6 meses, o giro também foi o segundo menor de o ano, ficando atrás exclusivamente de o registrado. O analista de investimentos da corretora Rico Roberto Indech declarou: “O mercado está realmente no aguardo de novidades”. A prisão na véspera do ex-ministro Geddel Vieira Lima, dentro da operação Cui Bono, da Polícia Federal, que investiga anormalidades na Caixa Econômica Federal, ficou no foco dos investidores. Acusa-se o ex-ministro de tentar interferir em os inquéritos. Também no centro das atenções estava a expectativa pelo andamento da acusação contra o presidente Michel Temer, acusado de corrupção passiva, na Câmara dos Deputados. A expectativa é que o relator do processo seja mencionado ainda nesta terça-feira e que a defesa de Temer seja entregue à Comissão de Constituição e Justiça da Casa na quarta-feira, em uma tentativa de aagilizaros trabalhos na Comissão. O mercado analisa os desdobramentos da crise política e seus potenciais efeitos na progressão das reformas no Congresso Nacional. No caso da reforma trabalhista, o líder do governo no Senado, Romero Jucá , declarou na véspera que ela deverá ser votada na Casa na próxima semana e que um requerimento de urgência para a matéria deverá ser analisado pelos senadores nesta sessão. DESTAQUES – VALE PNA caiu 0,15 por cento e VALE ON recuou 0,1 por cento, na esteira da queda dos contratos futuros de minério de ferro na China. – Enquanto USIMINAS PNA e GERDAU PN recuaram 0,64 e 0,38 por cento, cSN ON perdeu 1,1 por cento , respectivamente, também após a queda dos contratos futuros de minério de ferro e aço na China. – Enquanto KROTON ON progrediu 0,4 por cento, pETROBRAS PN subiu 0,57 por cento e PETROBRAS ON, que subiu 1,84 por cento, na melhor performance do índice , teve ganho de 0,3 por cento, em sessão de leves variações para os custos do petróleo no mercado internacional. O mercado tinha no radar ainda a resolução da petroleira de ampliar o custo médio do diesel nas refinarias em 2,7 por cento e o da gasolina em 1,8 por cento. Como pano de fundo estava a informação, em reportagem do jornal Valor Econômico, de que o governo federal está perto de deduzi estudos sobre o novo Financiamento Estudantil , que pode incluir opções para aumentar o crédito e baratear o financiamento privado. – RENOVA ENERGIA UNIT, que não faz parte do Ibovespa, fechou em alta de 5,96 por cento, depois de subir 10,6 por cento na máxima da sessão. No radar estava a notícia publicada pela Reuters de que a canadense Brookfield Asset Management exibiu na véspera uma oferta formal pelo controle da Renova, que incluiria 800 milhões de reais em capital novo para a companhia de energias renováveis.

