Italia, el jugador o el huevo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Juventus FC – Serie A champions 2016-17

Italia busca contestaciones a su derrota, porque previamente, mucho previamente, no se ha hecho las preguntas adecuadas. Chiellini llamaba a la alerta al ‘calcio’ hace unos días. Chiellini es un tipo que no contesta a su rudo aspecto. Sus palabras han sido premonitorias de esta hecatombe bien definida por Buffon, al mencionar que se trata de una “derrota social”. El fútbol es más que deporte. Para los de Italia, en concreto, es parte de su identidad. En caso de que haya sido previamente la gallina o el huevo, por eso, hoy, se sienten un poco huérfanos, mientras se interrogan si tienen una dificultad de jugadores o de juego, algo tan irresoluble como la adivinanza de. Lo único claro es que uno no existiría sin el otro.

Como demuestra el posicionamiento de sus grandes equipos en Europa, el ‘calcio’ lleva años en crisis , con la excepción de la Juventus, que surge fugazmente pero pierde las finales, las dos últimas ante Barcelona y Madrid. La Nazionale resistió durante este tiempo, Hace 11 años, inclusive ha ganado su cuarto Mundial y ha jugado la final de la Eurocopa de 2012, pero sostenida por persistentes aisladas, como eran la jerarquía de su arquero y sus centrales, y la supervivencia de Pirlo, el ‘regista’ en extinción. De allí en adelante, cambios continuos y mediocridad. Italia resistía como siempre, pero sin capacidad de generar nada. Mantenía, eso sí, su competitividad, como ha demostrado con la inyección emocional durante la era Conte, un Simeone a la de Italia. Con Ventura, en cambio, el mando fue debilitado hasta quedar se a cuerpo el otoñal Buffon, los veteranos Bonucci, Barzagli o Chiellini y el colérico De Rossi, desnuda, sólo con los escasos latidos del pasado:. Buffon, Barzagli o De Rossi ya no van a estar en un nuevo ciclo que Italia, que es una Argentina sin Messi, no puede comenzar sin previamente darse un tiempo de reflexión. No es la única escuela futbolística, representada por una selección, que ha cruzado una situación de bloqueo, aunque no siempre con consecuencias tan graves. Argentina estuvo al margen de algo similar, pero la diferencia es que tiene a Messi. La repesca ante Suecia ha puesto de manifiesto que su dificultad no es la pérdida de virtudes que siempre la han distinguido, como el trabajo defensivo, sino lo que es incapaz de brindar en la construcción del juego, en el sendero hacia el gol. En más de 180 minutos encajó un tanto, pero no pudo marcar ninguno.

Leer Más

Com dois de Higuaín, Juve bate o Milan e assume liderança provisória

Por: SentiLecto

Neste sábado, em duelo válido pela rodada de número 11 do Campeonato Italiano, a Juventus foi superior ao Milan em pleno San Siro e, com dois gols de Gonzalo Higuaín, conquistou três pontos importantes na briga pela liderança da tabela. Pressionando o time da casa, a Vecchia Signora enquanto dominou as ações do jogo, foi mais eficiente e acabou saindo com o triunfo merecido.

Leer Más

Zidane faz história e é eleito pela Fifa o melhor treinador de futebol do mundo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Cores do Time

O de Francia Zinedine Zidane, do Real Madrid, que desbancou os treinadores de Italia Massimiliano Allegri, da Juventus, fez história nesta segunda-feira ao ser eleito pela Fifa o melhor técnico do mundo. , e Antonio Conte, do Chelsea, para ficar com a premiação.

O Real Madrid Club de Fútbol, mais conhecido como Real Madrid ou simplesmente Real, é um clube polidesportivo de Espanha, com sede em Madrid.

Leer Más

Totti assinala Cristiano Ronaldo como melhor jogador do mundo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Francesco Totti

Se entrevista Francesco Totti que não escondeu seu fascínio por os três jogadores em a disputa toda vez que ,, os fãs de o futebol de característica param para escutar e, principalmente, os torcedores de a Roma, onde o jogador de Italia construiu toda sua carreira. Recém-aposentado, o “eterno capitão” falou ao site oficial da Fifa sobre a disputa para o prêmio de melhor jogador do mundo e não escapou da revelação do seu preferido. Em relação aos treinadores, Totti exaltou dois compatriotas e ainda recordou de Buffon quando questionado sobre goleiros. O ex-jogador declarou: “Estamos falando de três extraterrestres, quando se trata de Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo”. “Devo declarar que respeito todos. Mas acho que, no final, Ronaldo está à frente dos outros. Ele teve uma temporada inacreditável e também conseguiu todos os seus objetivos com a camisa do Real Madrid“, completou Totti.

O ex-treinador dos Reds revelou não ter se arrependido de deixar Cristiano Ronaldo no clube português, onde se arremessou para o futebol global. “Naquele momento estive de acordo com alternativa da diretoria. Foi uma resolução difícil, mas também pensei em possíveis problemas que sua chegada impactante e com um salário superior aos dos demais desportistas poderia provocar no ambiente do vestiário”, declarou.“Vi o Cristiano Ronaldo jogando o Torneio sub-21 de Toulon e na hora fiz questão de falar com a diretoria do Liverpool para contratarmos aquele jovem. O grande problema foi o salário pedido para que ele jogasse conosco, porque estava fora da nossa escala salarial para um jogador daquela idade”, alegou Houllier, em nota divulgada pelo site de Espanha Mundo Deportivo.Segundo o site Diario Gol, Ronaldo deseja o arqueiro dos Red Devils para que os madrilenhos tenham um goleiro que passe segurança aos demais companheiros e que possam conseguir pontos graças a atuações distinguidas do jogador, algo que para ele, não está ocorrendo nas últimas temporadas.No 100º jogo do técnico de Francia Zinedine Zidane no comando da equipe, CR7 recebeu lançamento nas costas da zaga e bateu atravessado, aos 40 minutos da segunda etapa, para assegurar os três pontos no campeonato.

Leer Más

Allegri faz duras críticas ao Juiz de vídeo após empate da Juventus

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Allegri with Milan players (cropped) – 2

A Europa parece estar descontente com o recurso. A arbitragem de vídeo segue dando o que falar nela eé o treinador Massimiliano Allegri. Após o empate por 2 a 2 com a Atalanta, o comandante da Juventus fez duras críticas à novidade do futebol e aadvertiupara aouusoasomenteem lances cruciais pois, caso coposto a qcaracterísticado jogo poderá ser prejudicada.

O placar foi aberto aos 21 minutos por Bernardeschi. Matuidi arriscou e Berisha espalmou a bola nos pés do atacante, que somente empurrou para o gol. O segundo gol ocorreu três minutos depois. Higuaín, que já havia perdido duas chances, aproveitou a encruzilhada do autor da primeira tento e chutou forte para aumentar, em boa jogada trabalhada pelo time de Turim. O domínio absoluto até então fez com que o time fosse acomodado e veio o banho de água fria.Os primeiros 45 minutos foram bastante intensos e com muitas chances. A Juventus iniciou melhor e teve maior domínio das ações ofensivas, abrindo 2 a 0 em menos de 30 minutos. A Atalanta não assustava tanto, salvo algumas bolas alçadas na área de Buffon. O experiente goleiro fez algo que não costuma ser habitual e acabou falhando no gol do oponente, que reduz o placar e fechou o placar do primeiro tempo.

Leer Más