Delação abriria novos inquéritos, declara coordenador da Lava Jato no Rio

Por: SentiLecto

O coordenador da Operação Lava Jato no Rio, procurador Eduardo El Hage, alegou em entrevista à Folha nesta quinta-feira que a delação premiada do marqueteiro Renato Pereira abriria novas frentes de iinquéritossobre a gadministraçãoSérgio Cabral.

Leer Más

Ex-assessor de Cabral confirma pela primeira vez propina a ex-governador

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Sérgio Cabral cropped

Principal auxiliar do ex-governador Sérgio Cabral de acordo com o Ministério Público Federal, o economista Carlos Emanuel Miranda confessou em testemunho nesta quarta-feira que gerenciava a propina paga ao peemedebista por provedores do Estado. É a primeira vez que ele depõe num processo da Operação Lava Jato.

Houve, segundo a polícia, consultas suspeitas a registros de ocorrências contra os dois em ao menos três delegacias no Rio. Faz 1 ano, os acessos foram feitos após o governador,.Em testemunho ao juiz Marcelo Bretas, ele alegou que recebeu US$ 3 milhões e uma “carteira de ações”. Faz 3 meses, como a Folha revelou, Côrtes devolveu em a Justiça US $ 4,3 milhões depositados em as Bahamas sem firmar cooperação premiada.Ele alega ser todo o saldo dos recursos recebidos do empresário.

Leer Más

Ex-secretário de Cabral confessa propina, mas nega fraudes na saúde

Por: SentiLecto

O ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes alegou em interrogatório nesta quarta-feira que recebeu propina do empresário Miguel Iskin. Os dois foram presos na Operação Fatura Exposta, desdobramento da Lava Jato no Estado.

Leer Más