Scheidt não pensa em se aposentar e vê nossa categoria como recomeço

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Scheidt robert sac

Robert Scheidt disputou os Jogos Olímpicos Rio 2016 aos 43 anos e concluiu na quarta colocação. Um ano mais velho, um dos principais velejadores da história do Brasil mudou para a categoria 49er e não tem planos de aposentadoria. O desportista paulista, em entrevista à Gazeta Esportiva, revelou como foi o processo de mudança de categoria, que vem sendo como um recomeço em termos de ganhar nnovoshtalentos e deixou claro que ainda tem muitas alternativas para continuar velejando.

“Em Split, o oceano tem ondas parecidas com as do Rio de Janeiro, onde treino diariamente. Acredito que eu tenha uma velocidade boa em relação aos outros velejadores. O objetivo inicial é entrar na flotilha ouro”, disse o desportista.O Brasil vai ter um representante: João Pedro Souto de Oliveira, que vai disputar o Mundial pela segunda vez na carreira. O País tem grande costume no torneio, já que Robert Scheidt é o maior campeão, com nove ouros, duas pratas e um bronze.

Leer Más

Scheidt vence regata da medalha, mas não sobe ao pódio no Rio

Foto: Wikipedia – Scheidt robert sac

Maior medalhista olímpico brasileiro em toda a história, o velejador Robert Scheidt, que não conseguiu subir ao pódio, terminando sua participação no quarto lugar geral da classe Laser, venceu nesta terça-feira a regata da medalha dos Jogos do Rio de Janeiro , mas

A prova final da classe laser radial continua nesta segunda , mas não há tempo competente para a execução da última disputa dos homens.Scheidt ainda busca o bronze para se tornar o maior medalhista do país isolado, com seis pódios em Olimpíadas. Com informações da Folhapress.

Leer Más

Gustavo Lima e Sara Carmo melhoram na vela

Foto: Wikipedia – Gusttavolima fanfestdf

Os velejadores portugueses Gustavo Lima e Sara Carmo tiveram o seu melhor dia nos Jogos Olímpicos Rio2016, subindo ao 16.º posto e ao 26.º das respetivas classes.Gustavo Lima conseguiu mesmo o melhor registo português nos Jogos, ao ser oitavo na sexta regata, depois de mais um 15.º posto, na quinta, passando a adicionar 73 pontos, menos 20 do que o décimo classificado, o último que vai à ‘Medal Race’.Por seu lado, Sara Carmo logrou acabar as primeiras regatas na Baía de Guanabara no ‘top-20′, com um 18.º posto na quinta regata e um 13.º na sexta, passando a totalizar 108 pontos.Na terça-feira, Gustavo Lima tinha concluído o segundo dia de competições no 21.º lugar, enquanto Sara Carmo era 29.º.o croata Tonci Stipanovic é agora liderada A classe Laser , com 26 pontos , seguido de o britânico Nick Thompson , com 35, e do holandês Rutger van Schaardenburg.No Laser Radial, a liderança é da irlandesa Annalise Murphy, com 19 pontos, menos um do que a dinamarquesa Anne-Marie Rindom e dois do que a holandesa Marit Bowmeester.Na quinta-feira, vai estar em ação somente João Rodrigues, que após seis regatas, é 15.º classificado de RS:X.

Duas regatas no 15º lugar valeram a 14ª posição a Gustavo Lima.O velejador português Gustavo Lima concluiu hoje na 14ª posição as duas primeiras regatas da classe Laser nos Jogos Olímpicos, após concluir duas vezes na 15ª posição.Na sua quinta participação em Jogos Olímpicos, Gustavo abriu a prova com 30 pontos, numa prova que é liderada pelo croata Tonci Stipanovic, com seis pontos, os mesmos do argentino Julio Alsogaray.Na terceira posição está o russo Sergei Komissarov, com 11 pontos.Na terça-feira, estão calculadas mais duas regatas da classe Laser.

Leer Más

Velejador João Rodrigues sobe ao 15º lugar em RS:X

Desportista português participa pela última vez nos Jogos Olímpicos. Enquanto Gustavo Lima caiu para a 21ª posição de Laser e Sara Carmo, o velejador português João Rodrigues, que foi duas vezes 15º e uma vez 10º, subindo três lugares, com 71 pontos, subiu esta terça-feira ao 15º lugar da classe RS:X dos Jogos Olímpicos subiu à 29ª de Laser Radial.Na liderança da prova, após seis regatas, está o britânico Nick Dempsey, que adiciona somente nove pontos, seguido do holandês Dorian van Russelberg, com 10 e do polaco Piotr Myszka, com 16.A frota de RS:X volta a competir na quinta-feira, a partir das 13h00 .Em Laser, Gustavo Lima, que na segunda-feira era 14º, caiu para a 21ª posição, depois de ter sido 20º e 26º nas duas regatas hoje realizadas.As classes Laser e Laser Radial têm mais duas regatas calculadas para quarta-feira.

Leer Más

Scheidt fecha 1º dia em 7º na Laser e lamenta não ter satisfeito meta

O velejador Robert Scheidt, de 43 anos, iniciou mal o primeiro dia de regatas da classe Laser, com um 23º lugar, bem abaixo da meta que ele mesmo havia traçado – permanecer entre os dez primeiros. O maior medalhista olímpico brasileiro, no entanto, se recuperou e ganhou a segunda regata, concluindo em sétimo lugar no geral. Também foi essa a posição do windsurfista Ricardo Winicki, o Bimba. Coube a Patrícia Freitas, da RS:X feminino, a melhor colocação entre os brasileiros: sexto lugar. Fernanda Decnop, da Laser radial, ficou em 15.º.

Leer Más