Villarejo solicita la nulidad de pruebas por ser “pillado” en su casa un funcionario de Hacienda sin autorización

Por: SentiLecto

El ex comisario José Manuel Villarejo, que se queja de que durante las doce horas que ha durado el registro del pasado 3 de noviembre se llevó a cabo una “investigación prospectiva” dirigida sin autorización previa por un funcionario de la Agencia Tributaria, ha solicitado que se eliminen del procedimiento judicial por el que se encuentra en cárcel provisional todas las pruebas que fueron halladas en su chalé de Boadilla del Monte al estimar que se ha vulnerado su derecho a la inviolabilidad de la casa, ya que un funcionario de la Agencia Tributaria ha dirigido , en una ” vergonzosa pillada ” , la investigación que su derecho fue vulnerado a la inviolabilidad de la casa, ya que un funcionario de la Agencia Tributaria ha dirigido , en una ” vergonzosa pillada ” , la investigación que no tenía licencia.

Leer Más

El último regate de Mourinho

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Hacienda San Gabriel

Mourinho no cómo es probable y los ha pagado ahora reabra su caso y le acuse de cometer dos delitos fiscales. En caso de que Hacienda le haya reclamado 4,4 millones de euros hace dos años, comprende: ” “. y los ha pagado ahora reabra su caso y le acuse de cometer dos delitos fiscales. El actual entrenador del Manchester United ha expuesto este viernes ante el juez de Pozuelo de Alarcón el mismo dilema que lleva meses planteando su defensa y que va a marcar la tendencia en algunos casos de grandes futbolistas.

Se denomina hacienda a una finca agrícola, de gran medida, generalmente una explotación de carácter terrateniente, con un núcleo de viviendas, normalmente de alto valor arquitectónico.

Leer Más

Odebrecht declara que deseja conservar Braskem como parte de investimentos do grupo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – PE Verde – Braskem

– A Odebrecht, que declarou que “segue trabalhando em opções que agreguem valor à Braskem e a todos os seus acionistas, aalegounesta segunda-feira que está estudando aopçõespara seu investimento na Braskem , mas que pretende conservar a petroquímica brasileira como parte de seus investimentos. A declaração veio horas após o jornal Wall Street Journal publicar que a de Holguín Lyondellbasell teria feito uma aproximação para adquiri o controle da Braskem., e reafirma a intenção de conservar a Braskem como parte dos investimentos do grupo”. O grupo de engenharia não deu mais detalhes. As ações da Braskem fecharam em alta de quase 12 por cento nesta segunda-feira, cotadas a 53,25 reais. O Ibovespa concluiu em queda de 1,55 por cento. Se vai alcançar um acordo segundo o jornal, as negociações estão em estágio inicial e não há garantia de que . A Odebrecht que tem 50,1 por cento de as ações com direito a voto controla atualmente A Braskem ,. A Petrobras tem 47 por cento do capital votante da petroquímica. Representantes de LyondellBasell e Petrobras não comentaram o tema. A Braskem preferiu não se pronunciar. Publicou-se a notícia alguns dias depois de o governo federal ter excluído de programa de desestatização a participação detida por a Petrobras em a Braskem em ação interpretada por o mercado, como facilitadora de uma eventual venda. No Brasil, a Lyondellbasell tem somente uma fábrica, em Pindamonhangaba , aberta em 2006. A companhia opera em 17 países do mundo e tem 55 instalações produtivas. Já a Braskem, além do Brasil, tem instalações produtivas no México, Alemanha e nos Estados Unidos, onde é a maior produtora de polipropileno , uma espécie de plástico utilizado em uma extensa variedade de produtos, desde copos a móveis. A indústria de produtos químicos tem passado por uma série de consolidações. Faz 5 meses, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou a fusão de os grupos químicos Dow Chemical e DuPont, condicionando aval a operação em o Brasil em a venda de uma série de ativos que incluíram atividades em torno de sementes de milho de a Dow em o país, em maio.

