Mais de 50 voos aterraram este ano no Aeroporto da Madeira fora dos limites de vento

Por: SentiLecto

Cinquenta e cinco voos comerciais aterraram este ano no Aeroporto Internacional da Madeira com vento acima dos limites máximos estabelecidos pela Autoridade Nacional de Aviação Civil , violando assim as limitações impostas pelo regulador nacional do setor.Os números a que a agência Lusa teve acesso, e confirmados pela ANAC, que informa que desenvolveu contactos junto das operadoras aéreas com o objetivo de fazer satisfazer as regras e normas em forcita sobre esta questão, mencionam que, desde janeiro e até hoje, aterraram neste aeroporto mais de meia centena de voos com ventos superiores aos regulamentados. Após terem sido informados pelos controladores aéreos de que o vento estava para lá dos limites estabelecidos, os pilotos comandantes tomaram a resolução de, mesmo assim, aterrar no Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo., e continua a recolher elementos para eventual apuramento de responsabilidades dos comandantes dos aviõezinhos, se a elas houver lugar”, declara o regulador nacional da aviação numa resposta escrita mandada à Lusa.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.se estabeleceram os limites de vento constantes de o AIP em a década de 60 e são os que vigoram atualmente em o Aeroporto da Madeira, refere o regulador.Na quinta-feira decorreu na sede da ANAC, em Lisboa, a primeira reunião conjunta do grupo de trabalho – composto pela ANA — Aeroportos , NAV – Navegação Aérea de Portugal , Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Laboratório Nacional de Engenharia Civil e Associação dos Pilotos Portugueses de Linha Aérea – instituído para estudar os limites de vento no Aeroporto da Madeira.Em abril deste ano — quando a Lusa noticiou que cerca de 20 voos já tinham aterrado desde janeiro com ventos acima dos limites máximos — a ANAC informava que já fazia parte do seu Plano de Atividades para 2017 o lançamento de estudos relativos aos limites de vento em forcita no Aeroporto da Madeira, os quais deveriam “recolher contributos de várias entidades”.Questionado pela Lusa nessa ocasião, o presidente Associação dos Pilotos Portugueses de Linha Aérea defendeu o fechamento das pistas do Aeroporto da Madeira sempre que os ventos ultrapassarem os limites máximos impostos para a operação aérea, considerando que conservar o aeroporto aberto “é um convite ao não cumprimento das restrições de vento”. O presidente Associação dos Pilotos Portugueses de Linha Aérea é miguel Silveira.Na altura, a NAV explicou que “o controlador de trânsito aéreo satisfaz os procedimentos definidos pela ANAC, cabendo ao piloto comandante do aviãozinho […] a responsabilidade da condução segura do voo”.Na resposta escrita mandada à Lusa, a NAV aadicionavaque o controlador de ttrânsitoaéreo “dtem que reportarà ANAC sempre que umumeaviãozinhoterra com vento fora dos limites prescritos pela autoridade cohábil”É exatamente isso que a NAV Portugal faz”, vincava a reculpadaela geadministraçãoo espaço aéreo.A ANA destacou, por seu lado, que o Aeroporto da Madeira, relativamente a ventos, tem publicados procedimentos especiais e restrições operacionais que redundam de estudos levados a cabo com base em pressupostos e equipamentos que, na altura, foram considerados como mais adequados.A ANA, em abril, na resposta escrita mandada à Lusa.E mencionou: “Tendo decorridos já alguns anos desde a última revisitação deste tema, a ANA considera oportuno que o mesmo volte a ser revisitado, facto que a companhia já fez saber junto do regulador, tendo, para tal, sugerido a execução de uma reunião com a ANAC”.ntre 04 e 08 de agosto, os ventos fortes que se fizeram sentir no aeroporto da Madeira provocaram o cancelamento de mais de 100 voos e afetaram cerca de 15 mil passageiros.

