Tremor de magnitude 6,2 atinge México após sismo que deixou quase 300 mortos nesta semana

Por: SentiLecto

– Um sismo de magnitude 6,2 atingiu o México neste sábado, levando às ruas muitas pessoas que saíram assustadas de suas casas, quatro dias após um brutal tsismodeixar quase 300 mortos no centro do país e darruinardezenas de econstruções Se localizou o epicentro a 19,3 quilômetros de Matías Romero, em o Estado de Oaxaca, em o sul de o país, a uma profundidade de 32 quilômetros, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos. Faz 16 dias, o sismo foi mais sentido em os Estados sulistas de Oaxaca e Chiapas que foram golpeados com força por um sismo que deixou quase 100 mortos. Segundo o serviço sismológico do México foram registrados diversos movimentos telúricos neste sábado na região de Oaxaca. Sergio Cedillo, de 49 anos declarou: “Eu pensei que era a TV, estava vendo uma reportagem sobre o resgate em Tlalpan e ouvi o alarme mais alto e desci com minha família”. Luis Felipe Puente declarou que o sismo, além de Oaxaca e a capital de Mexico, também foi sentido em Guerrero, Chiapas, Veracruz, Estado de México e Tabasco Luis Felipe Puente é o chefe da Defesa Civil., mas que até o momento não havia relatos de prejuízos. Se paralisaram os trabalhos de resgate que estavam sendo realizados em a capital para conferi as estruturas anteriormente lesadas por o sismo de terça-feira imediatamente após o sismo que estavam sendo realizados em a capital para conferi as estruturas anteriormente lesadas por o sismo que não chegaram a desabar, de terça-feira e adicionou. Puente em entrevista a uma emissora de TV local declarou: “Temos zonas bastante bem identificadas onde há construções com prejuízos, nestas construções com prejuízos é preciso ter bastante cuidado porque já estavam lesados e podem entrar em colapso”. Alejandro Murat declarou que ativaram-se os protocolos de segurança. Alejandro Murat é o governador de Oaxaca.

Leer Más

Número de mortes por sismo no México sobe para 91

Por: SentiLecto

– O forte sismo que atingiu o sul do México na noite de quinta-feira deixou ao menos 91 mortos, lesou dezenas de milhares de casas e afetou mais de dois milhões de pessoas em uma região pobre do país, declararam autoridades do governo, à medida que mais detalhes sobre oadcalamidadevieram à tona. O sismo de magnitude 8,1 na costa do Estado de Chiapas foi mais forte do que um sismo de 1985 que arruinou partes da Cidade do México e matou milhares de pessoas. Entretanto, sua profundidade maior e distância auxiliou a resgatar a capital de prejuízos mais graves. No sábado, autoridades no Estado de Oaxaca declararam que havia 71 mortes confirmadas na região, muitas na cidade de Juchitan, onde a pressa para sepultar vítimas lotou um cemitério local durante o final de semana. Outra morte foi confirmada no Estado vizinho de Chiapas na noite de domingo, aumentando o total de vítimas letais na região para 16, declarou um porta-voz dos serviços de emergência locais. Se registraram outras quatro mortes também em o Estado de Tabasco.

Leer Más

Terremoto mais forte no México em 85 anos mata dezenas de pessoas

Por: SentiLecto

JUCHITÁN, México – Pelo menos 60 pessoas faleceram quando o sismo mais forte a atingir o México em mais de oito décadas arrasou construções, obrigou retiradas em massa e disparou alertas até no sudeste da Ásia.

Leer Más

Número de mortes em sismo no México sobe para 26, declaram autoridades

Por: SentiLecto

– Um forte sismo que atingiu o México na noite de quinta-feira deixou ao menos 26 mortos, depois que o governador do Estado de Oaxaca declarou nesta sexta-feira, declararam autoridades, aumentando o número de vítimas letais que 20 pessoas haviam falecido na região. Alejandro Murat declarou que 17 das 20 mortes ocorreram na cidade de Juchitan. Alejandro Murat é o governador de Oaxaca.

Leer Más