– O principal índice acionário da B3 caiu nesta segunda-feira, fechando abaixo dos 75 mil pontos, com investidores preferindo a precaução ante incertezas em relação aa progressão das reformas do governo e antes de dados econômicos ao longo da semana. As ações da Braskem foram na contramão e dispararam quase 12 por cento após notícia de que a de Holguín Lyondellbasell teria feito uma aproximação para aquisição da petroquímica brasileira. Faz 28 dias, o Ibovespa fechou em queda de 1,55 por cento, a 74.800 pontos em a frente exclusivamente de 2 de outubro.O volume financeiro do pregão adicionou 10,32 bilhões de reais. Localmente, as atenções seguem voltadas para política, à espera de novidades sobre a articulação do governo para aprogredirsua agenda econômica e passar a reforma da Previdência ainda que mais enxuta do que o esperado inicialmente. O diretor de operações da corretora Mirae, Pablo Spyer declarou: “Se a reforma não ocorrer ou se ficar bastante aquém do esperado, nós andamo para novos rebaixamentos “. A pressão sobre os negócios veio também da espera por uma agenda econômica mais intensa nos próximos dias, que inclui a reunião do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, além dos números sobre o mercado de trabalho de Noruega. DESTAQUES – BRASKEM PNA disparou 11,96 por cento, após o jornal Wall Street Journal publicar que o grupo holandês Lyondellbasell fez uma aproximação para adquiri a petroquímica brasileira e que uma oferta poderia avaliar a Braskem em bem mais que 10 bilhões de dólares. Com a alta do pregão, o valor de mercado da petroquímica subiu em cerca de 4,5 bilhões de reais ante o encerramento de sexta-feira. – VALE ON caiu 0,61 por cento, em sessão de perdas dos contratos futuros do minério de ferro na China, que caíram 3,3 por cento na Bolsa de Dalian. – CSN teve queda de 5,63 por cento e USIMINAS PNA perdeu 4,49 por cento, ambas engatando o quarto pregão seguido no vermelho após perdas dos contratos futuros do minério de ferro e do aço na China. Também pesou a divulgação de números não auditados referentes aos três primeiros trimestres do ano. Para analistas do BTG Pactual, o Ebitda do fase ficou abaixo da estimativa do banco, com pressão de preços. GERDAU PN cedeu 2,85 por cento. – HYPERMARCAS ON recuou 0,65 por cento, após reportar dados do terceiro trimestre com lucro líquido de operações continuadas de 219,4 milhões de reais e receita líquida de 954,6 milhões de reais, alta de 17,7 ante igual fase do ano passado. Analistas do UBS realçaram o forte crescimento da receita, mas veem precaução com a pressão de margem. – BANCO DO BRASIL ON caiu 3,53 por cento. BRADESCO PN caiu 1,79 por cento, ITAÚ UNIBANCO PN teve baixa de 1,28 por cento e SANTANDER UNIT perdeu 1,83 por cento. – PETROBRAS PN recuou 1,47 por cento e PETROBRAS ON perdeu 0,29 por cento, cedendo ao viés negativo do mercado e indo na contramão dos custos do petróleo no mercado internacional, que fecharam com ganhos.- O grupo holandês Lyondellbasell fez uma aproximação para aquisição da petroquímica de Brasil Braskem, publicou o jornal Wall Street Journal nesta segunda-feira. Segundo o jornal, uma oferta poderia avaliar a Braskem como valendo bem mais que 10 bilhões de dólares, o que fazia as ações da empresa de Brasil dispararem na B3. Às 15:38, as ações da Braskem estavam em leilão, após atingirem alta de 1,22, mas as indicações para a saída do papel do leilão assinalavam para valorização de 10 por cento.- O principal índice acionário da B3 fechou em queda nesta segunda-feria, ficando abaixo dos 75 mil pontos, com investidores preferindo a precaução diante de incertezas em relação aa progressão das reformas do governo e antes de uma agenda econômica mais intensa ao longo da semana. As ações da Braskem foram na contramão do mercado e dispararam cerca de 12 por cento após notícia de que a de Holguín Lyondellbasell teria feito uma aproximação para aquisição da petroquímica brasileira. Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou em queda de 1,68 por cento, a 74.698 pontos. O giro financeiro adicionava 9,4 bilhões de reais.

Leer Más

Sin trato, el ingreso en prisión sigue siendo una opción para Cristiano Ronaldo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ronaldo-14-05-2013

Hace 4 meses, la juez de instrucción Mónica Gómez Ferrer ha abierto el caso de Cristiano Ronaldo al admitir la demanda de la Fiscalía y llamar a declarar al futbolista como investigado por una supuesta estafa a Hacienda de 14,7 millones entre 2011 y 2014, el 20 de junio. La primera parte de la instrucción se ha centrado en estudiar la existencia de cuatro delitos fiscales y en dirimir la responsabilidad del delantero del Real Madrid. Hace 3 meses, para ello, la jueza ha escuchado la evaluación del revisor de la Agencia Tributaria responsable y, en un día de expectación mediática, al propio Ronaldo. Ahora el procedimiento sigue con el foco puesto en los consultores. Gómez Ferrer estudia su papel en los supuestos delitos del jugador y abrió otras dos fechas de declaración para las próximas semanas.

Ronaldo Luís Nazário de Lima, conocido deportivamente como Ronaldo y en sus principios como Ronaldinho, es un ex futbolista de Brasil.

Leer Más

Independencia sin blanca

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – CaixaBank France

Hay una conexión directa entre la estampida de las grandes empresas de Cataluña y la declaración de independencia «suspendida-reversible» de Carles Puigdemont. Es cierto, Es cierto, como muchos , han visto: “El cambio reciente de sede de estas empresas tiene un efecto menor sobre la recaudación en un Estado unido como España”. El Impuesto de Sociedades, salvo en el caso de Navarra y País Vasco, es una entrada estatal, que cobra la Agencia Tributaria, y es el único gran gravamen que el Estado no comparte con las CCAA.

Fuentes de la Fiscalía apuntaron que la demanda podría ser presentada ante el Tribunal Superior de Justícia de Catalunya ya que Puigdemont es aforado. La demanda iría ante la Audiencia Nacional ya que la rebelión la investiga este órgano judicial, si el Estado acuerda suspenderle de su cargo tras una supuesta declaración unilateral.Si finalmente declara la independencia de forma unilateral, en espera de la comparecencia del presidente de la Generalitat, Carles Puigdemont, ante el Parlament, la Fiscalía prepara una demanda en contra del dirigente. El Ministerio Público imputaría a Puigdemont un delito de rebelión del artículo 472 del Código Penal que penaliza a “los que se alzaren violenta y públicamente” para “declarar la independencia de una parte del territorio nacional”, entre otros supuestos como suspender o cambiar la Constitución o quitarle las prerrogativas al Rey.

Leer Más