– O principal índice da Bovespa fechou estável nesta terça-feira, em sessão de volume diminuído devido ao feriado nos Estados Unidos e com investidores conservando a precaução diante das persistentes incertezas no cenário político local. Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou estável a 63.282 pontos. O volume financeiro adicionava 2,25 bilhões de reais. – O índice de referência do mercado acionário de Brasil operava em alta nesta sexta-feira, diante de um cenário externo mais tranquilo e com ganhos em commodities, mas com investidores ainda cuidadosos com o cenário político conturbado, principalmente após apresentação de acusação contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. Às 12:32, o Ibovespa subia 0,73 por cento, a 62.690 pontos. O giro financeiro era de 1,96 bilhão de reais. Ajustes na carteira para o encerramento de mês e de semestre também devem acontecer ao longo do dia, o que pode somar alguma volatilidade aos negócios. Em 10 meses, surgirem as denúncias contra Temer, o Ibovespa mostrava alta acumulada superior a 10 por cento em o ano, até meados de maio antes de, e rondava o platô de 67 mil pontos. No entanto, a crise política derrubou o índice para um novo platô, ao redor de 62 mil pontos. Wall Street registrava leves ganhos nesta sexta-feira, após as fortes quedas da véspera, com as ações do setor de tecnologia ensaiando uma recuperação. O índice S&P 500 tinha leve alta de 0,12 por cento. “Diante do melhor quadro no exterior, esperamos uma sessão mais favorável por aqui. O quadro doméstico é que não contribui bastante, e pode tornar os movimentos menos claros e direcionais”, escreveram analistas da corretora Guide Investimento em nota a clientes. As atenções permanecem voltadas para o desenrolar da crise política e no seu efeito sobre o andamento das reformas no Congresso Nacional. Neste sentido, a trabalhista deu mais um passo esta semana e o governo espera sua eleição no plenário do Senado na próxima semana. Já a eleição da reforma da Previdência parece menos provável neste momento, “com Temer precisando combater pela sobrevivência”, declarou a equipe da Guide. DESTAQUES – PETROBRAS PN subia 0,66 por cento e PETROBRAS ON ganhava 0,61 por cento, em sessão de alta nos custos do petróleo no mercado internacional e após a companhia anunciar nesta manhã que poderá reajustar custos do diesel e da gasolina com mais frequência, “inclusive diariamente”. – BRADESCO PN tinha alta de 1,63 por cento e ITAÚ UNIBANCO PN ganhava 1,07 por cento, auxiliando o tom positivo do Ibovespa devido ao peso dessas ações em sua composição. – SABESP ON progredia 1,88 por cento, entre os destaques positivos do Ibovespa, respaldada pela finalização da revisão tarifária da Companhia de Saneamento de Minas Gerais , que ampliou o otimismo sobre a revisão para a companhia paulista de saneamento e água, que tem que sair em 15 de setembro. – COPASA ON, que não faz parte do Ibovespa, progredia 4,32 por cento, após a finalização da segunda etapa da revisão tarifária, com índice médio de ampliação de 8,69 por cento, ante indicação anterior de alta de 4,06 por cento. – FIBRIA ON perdia 1,66 por cento, após progredir quase 4 por cento na véspera. Como pano de fundo estava a negativa da companhia de que estaria em negociações com a Arauco sobre uma potencial parceria para compra de participação na produtora de celulose Eldorado Brasil, da holding J&F. – VALE PNA perdia 0,26 por cento e VALE ON recuava 0,24 por cento, em movimento de ajuste após as fortes altas recentes, apesar de mais uma sessão de ganhos para os contratos futuros do minério de ferro na China. Os papéis PNA acumularam alta de 11,72 por cento nos sete pregões anteriores. – O volume financeiro médio diário da Bovespa caiu 26,7 por cento em junho na comparação com maio, a maior queda mensal deste ano e segunda menor média diária de 2017, em meio a um cenário político que tem feito o mercado acionário conservar tom de precaução, segundo dados da B3 divulgados nesta segunda-feira. Uando ficou em 6,873 bilhões, em junho, o giro médio diário adicionou 7,01 bilhões de reais, à frente sexclusivamentede janeiro, q.Faz 1 mês, apesar da queda em a comparação mensal, a soma teve uma alta de 7,35 por cento em a comparação com igual mês de o ano passado. O número médio de negócios diários no mês passado desabou 30,7 por cento e adicionou 841.378, ante 1,21 milhão em maio. Quando o número médio de negócios diários foi de 885.962, na comparação com um ano antes a queda foi de 5,03 por cento. O Ibovespa, acumulou leve alta de 0,3 por cento no mês passado e ganho de 4,44 por cento no ano. Faz 1 mês, os investidores estrangeiros, de acordo com dados responderam por 50 por cento de o volume em o mês passado. Enquanto as pessoas físicas contabilizaram 14,7 por cento do giro, a fatia de investidores institucionais foi de 28,4 por cento. Faz 2 meses, os estrangeiros entendiam 51 por cento, os institucionais tinham 26,7 por cento e as pessoas físicas 15,9 por cento, em maio. Faz 2 meses, o saldo de capital externo até o dia 29 estava negativo em 1,110 bilhão de reais, após ter em 2,148 bilhões de reais. fechado maio positivo em 2,148 bilhões de reais.

Leer Más

Bovespa fecha estável em dia de feriado nos EUA e com precaução por política

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

– O principal índice da Bovespa fechou estável nesta terça-feira, em sessão de volume diminuído devido ao feriado nos Estados Unidos e com investidores conservando a precaução diante das persistentes incertezas no cenário político local. Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou estável a 63.282 pontos. O volume financeiro adicionava 2,25 bilhões de reais.

