Acordos entre companhias sustentam bolsas europeias em alta

Por: SentiLecto

– Acordos entre companhias governaram a alta dos custos das ações na Europa nesta sexta-feira com a companhia de engenharia britânica GKN recusar uma oferta não requerida da adversária Melrose. Enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,31 por cento, o índice FTSEurofirst 300 subiu 0,23 por cento, a 1.568 pontos , a 398 pontos. Depois de recusar a oferta da Melrose, a GKN estabeleceu planos para se dividir em companhias aeroespaciais e automotivas. Com isso, as ações da GKN saltaram pouco mais de 26 por cento e impulsionavam os papéis do setor automotivo. Com uma ampliação de 0,3 por cento, essa alta ficou aquém do progressão de 2 por cento da semana de abertura de 2018, com o fortalecimento do euro e expectativas de que o Banco Central Europeu poderia diminuir seu estímulo mais cedo do que o esperado esfriando a euforia do ano novo, embora o STOXX tenha registrado sua segunda semana seguida de ganhos. Uma vez que dados econômicos sólidos alimentaram fluxo para as ações da região, no entanto, o índice conservou-se próximo das máximos de 2 anos e meio. Kering atingiu nível depois que o grupo de Francia de produtos de opulência anunciou planos de separar a marca alemã de esportes Puma, recorde para que os acionistas foquem em outras marcas mais sofisticadas. Enquanto a Kering ganhou somente 0,1 por cento, puma caiu perto de 6 por cento. O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,17 por cento, a 1.566 pontos. Em LONDRES, o índice Financial Times progrediu 0,20 por cento, a 7.778 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,32 por cento, a 13.245 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,52 por cento, a 5.517 pontos. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,53 por cento, a 23.429 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,26 por cento, a 10.462 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,37 por cento, a 5.623 pontos.

Leer Más

De llevarse a cabo, la venta de Yahoo podría realizarse a mitad de valor

Foto: Wikipedia – Jerry Yang and David Filo

Continúa el culebrón de la venta de Yahoo, y el último capítulo no tiene buenas noticias para la empresa. El gigante online tenía previsto poder lograr vender el núcleo de sus actividades por una cantidad de entre 4.000 y 8.000 millones de dólares, pero parece que las empresas pujantes no están dispuestas a alcanzar tales cifras.

Los ex-ejecutivo de Yahoo Dan Rosensweig, ahora en la empresa de educación Chegg, y Aunque ninguno de ellos mostró interés por volver a unirse a Yahoo, tim Cadogan, que ahora encabeza la plataforma de publicidad online OpenX, son dos de los consejeros del consorcio de Gilbert y Buffet si la operación se llevase a cabo.

Leer Más