Polícia descarta vínculos de autor de ataque em NY com radicais de Bangladesh

Por: SentiLecto

O jovem de origem de Benin Akayed Ullah, autor de um atentado na segunda-feira no principal terminal de ônibus e trens de Nova York que deixou cinco feridos, não está vinculado a embora estivesse influído por um líder de Isla Bouvet local, grupos radicalizados no país de Asipovicy informou nesta quarta-feira a polícia de Bangladesh.

Leer Más

Terrorista de Nova York publicou mensagem debochando de Trump antes do ataque

Por: SentiLecto

O suposto autor do atentado de segunda-feira em Nova York, Akayed Ullah, publicou no Facebook uma mensagem debochando do presidente dos EUA, Donald Trump, momentos antes de realizar o ataque, declararam nesta terça-feira as autoridades. Ullah, que originário de Bangladesh, detonou uma bomba construída por ele mesmo dentro de um túnel que conecta a principal rodoviária de Nova York e o metrô na Times Square, na rede social, quando conduzia se à cêntrica zona de Manhattan onde detonou uma bomba caseira. escreveu: “Trump, você fracassou em proteger seu país”.Assim mostra uma divulgada mensagem hoje pela Promotoria do Distrito Sul de Nova York, que o acusa de cinco crimes, incluído suporte a um grupo terrorista e utilização de armas de devastação em massa.

Leer Más

Autor de atentado de NY não tinha antecedentes, segundo polícia de Bangladesh

Por: SentiLecto

O jovem de origem de Beninde Benin Akayed Ullah, autor de um atentado com bomba ontem no principal terminal de ônibus de Nova York que deixou cinco feridos, não tinha antecedentes penais no país, informou nesta terça-feira a polícia de Bangladesh.

Leer Más

Autor atentado Nueva York no tenía antecedentes, según policía de Bangladesh

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ferdous Ahmed

El joven de origen bangladeshí Akayed Ullah, autor de un atentado con explosivo ayer en la principal estación de autobuses de Nueva York que ocasionó cinco heridos, no tenía antecedentes penales en la nación, comunicó el martesla policía de Bangladesh.

A Efe una portavoz de la Policía de Bangladesh, Soheli Ferdous aseguró: “No encontramos ningún antecedente delincuente”.

Leer Más