– O volume financeiro médio diário da Bovespa caiu 26,7 por cento em junho na comparação com maio, a maior queda mensal deste ano e segunda menor média diária de 2017, em meio a um cenário político que tem feito o mercado acionário conservar tom de precaução, segundo dados da B3 divulgados nesta segunda-feira. Uando ficou em 6,873 bilhões, em junho, o giro médio diário adicionou 7,01 bilhões de reais, à frente sexclusivamentede janeiro, q.Faz 1 mês, apesar da queda em a comparação mensal, a soma teve uma alta de 7,35 por cento em a comparação com igual mês de o ano passado. O número médio de negócios diários no mês passado desabou 30,7 por cento e adicionou 841.378, ante 1,21 milhão em maio. Quando o número médio de negócios diários foi de 885.962, na comparação com um ano antes a queda foi de 5,03 por cento. O Ibovespa, acumulou leve alta de 0,3 por cento no mês passado e ganho de 4,44 por cento no ano. Faz 1 mês, os investidores estrangeiros, de acordo com dados responderam por 50 por cento de o volume em o mês passado. Enquanto as pessoas físicas contabilizaram 14,7 por cento do giro, a fatia de investidores institucionais foi de 28,4 por cento. Faz 2 meses, os estrangeiros entendiam 51 por cento, os institucionais tinham 26,7 por cento e as pessoas físicas 15,9 por cento, em maio. Faz 2 meses, o saldo de capital externo até o dia 29 estava negativo em 1,110 bilhão de reais, após ter em 2,148 bilhões de reais. fechado maio positivo em 2,148 bilhões de reais.- O índice de referência do mercado acionário de Brasil fechou em alta nesta sexta-feira, acumulando leve ganho no mês, diante de um cenário externo mais tranquilo e com ganhos em commodities, mas com investidores ainda cuidadosos com o cenário político conturbado, principalmente após apresentação de acusação contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. Com base em dados preliminares, o Ibovespa subiu 1,18 por cento nesta sexta-feira, a 62.974 pontos. Na semana, o índice teve ganho acumulado de 3 por cento, fechando o mês com leve alta de 0,42 por cento. O índice concluiu o segundo trimestre com queda de 3 por cento, mas ainda conseguiu acumular alta de cerca de 4,5 por cento no primeiro semestre do ano. O volume financeiro adicionava 5,8 bilhões de reais. – O principal índice da bolsa paulista fechou no azul nesta segunda-feira, com respaldo do cenário externo mais favorável ao risco, mas com a persistente precaução com o cenário político local restringindo os ganhos. O Ibovespa fechou am alta de 0,6 por cento, a 63.279 pontos. O volume financeiro, que já vinha enfraquecido nos últimos pregões, ficou ainda menor nesta sessão e adicionou 4,75 bilhões de reais, com as negociações esvaziadas na parte da tarde devido ao encerramento mais cedo das bolsas dos Estados Unidos. No mês passado, o giro médio diário foi de 7,01 bilhões de reais. A expectativa de operadores é que o volume seja diminuído novamente na quarta-feira, pelo feriado do Dia da Independência, quando os mercados vão permanecer fechados nos Estados Unidos. “O cenário externo estava mais favorável hoje e o mercado local acabou se beneficiando disso. Mas o volume tem sido bastante vazio e o mercado vem subindo ou caindo com volumes bastante fracos”, declarou o estrategista da corretora Guide Investimentos, Luis Gustavo Pereira. Em Wall Street, os índices S&P 500 e Dow Jones subiram neste pregão mais curto, com o Dow atingindo um recorde intradia diante dos ganhos das ações de energia e de bancos. No cenário interno, o mercado segue monitorando o andamento das reformas, com a expectativa pela proximidade da eleição da proposta de reforma trabalhista no plenário do Senado. Nesta sessão, o líder do governo no Senado, Romero Jucá , declarou que a reforma trabalhista deverá ser votada na Casa na próxima semana e que um requerimento de urgência para a matéria deverá ser analisado pelos senadores na terça-feira. DESTAQUES – VALE PNA subiu 1,86 por cento, e VALE ON ganhou 2,24 por cento, na esteira dos ganhos nos custos dos contratos futuros do minério de ferro na China. – GERDAU PN teve ganho de 1,17 por cento, CSN ON subiu 1,53 por cento e USIMINAS PNA progrediu 2,17 por cento, também espelhando os ganhos do minério de ferro e do aço na China. – PETROBRAS PN fechou praticamente estável com recuo de 0,08 por cento, e PETROBRAS ON teve valorização de 0,61 por cento, com os ganhos nos custos do petróleo no mercado internacional sendo parcialmente ofuscados pela expectativa de perda bilionária com a repactuação placentina. Também no radar estava a diminuição dos custos da gasolina e do diesel anunciada pela estatal na sexta-feira para mitigar as importações crescentes de combustíveis por competidores, o que deve diminuir as receitas da petrolífera. – JBS ON progrediu 3,06 por cento, entre os destaques positivos do Ibovespa. As ações da companhia têm mostrado intensa volatilidade desde o acordo de delação de seus executivos, com investidores de olho nos acordos para venda de ativos do grupo J&F, controlador da JBS. Entre os mais recentes desdobramento, o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin negou pedido de liminar que pedia liberação da venda de operações de carne bovina na Argentina, Paraguai e Uruguai para a Minerva. – ITAÚ UNIBANCO PN teve alta de 0,95 por cento e BRADESCO PN progrediu 0,79 por cento, reforçando o viés de alta do Ibovespa, dado o peso das ações na composição do índice.

Leer Más