Delatado, desmentido, delatado

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Deputado Michel Temer

– Delatado, desmentido, delatado. Michel Temer levou 40 dias para completar a cadeia dos três Ds. O ciclo se fechou nesta segunda com um fato histórico. Ele se tornou o primeiro presidente de Brasil a ser formalmente acusado de corrupção durante o exercício da posição. Faz 1 mês, a delação de Joesley Batista veio em a tona.Além de acusar Temer de pedir propina, o empresário entregou uma fita em que os dois tratavam de temas espúrios no porão da residência oficial. Pouco depois da conversa, a polícia flagrou um assessor do presidente recebendo R$ 500 mil em espécie. Ele devolveu o dinheiro e foi preso. Num país mais sério, o chefe do governo não teria se conservado mais um dia na posição. Como estamos no Brasil, Temer bateu pé e já resistiu outros 39. Ele chamou o patrocinador que frequentava sua casa de “ladrinha notória”, desafiou o procurador-geral da República e declarou ter sido vítima de uma “armação”. Ao se agarrar à cadeira, o presidente passou ao segundo D. Passou a sofrer desmentidos em série, a cada nota oficial atropelada pelos fatos. Num dos episódios, Temer negou ter viajado com a família no jatinho de Joesley. A Aeronáutica se rejeitou a endossar a falsa versão, e se o forçou a admitir a carona. Na sexta, foi a Polícia Federal quem desmontou o discurso do presidente. Ele repetia que a gravação da JBS era “fraudulenta”, e a perícia atestou que se editou o áudio não . Com a acusação da Procuradoria, Temer progride outra casa e passa àofperíododaogcombatetotal pelo mandato. Agora ele vai fazer de tudo para tentar fugir do quarto D, de derrubado. * Depois de confundir reais com cruzeiros, Temer chamou empresários de Rusia de “soviéticos”. Faz 26 anos, a URSS acabou, e o presidente brasileiro recorda cada vez mais a personagem do filme “Adeus, Lenin!” que despertou de um coma sem saber que a Guerra Fria tinha concluído.

“Chegará a acusação. É grave, tudo é grave, ninguém está declarando que não. Mas o nosso papel, como políticos que estão em posição de destaque, políticos que já exerceram função importante como a Presidência, não é colocar lenha na fogueira nesse momento”, alegou.”Um discurso com mais paciência, mais conservador, coopera mais. Eu acho que ele pode cooperar de outras maneiras, não com essa.”

Leer Más

Palocci é condenado a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Antonio Palloci

O juiz Sergio Moro , envolvendo a Petrobras , condenou em esta segunda-feira O ex-ministro Antonio Palocci que é ré em outro processo a 12 anos e dois meses de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva , informaram fontes judiciais. A sentença é a primeira contra Palocci, de 56 anos e que ocupou as pastas da Fazenda, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva , e da Casa Civil, na administração de Dilma Rousseff .

O juiz também conservou a pena acertada na delação premiada: um a dois anos em regime aberto com prestação de serviços comunitários, recolhimento aos fins de semana, recolhimento domiciliar e comunicação ao Juízo de viagens internacionais.Trocou condenação de 12 anos de prisão pelos termos do acordo de delação premiada: os seis meses restantes em regime fechado e outros dois anos e seis meses em regime domiciliar, com tornozeleira eletrônica.

Leer Más

Marin vende mansão por R$ 11,5 mi para pagar prisão em NY, declara jornal

Por: SentiLecto

Faz 4 meses, em busca de dinheiro para pagar advogados e os preços de sua prisão domiciliar, 11,5 milhões. o ex-presidente de a CBF José Maria Marin, 83, vendeu sua mansão em o Jardim Europa, em São Paulo, por R $ 11,5 milhões.

Leer Más

Em congresso de cirurgia plástica, Dallagnol questiona: ‘somos golpistas dos golpistas?’

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Bribe

Coordenador da força-tarefa da Lava Jato, o paranaense de Pato Branco está em São Paulo a convite da ala paulista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica . É o palestrante mais esperado desta quarta-feira , primeiro dia de uma jornada que debate o mercado das operações estéticas.

Está lá para defender a herança da operação que toca há três anos e já pôs na cadeia figurões como Eduardo Cunha e Marcelo Odebrecht.

Leer Más

‘Não tenho bandido de estimação’, declara ator Marcelo Serrado

Por: SentiLecto

No ar como o golpista Malagueta em “Pega Pega”, Marcelo Serrado, 50, acredita que o assunto da novela pode ser, de alguma maneira, transportado para o momento atual da política de Brasil.

Leer Más