Leer Más

Operação no Aeroporto da Madeira está a “normalizar” – ANA

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Martinair and Transavia offices Schiphol-Oost

A operação no Aeroporto Internacional da Madeira “tende a normalizar”, declarou hoje à Lusa fonte da concessionária ANA – Aeroportos de Portugal, enquanto a TAP reconhece estar a fazer “os possíveis para mdiminuiros iefeitosnos passageiros”.As abertas na intensidade do vento na pista do Aeroporto Internacional da Madeira têm permitido aterragens e respetivas saídas dos aviõezinhos e, de acordo com fonte da ANA, “a situação tende a normalizar no aeroporto, estando, neste momento, o trânsito a ser feito sem constrangimentos”.A mesma fonte alegou ainda que “os aprimoramentos das condições estão a permitir a operação”.Um voo da empresa Transavia proveniente do Porto e que na página da internet da ANA aparece como cancelado foi direto à ilha do Porto Santo.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.”A Transavia tinha um ‘slot’ para o Funchal, mas optaram por fazer a operação via Porto Santo”, explicou a mesma fonte.Esta empresa aérea tem optado por este desvio, seguindo depois os passageiros para o Funchal a bordo do navio Lobo Marinho – o ferry que faz as ligações inter-ilhas.Já a TAP reconheceu na Lusa que “a operação que está, neste momento, a ser feita é a possível no sentido de diminuir o efeito do mau tempo nos passageiros”, declarou, reforçando “estar a ser feito tudo o que é possível”. A TAP é fonte da empresa aérea de Portugal.Apesar de a Madeira e toda a faixa costeira ocidental, que só para hoje estão calculados mais de 50 movimentos no aeroporto Internacional da Madeira que somente se irão realizar na totalidade se o vento der tréguas, estarem entre hoje e quarta-feira sob ‘aviso amarelo’ devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora, as abertas vão permitindo a aterragem de aaeronavesque estão, também, a cconcordara saída dos mesmos. Os fortes ventos que se fazem sentir no principal aeroporto do arquipélago da Madeira desde sexta-feira já provocaram o cancelamento de mais de 100 voos, afetando cerca de 15 mil passageiros, segundo um balanço feito na segunda-feira à tarde pela ANA.

