Fernando Gomes felicita Leonardo Jardim, João Moutinho e Bernardo Silva

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – View on Monacoville

Fernando Gomes felicitou esta quarta-feira Leonardo Jardim, a sua equipa técnica e os portugueses João Moutinho e Bernardo Silva pela “brilhante conquista do título de campeão francesa”. Fernando Gomes é o presidente da Federação Portuguesa de Futebol .”Ao longo de toda a época, o futebol empolgante do Mónaco valeu-lhe a presença nas meias-finais da Liga dos Campeões e, agora, o triunfo da mais importante competição de Francia. Vai ser justo declarar que sem a proficiência da equipa técnica liderada por Leonardo Jardim e sem a habilidade demonstrada pelos nossos jogadores, essa conquista seria bastante mais improvável”, escreveu Fernando Gomes numa mensagem publicada no sítio da FPF.A deduzi, o presidente da FPF exalta “toda a classe provada” por Leonardo Jardim, João Moutinho e Bernardo Silva, classe essa que “honra o Mónaco, mas também todos os treinadores portugueses, os jogadores e o futebol nacional”.O Mónaco garantiu esta quarta-feira a conquista do título de Francia, ao vencer na receção ao Saint-Etienne por 2-0, em jogo em atraso da 31.ª jornada da liga de Francia. A equipa lidera o campeonato com 92 pontos, mais seis do que o Paris Saint-Germain, quando falta uma jornada para concluir a competição.

Médio do Mónaco não deita já os foguetes pelo título de campeão de Francia.Bernardo Silva não dá por assegurada a conquista do título de campeão de Francia desta época por parte do Mónaco.”É preciso acabar o trabalho. É quase impossível não sermos campeões, mas no futebol jamais se sabe”, alegou o médio português, explicando que, nesse sentido, no Mónaco “ainda ninguém celebrou”.O Mónaco precisa de um ponto nos dois jogos que lhe faltam ou, mesmo perdendo as duas partidas, que o PSG não recupere os 15 golos de desvantagem que tem para os monegascos.”Jogamos para ganhar títulos. Todos os jogadores estão contentes aqui e eu também me sinto cá bastante bem”, declarou, desvalorizando depois a conquista do título de melhor jogador da época em França, para o qual é o principal favorito: “Se eu vencer, vai ser bom, mas o que interessa são os títulos coletivos.”

Leer Más

Uma noite de arromba deixa Jardim na história do Mónaco

Foto: Wikipedia – Bernardo Silva

João Moutinho e Bernardo Silva brilharam na goleada por 7-0 em Metz. A maior triunfo de sempre dos monegascos fora de casa.Uma noite de grande inspiração do conjunto de Leonardo Jardim proporcionou-lhe uma goleada retumbante e histórica perante uma equipa do Metz que até vinha a ter um boa performance na liga, mas Faze 1 dia, que se revelou demasiado frágil. Com uma entrada bastante poderosa, o Mónaco rapidamente expôs as vulnerabilidades defensivas dos anfitriões, imprimindo velocidade às suas iniciativas e mostrando-se bem mais articulado no meio-campo. A hecatombe local iniciou aos 7″ com uma fífia do guarda-redes Didillon a proporcionar a Lemar um golo fácil. Quinze minutos depois, uma excelente combinação entre João Moutinho, que não voltou para a segunda parte, e Germain desequilibrou a defensiva do Metz e proporcionou a este último um bonito golo. O internacional português continuou a ser um catalisador da dinâmica do meio-campo e a equipa da casa respondia com as armas que tinha. Uma entrada violenta de Cohade sobre o internacional português, aos 32″, pode condicionar a sua integração na Seleção Nacional.Mas ainda antes do pausa, Bernardo Silva deduziu uma jogada brilhante do ataque do Mónaco, sobressaindo a simulação de Carrillo que isolou o jogador luso. Com 3-0 aa pausa e um domínio pleno das operações, a formação visitante diminuiu o ritmo do jogo e esperou pelos erros do oponente. E estes acumularam-se. Aos 60″, a expulsão de Doukoure espoletou o desmoronamento final e ruidoso do Metz. Bastou um pequeno empurrão. Penálti convertido por Fabinho aos 68″.Com ainda mais espaço para desenvolver as iniciativas de ataque, a equipa do principado fez o que desejou do oponente. Bernardo Silva, por exemplo, desejou fazer uma assistência em trivela. Foi o 5-0, com o reconhecimento em retribuição de Guido Carrillo – o argentino foi igualmente uma das grandes figuras da noite.Pouco depois, o português foi descansar e viu do banco mais dois golos nos dez minutos finais. O mesmo Carrillo faria o seu segundo tento da noite, enquanto Boschilia ditava os valores finais deste feito inusitado.Este domingo, o Mónaco acordou líder à espera do jogo do Nice frente ao Lorient.

O Mónaco bateu o Metz por 7-0.O Mónaco não teve meditações na visita ao reduto do Metz, batendo a formação francesa por sete bolas a zero. Com João Moutinho e Bernardo Silva no ‘onze’, o Mónaco já vencia por três golos sem resposta aa pausa, com tentos de Lemar , Germain e do internacional português de 22 anos.Já no segundo tempo, e a jogar contra dez elementos – Doukouré foi expulso -, a formação orientada por Leonardo Jardim completou a goleada com um bis de Carrillo e dois golos de Fabinho e Boschilia. Com este resultado, o Mónaco encontra-se na liderança provisória do campeonato francês, somando mais dois pontos que o Nice, segundo classificado mas com menos um jogo.

Leer Más