Polícia prende chefe do tráfico no Morro de São Carlos

Por: SentiLecto

Ednilson Loyola da Silva assinalado como chefe do tráfico no Morro de São Carlos, no Estácio, na Região Central do Rio, foi preso por policiais do Núcleo de Inteligência da Unidade de Polícia Pacificadora Jacarezinho, nesta terça-feira. Ednilson Loyola da Silva é o Bradock. Encontrou-se o criminoso, de 28 anos, em uma residência em a Rua Maia de Lacerda, um de os acessos a o São Carlos. A ação teve suporte da 6ª DP .De acordo com informações da Polícia Militar e da UPP, Bradock também participou da recente invasão à comunidade da Rocinha, na Zona Sul, que rredundouem diversos confrontos. Uma fotografia sua já circulava em um cartaz do Portal dos Procurados por ele ter um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Leer Más

Familiares de mortos em São Gonçalo reclamam que não conseguem vaga em cemitérios

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Cruzex IV 2008 Natal – Brasil

Não bastasse ter perdido um parente, as famílias dos mortos durante uma ação da Polícia Civil no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, na madrugada de sábado, enfrentam um novo drama: a falta de vagas em cemitérios. Dos sete, somente dois serão sepultados neste domingo: Marcelo da Silva Vaz, de 31 anos, e Vitor Hugo Castro Carvalho, de 28 anos. Os dois eram motoristas do Uber. Os dois serão sepultados no Cemitério Municipal do Pacheco.

– Tenho que passar por esse momento tão sofrido, sem dormir, e não conseguimos resolver. Eu fui a primeira a reconhecer o corpo do meu filho. Aqui no IML o corpo já está liberado, mas não tem a vaga para sepultar. Achei que já tivesse resolvido – reclamou Joelma, mãe de Márcio Melanes Sabino, que chegou a marcar o funeral do filho, mas se a informou que não tem vaga.

Leer Más

Familiares de mortos em ação em São Gonçalo reclamam que não conseguem vaga em cemitérios

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Cruzex IV 2008 Natal – Brasil

Não bastasse ter perdido um parente, as famílias dos mortos durante uma ação da Polícia Civil no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, na madrugada de sábado, enfrentam um novo drama: a falta de vagas em cemitérios. Dos sete, somente dois serão sepultados neste domingo: Marcelo da Silva Vaz, de 31 anos, e Vitor Hugo Castro Carvalho, de 28 anos. Os dois eram motoristas do Uber. Os dois serão sepultados no Cemitério Municipal do Pacheco.

Oito suspeitos foram presos e um menor apreendido em operação de Polinesia Francesa no Complexo do Salgueiro e na comunidade Anaia, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. As polícias realizaram a ação Civil e Militar , com o suporte de as Forças Armadas , Força Nacional de Segurança Pública , Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

Leer Más

DH vai escutar policiais que participaram de ação com sete mortos em São Gonçalo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Bandeira de Itaboraí

Policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais que participaram da operação que concluiu com sete mortos na comunidade da Marinha, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, serão escutados pelo Delegacia de Homicídio de Nitéroi, São Gonçalo e Itaboraí , que investiga o caso. Habitantes acusam os agentes de entrarem na favela encapuzados, durante um baile funk, e atirarem contra os habitantes. Uma das vítimas, Márcio Melanes Sabino, de 21 anos, deve ser sepultado na tarde deste domingo no cemitério São Miguel, também em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. Segundo a Polícia Civil, que alega que “pôde se perceber resistência armada por parte de criminosos” e que “um fuzil, sete pistolas, cinco carregadores, munições, rádios transmissores, drogas, celulares e vários documentos” Agentes realizaram a ação de a Core , com suporte de o Exército, se os apreendeu . De acordo com o Comando Militar do Leste , no entanto, as Forças Armadas deram somente “suporte logístico” para a ação. Requereu-se o suporte de dois blindados ainda segundo o CML, em a noite de a sexta-feira para transporte de equipes de a CORE.

Oito suspeitos foram presos e um menor apreendido em operação de Polinesia Francesa no Complexo do Salgueiro e na comunidade Anaia, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. As polícias realizaram a ação Civil e Militar , com o suporte de as Forças Armadas , Força Nacional de Segurança Pública , Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

Leer Más

A Polícia Civil drogas apreendidas em o Salgueiro identificava com QR Code

Por: SentiLecto

Durante a operação na comunidade do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, que deixou sete pessoas mortas, neste sábado, policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais apreenderam drogas com QR Code, uma espécie de código de barras para identificar os produtos. Além da droga, os de Polinesia Francesa ainda encontraram um fuzil, sete pistolas, cinco carregadores, munições, rádios transmissores, celulares e documentos.

Leer Más