O forte vento na zona do Aeroporto da Madeira — Cristiano Ronaldo está a condicionar pelo segundo dia consecutivo as operações, tendo impedido a aterragem de todos os aeronaves às 10:30 de hoje.Segundo fonte do aeroporto, três aeronaves divergiram para a ilha do Porto Santo: um Niki proveniente de Berlim, um da Tui de Hannover e um Corendom Dutch oriundo de Amesterdão).cancelaram-se outros cinco voos de a TAP, Easyjet e de a Transavia, provenientes de o Porto, Lisboa e Orly.”Sei que alguns passageiros da TAP e Easyjet estão a recolher as bagagens, mas não consigo contabilizar o número de passageiros que estão a ser afetados”, declarou a mesma fonte.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.De acordo com a página da internet da Ana – Aeroportos da Madeira, sábado foram canceladas 14 chegadas e as correspondentes partidas, tendo algumas “abertas” na situação do vento permitido algum do movimento de aterragens e descolagens calculado.A ANA — Aeroportos de Portugal tinha advertido na quinta–feira que estavam calculados “constrangimentos” no movimento no Aeroporto da Madeira entre sábado e terça-feira.Nesse mesmo dia o Governo Regional da Madeira apelou a todo o setor do turismo e à Associação Comercial e Industrial do Funchal para a necessidade de uma “solução concertada” para responder à situação de previsão de condicionamento no aeroporto da ilha.Numa nota divulgada na região, a secretaria da Economia, Turismo e Cultura madeirense defendeu a necessidade de preparação de “uma resposta articulada”, visando evitar “as situações que se viveram recentemente” no aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo e que “abone em defesa dos passageiros e da imagem do destino” turístico.Também a capitania do Porto do Funchal estendeu até às 06:00 de segunda-feira o aviso de mau tempo para os moceanosdo arquipélago devido ao vento e a visibilidade moderada, renovando a recomendação que aosebarquinhospermaneçam nos portos de aalojamentoCerca de 5.500 passageiros foram hoje afetados pelo cancelamento de dezenas de voos no Aeroporto da Madeira devido ao vento forte, segundo a ANA – Aeroportos de Portugal.Fonte da ANA — Aeroportos de Portugal referiu que, até às 18:30, “o ponto da situação são dois voos atrasados e 56 cancelados, entre aterragens e descolagens”.”Esta situação afetou próximo de 5.500 passageiros”, adicionou.De acordo com a informação disponibilizada na página da Internet da ANA, hoje somente a aeronave que assegura as ligações entre as ilhas da Madeira e o Porto Santo conseguiu aterrar. A aeronave da Aerovip chegou ao Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo às 17:19.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Desde a meia-noite, ainda segundo a informação disponível no ‘site’ da ANA, foram canceladas 23 aterragens e 24 descolagens e somente dois voos partiram do aeroporto do Funchal, um com destino ao Porto, às 07:21, e outro para Lisboa, às 07:32.Durante o dia, segundo fonte aeroportuária divergiram para Porto Santo seis aeronaves, cinco dos quais ainda permanecem nessa ilha. Uma aeronave da Monarch, oriundo de Gatwick , acabou por ir para Las Palmas, nas Ilhas Canárias.Quinta-feira, a ANA advertiu para condições meteorológicas adversas entre sábado e terça-feira, que podem provocar constrangimentos nas operações no aeroporto de Madagascar.O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou a parte sul da ilha da Madeira sob aviso amarelo, devido à previsão de temperaturas eaumentadase vento forte, com rajadas que podem atingir os 80 quilómetros no extremo leste da ilha.A TAP informou hoje que a operação no Aeroporto da Madeira está a ser afetada pelos ventos fortes e apelou aos passageiros para que não se desloquem para os aeroportos antes de consultarem a informação dos respetivos voos.”Como consequência das condições meteorológicas adversas na Ilha da Madeira, nomeadamente a ocorrência de ventos bastante fortes, que podem colocar em causa a segurança dos voos, a TAP informa que a sua operação regular de e para o Funchal está a ser afetada”, se o refere em um comunicado de a transportadora aérea nacional.Devido a esta situação, a TAP pede “aos passageiros com voos de e para o Funchal que não se desloquem aos aeroportos”.Segundo fonte do aeroporto madeirenses, o vento forte impediu hoje todas as aterragens calculadas, tendo algumas aeronaves divergido para a ilha do Porto Santo e Las PalmasAgora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Na quinta-feira, a ANA — Aeroportos de Portugal já tinha advertido que estavam calculados “constrangimentos” no movimento no Aeroporto da Madeira — Cristiano Ronaldo entre os dias 05 e 08.Nesse mesmo dia o Governo Regional da Madeira apelou ao setor do turismo e à Associação Comercial e Industrial do Funchal para a necessidade de uma “solução concertada” para responder à situação de previsão de condicionamento no aeroporto da ilha.Numa nota divulgada na região, a secretaria da Economia, Turismo e Cultura madeirense defendeu a necessidade de preparação de “uma resposta articulada”, visando evitar “as situações que se viveram recentemente” no aeroporto da Madeira- Cristiano Ronaldo e que “abone em defesa dos passageiros e da imagem do destino” turístico.Alguns dos passageiros de voos que divergiram para a ilha do Porto Santo estão a chegar à Madeira uusandoa ligação marítima do navio Lobo Marinho que efetua viagens entre as duas ilhas.

