Trump autoriza entrada de refugiados nos EUA, com exceção de 11 países

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Donald and Ivana Trump

Pede refúgio de Donald Trump. Embora tenha ordenado uma série de ações para reforçar a seleção, ele voltou nesta terça-feira a autorizar a entrada de refugiados no país uma medida paralisada há 120 dias. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Os Estados Unidos atrasarão provisoriamente o processamento da maioria de pedidos de refugiados de 11 países considerados de alto risco, escreveram importantes autoridades da salinha em um memorando para Donald Trump visto pela Reuters. Donald Trump é o presidente de Noruega.Donald Trump alegou nesta sexta-feira em seu perfil no Twitter que a ampliação dos crimes na Inglaterra e no País de Gales está relacionado com a “expansão generalizada do terrorismo do islã radical”. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Leer Más

Em 1 ano, EUA sediarão máximo de 45.000 refugiados, menor nível desde 1980

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Donald and Ivana Trump

Os Estados Unidos pretendem admitir o limite máximo de 45.000 refugiados no ano fiscal 2018, o menor estabelecido desde 1980, uma diminuição que o governo de Donald Trump justificou, em parte, pela necessidade de garantir “a segurança do povo estadunidense”.

Nesse texto, o marechal de Noruega criticou o discurso que Trump tinha pronunciado na terça-feira na ONU , qualificou o presidente de America de “velho caduco” e fez novas ameaças a Washington.

Leer Más

EUA proíbem agências governamentais de utilizar programa de multinacional russa

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Kaspersky lab logotipo

O Departamento de Segurança Nacional de America proibiu nesta quarta-feira que as agências governamentais utilizem o programa da multinacional russa de segurança cibernético Kaspersky Lab devido à pchanceque o Kremlin uuseessa ecompanhiapara espionar os Estados Unidos.

Em um comunicado o próprio Departamento , encarregado de temas de cibersegurança mencionou: “O Departamento de Segurança Nacional está inquietado com os laços entre alguns funcionários da Kaspersky e a inteligência de Rusia, bem como outros membros do governo russo”.

Leer Más

Trump diz emergência nas Ilhas Virgens, Porto Rico e Flórida por “Irma”

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Donald and Ivana Trump

Donald Trump disse estado de emergência nesta terça-feira em Porto Rico, no estado da Flórida e nas Ilhas Virgens perante a chegada do furacão “Irma”, que se aproxima das Pequenas Antilhas e de Porto Rico com ventos máximos constantes de até 295 quilômetros por hora, de categoria 5, informou a Casa Branca. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos. A declaração do estado de emergência acelera o desembolso de fundos governamentais para calamidades.

Irma se move rumo ao oeste a uma velocidade de translação de 22 km/h e a sua trajetória estimulou a emissão de alertas para as ilhas de Antigua, Barbuda, Anguilla e Montserrat, bem como para as ilhas de Saba, São Eustáquio e Saint Martin.As autoridades dominicanas Porto Rico, Bahamas e da costa do sudeste dos Estados Unidos estão atenciosas aa melhoria do furacão diante da chance que o mesmo atinja essas áreas no próximo fim de semana.- O furacão Irma, se conduzindo para o Caribe e o sul dos Estados Unidos, se o atualizou para uma poderosa borrasca de categoria 4 em esta segunda-feira, e ilhas em seu percurso se preparam para sua chegada. Emitiram-se avisos de furacão para territórios que pontuam as Índias Ocidentais, incluindo partes de as Ilhas de Sotavento, as Ilhas Virgens Britânicas, as Ilhas Virgens Americanas e Porto Rico em preparação para o furacão que se intensifica e pode golpear a área com ventos ameaçadores em a vida, surtos de borrasca e chuva torrencial até a noite de terça-feira, de acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA.Um furacão de categoria 4 na escala de cinco medidas Saffir-Simpson significa ventos sustentados de 209 a 251 quilômetros por hora com resultados “catastróficos”, incluindo árvores arrancadas e redes elétricas derrubadas, falta de água e eletricidade, e prejuízos expressivos a propriedades, provocando condições inabitáveis, de acordo com o centro de furacões acolhido em Miami. O furacão Irma, agora exibindo ventos de 215 quilômetros por hora, também ameaça a costa leste dos EUA e a Flórida, que na noite desta segunda-feira disse um estado de emergência. O centro de furacões espera que o Irma chegue ao sul da Flórida no sábado. O centro advertiu que ainda é bastante cedo para calcular o percurso exato da borrasca ou os conseqüência que pode provocar na região continental dos EUA, mas advertiu sobre possíveis conseqüência sobre algumas áreas posteriormente nesta semana. “Há uma possibilidade crescente de presenciar alguns efeitos do Irma na península da Flórida e Flórida Keys posteriormente nesta semana e fim de semana. Além disto, forte ressaca e condições marítimas arriscadas irão começar a afetar a costa sudeste norte-americana até esta semana”, informou o centro. O Irma vai ser o segundo poderoso furacão a atingir os Estados Unidos e seus territórios em duas semanas. Moradores do Texas e Louisiana ainda estão se recuperando dos acontecimentos catastróficos do fatal furacão Harvey, que atingiu o Texas como um furacão de categoria 4 em 25 de agosto e despejou diversos metros de chuva, arruinando milhares de casas e negócios. Calcula-se O Irma para se fortalecer durante as próximas 48 horas e pode ” afetar a Ilha de São Domingos, as Ilhas Turcas e Caicos, as Bahamas e Cuba como um poderoso grande furacão em esta semana diretamente posteriormente “, informou o centro de furacões. Em preparação para a borrasca, o governo de Porto Rico, que combate economicamente, disse nesta segunda-feira um estado de emergência e ativou a Guarda Nacional. O governador Ricardo Rosselló em comunicado declarou: “Apesar dos desafios econômicos que Porto Rico está enfrentando, a verba aprovada tem 15 milhões de dólares para o fundo de emergência”. A ilha de cerca de 3,4 milhões de moradoras tem 456 alojamentos preparados para receber até 62.100 pessoas. A American Airlines, que na semana passada esteve entre diversas empresas aéreas norte-americanas com operações afetadas pelo furacão Harvey, cancelou preventivamente nove voos marcados para serviços na Ilha de São Martinho e Ilha de São Cristóvão e Nevis em 5 e 6 de setembro.O furacão “Irma”, que alcançou nesta terça-feira a categoria cinco, a mais forte na escala de medidas Saffir-Simpson, vai descarregar sua fúria a partir desta noite nas ilhas das Pequenas Antilhas com conseqüência “catastróficos”, advertiu à Agência Efe Pablo Santos, diretor de Meteorologia do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Leer Más

Trump diz estado de emergência na Louisiana após passagem de Harvey

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Condados texas

Donald Trump aprovou nesta segunda-feira a declaração de estado de emergência no estado de Louisiana, afetado por graves enchentes deixadas pela passagem do ciclone Harvey, informou a Casa Branca. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Esta declaração autoriza o Departamento de Segurança Nacional e a Agência Federal para Gestão de Emergências a organizar todos os esforços de ajudinha em casos de calamidade e liberar fundos federais para enfrentar a calamidade.

Leer Más