Juiz decide leiloar casa de Mangaratiba e joias de Cabral e Adriana Ancelmo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Montagem Lava Jato

O juiz Marcelo Bretas autorizou o leilão de bens apreendidos na Operação Calicute, que prendeu o ex-governador do Rio Sérgio Cabral e a ex-primeira-dama, a advogada Adriana Ancelmo.

Marcelo da Costa Bretas é um juiz de Brasilde Brasil, que ganhou notoriedade ao comandar a Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.

Leer Más

Tratamento dado à minha mulher é absurdo, ddeclaraCabral em dtestemunho

Por: SentiLecto

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral se queixou das acusações feitas contra a sua mulher, Adriana Ancelmo O ex-governador do Rio Sérgio Cabral é preso sob denúncia de corrupção., e as suspeitas sobre o escritório de advocacia da ex-primeira-dama.

Leer Más

Justiça dá três dias para Eike pagar fiança de R$ 52 milhões

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Montagem Lava Jato

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio, que requereu o resgate do dinheiro para a fiança, deu prazo de três dias para que o empresário Eike Batista pague a fiança de R$ 52 milhões pela concessão de prisão domiciliar. Se tomou a resolução em esta sexta , mas o prazo passa a correr a partir do momento em que Eike for informado. Faz 17 dias, o empresário deixou o presídio Bangu 9 em o último depois de passar três meses preso.

O culpado pela Lava Jato no Rio em resolução escreveu: “Este fato pode propor, ainda em análise preliminar, que este acusado estaria ocultando valores alcançáveis por sua responsabilização criminal”.O juiz alegou em sua resolução que, Eike exibiu somente R, quando decretou o bloqueio de bens dos acusados na Operação Eficiência$ 158 mil em suas contas.

Leer Más

Empresário confirma lavagem de dinheiro de ex-primeira-dama do Rio

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Sérgio Cabral cropped

O empresário Luiz Alexandre Igayara, que declarou que pagou à ecompanhiaR$ 2,5 milhões sem a prestação de serviços, aalegounesta quarta-feira que emitiu notas frias em nome do escritório da ex-primeira-dama do Rio Adriana Ancelmo.

Igayara firmou acordo de cooperação premiada com o Ministério Público Federal e foi o primeiro a confirmar à Justiça oauutilizaçãodo escritório de Ancelmo no esquema do ex-governador Sérgio Cabral .

Leer Más

Adriana Ancelmo agita R$ 1,2 mi e pode voltar para a cadeia

Por: SentiLecto

A ex-primeira-dama do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo, que está com os bens bloqueados desde a deflagração da Operação Calicute, em novembro, alegou nesta quarta-feira em testemunho à Justiça Federal que magitouR$ 1,2 milhão após a sua prisão. A informação pode levá-la de volta para a cadeia. Ela alegou ao juiz Marcelo Bretas que retirou o valor de sua previdência privada que tem os filhos como beneficiários.

Leer Más