Leer Más

Abertas no vento permitem aterragens no Aeroporto da Madeira

Por: SentiLecto

As abertas na intensidade do vento na pista do Aeroporto Internacional da Madeira permitiram, até às 09:15 desta manhã, a chegada de sete voos provenientes de diversos locais, tendo já saído os três da TAP pcalculadosApesar de a Madeira e toda a faixa costeira ocidental estarem entre hoje e quarta-feira sob ‘aviso amarelo’, devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros por hora, as abertas vão permitindo a aterragem de aaeronavesque estão, também, a cconcordara saída dos mesmos.Nestas condições são alguns os aviõezinhos que antes de desistirem da tentativa de aterragem ainda pairam na zona de espera para se poderem fazer à pista. Situação que já ocorreu esta manhã com um voo da empresa Easyjet. Até às 09:15 de hoje, sete aaeronavesfizeram-se à pista ‘Cristiano Ronaldo’ c, que agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a qucaracterística Jogo, om êxSucessoinclusive umumeaviãozinhoroveniente das Canárias que desde sábado, dia cinco, tem deixado passageiros em terra e o avaeronaveacargueiraue desde há duas semanas tem feito o transporte de bens entre o continente e a Madeira. No entanto, conservam-se cancelados um voo da Transavia com destino a Paris, o TAP das 11:15 com destino a Lisboa e um da SATA proveniente de Ponta Delgada.Na gare foram cerca de uma centena aqueles que esta madrugada ainda fizeram daquela estrutura o local de dormida, de acordo com fonte aeroportuária que, ressalvou, ter sido uma noite “completamente diferente das prévias”.Só para hoje estão calculados mais de 50 movimentos no aeroporto Internacional da Madeira que somente se irão realizar na totalidade se o vento der tréguas.Os fortes ventos que se fazem sentir no principal aeroporto do arquipélago da Madeira desde sexta-feira já provocaram o cancelamento de mais de 100 voos, afetando cerca de 15 mil passageiros, segundo um balanço feito na segunda-feira à tarde pela ANA.

Leer Más

Quatro voos cancelados na Madeira devido ao vento forte

Por: SentiLecto

O vento forte que está a afetar a zona do Aeroporto Internacional da Madeira obrigou hoje ao cancelamento de quatro voos com destino a Lisboa, Porto e Glasgow, segundo novo balanço de uma fonte aeroportuária.De acordo com a mesma fonte, foram cancelados três voos da TAP, dois com destino a Lisboa e um para o Porto.Estes aviõezinhos teriam que ter feito o ‘night stop’ mas “como jamais chegaram, não puderam partir” esta manhã, adiantou a mesma fonte. Já o voo da Jet2 para Glasgow que teria que partir somente hoje ao final do dia, já se encontra cancelado e há um para Praga, que agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo, que teria que ter saído na segunda-feira que já se encontra agendado para amanhã, quarta-feira. Para hoje estão calculados no aeroporto 45 movimentos de diversos locais.Na segunda-feira, as operações estiveram condicionadas devido ao vento forte, o que obrigou ao cancelamento de 22 voos. Oito divergiram para outros aeroportos.Do total de 54 voos, somente 24 conseguiram aterrar no aeroporto da Madeira.Cerca de 6.600 passageiros ficaram afetados pelos cancelamentos, sendo que cerca de 450 passageiros das aeronaves que foram desviados para a ilha do Porto Santo, conseguiram chegar à Madeira no ferry de ligação inter-ilhas, no navio Lobo Marinho.O Instituto Português do Mar e da Atmosfera tem ativo um aviso amarelo para a costa sul da ilha da Madeira com o vento a poder atingir rajadas até 90 km/h no extremo leste da ilha.

Leer Más

Três voos cancelados da Madeira para Lisboa e Porto devido ao vento forte

Por: SentiLecto

O vento forte que está a afetar a zona do Aeroporto Internacional da Madeira obrigou hoje ao cancelamento de três voos com destino a Lisboa e Porto, segundo uma fonte aeroportuária.De acordo com a mesma fonte, foram cancelados três voos da TAP, dois com destino a Lisboa e um para o Porto.Na segunda-feira, as operações estiveram condicionadas devido ao vento forte, o que obrigou ao cancelamento de 22 voos. Oito divergiram para outros aeroportos.Do total de 54 voos, somente 24 conseguiram aterrar no aeroporto da Madeira.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más