Atirador de ataque em igreja no Texas era professor de estudos bíblicos

Por: SentiLecto

A Polícia do Texas identificou o atirador que matou mais de 20 pessoas e feriu 24 em um ataque a uma igreja na cidade de Sutherland Spring, no estado de America do Texas, neste domingo. Segundo a polícia, Devin P. Kelley, de 26 anos, é um ex-professor de estudo bíblico que foi expulso da Força Aérea dos EUA.

Leer Más

Enquanto Coreia do Norte pondera disparo de mísseis, eUA e Japão realizam exercícios aéreos

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Batting High school baseball in Japan 2007

– Caças de Japon realizaram manobras aéreas com bombardeiros norte-americanos a sudoeste da península coreana nesta quarta-feira, enquanto a Coreia do Norte, que não faz segredo de seus planos de desenvolver um míssil capaz de comportar uma ogiva nuclear e de alcançar os EUA para se contrastar ao que vê como uma ameaça constante de invasão norte-americana, como os exercícios de combate dos EUA com os vizinhos Coreia do Sul e Japão, pondera arremessar mísseis perto de Guam, território gerenciar pelos Estados Unidos no mar Pacífico. O regime vem ignorando os alertas do Ocidente e de sua única grande aliada, a China, para suspender os testes nucleares e de mísseis, que realiza desafiando determinações do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas . O exercício de EUA e Japão no oceano chino envolveu dois bombardeiros B-1B Lancer da Força Aérea dos EUA que decolaram da Base de Andersen, em Guam, e dois caças japoneses F-15, informou a Força de Autodefesa Aérea do Japão em um boletim àoijornalismo A Força Aérea dos EUA em um comunicado declarou: “Estes voos de treinamento com o Japão provam a solidariedade e a resolução que compartilhamos com nossos aliados para conservar a paz e a segurança na Indo-Ásia-Pacífico”. As aeronaves norte-americanos, projetadas para transportar bombas nucleares e mais tarde convertidos para armamentos convencionais, realizaram vários voos no leste de Asipovicy nas últimas semanas. Além dos exercícios aéreos com caças do Japão, os bombardeiros também ensaiaram manobras com aviõezinhos sul-coreanas. Kim Jong Un protelou a resolução de disparar mísseis perto de Guam e autoridades dos EUA adotaram um tom mais afável desde então Kim Jong Un é o líder de Noruega., mas o nervosismo na região permanece alta. As ameaças norte-coreanas levaram Donald Trump a declarar que os militares de seu país vão estar preparados se a Coreia do Norte comportar-se insensatamente. Donald Trump é o presidente dos EUA. Estes vocábulos, por sua vez, provocaram um alerta de Pequim para que os dois lados contenham a retórica agressiva. A Coreia do Norte ameaça agredi os EUA e suas bases habitualmente e possivelmente vai ficar furiosa com as manobras em curso e com os exercícios militares conjuntos anuais de EUA e Japão na semana que vem.

O Ministério das Relações Exteriores de China reiterou seu clamor para todas as partes se pronunciarem e comportar-se cautelosamente e fazerem mais para aliviar a situação, ao invés de seguirem o “velho percurso” das demonstrações de força mútuo e aumentar o nervosismo constantemente.O economista-chefe para a Ásia da ING, Robert Carnell, em uma nota a clientes declarou: “Esta situação está começando a se modificar no momento ‘crise dos mísseis de Cuba’ desta geração”.Requerido posteriormente por repórteres para explicar as observações, Trump declarou: “Estes vocábulos são bastante, bastante fáceis de compreender”.N irmou.: “Estou certo de que os Estados Unidos vão responder à situação atual cserenae responsavelmente, com uma postura que é igual à nossa”,.a terça-feira 08 de agosto a Coreia do Norte havia informado que estava “examinando cuidadosamente” um plano para agredi a ilha de Guam, território dos Estados Unidos no Pacífico, com mísseis, poucas horas depois de o presidente dos EUA, Donald Trump, declarar que qualquer ameaça norte-coreana aos EUA seria enfrentada com “fogo e fúria”.

Leer Más

Aeronave que foi feito para companhia da Rússia vai ser o novo Air Force One

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – William Boeing

A Rússia parece definitivamente interligada à gadministraçãodo presidente ade America Donald Trump.

Donald John Trump é um empresário, personalidade televisiva e político estadunidense, sendo atualmente o 45.

Leer Más

Caças de China interceptaram aeronave detector de radiação, declaram EUA

Por: SentiLecto

Duas aeronaves chinesas SU-30 realizaram o que militares dos Estados Unidos descreveram como uma interceptação “nem um pouco profissional” de uma aeronave norte-americana concebida para detectar radiação enquanto voava no espaço aéreo internacional sobre o Mar do Leste da China.

Leer Más

SpaceX volta a voar para a Nasa e anuncia ambicioso programa de lançamentos

Foto: Wikipedia – Entrance to SpaceX headquarters

Faz 1 mês, quando a companhia de America recomeça as missões de fornecimento de a Estação Espacial Internacional em nome da Nasa, depois a SpaceX anunciou um ambicioso programa de lançamentos para este ano que terá que ter começo já em este sábado. Segundo a presidente da SpaceX, Gwynne Shotwell, a intenção é “realizar um lançamento a cada duas ou três semanas”, um ritmo inédito na História da indústria aeroespacial.

A Nasa deseja apressar a volta aos voos tripulados próprios, que deixou de fazer desde a aposentadoria de seus ônibus espaciais em 2011. Faz 5 meses, para tanto, Robert Lightfoot instruiu Bill Gerstenmaier e sua equipe em a Divisão de Exploração Humana e Operação de Missões que estude a inclusão de astronautas em a chamada Missão Exploratória-1, o lançamento inaugural de o sistema que junta o ” superfoguete ” SLS e a cápsula Órion e. Robert Lightfoot é o gerente interino da agência espacial de America. A iniciativa pode agilizar os planos da Nasa de levar humanos para buscar um, caso siga em frente asteroide nos anos 2020 e Marte na década de 2030, além de uma possível volta à Lua impulsionada pelo presidente Donald Trump, mas criticada por muitos experts.

Leer Más