DilmaRousseffeMichelTemerem24denovembrode2015.jpg

‘Capital’ por um dia, Itu recebe com apatia passagem de Temer

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Dilma Rousseff e Michel Temer em 24 de novembro de 2015

“É sério? Mas o que ele vem fazer aqui gente?”, espantou-se o pizzaiolo João Batista ao escutar da reportagem que nesta quarta o presidente Michel Temer não só vai estar em Itu como vai fazer da cidade, simbolicamente, a capital brasileira durante as comemorações da Proclamação da República.

Michel Miguel Elias Temer Lulia é um político, advogado e escritor brasileiro, atual presidente brasileiro após o impeachment da titular, Dilma Rousseff.

Itu é um município do estado de São Paulo, no Brasil, situa-se na Região Metropolitana de Sorocaba, na Mesorregião Macro Metropolitana Paulista e na Microrregião de Sorocaba.

Após um passeio pelo centro da cidade, fica a impressão de que muitos ou ignoram, como João Batista, ou encaram com apatia a proeminente visita e seu inusual conseqüência simbólico.

A iniciativa tem somente uma significação simbólica e não se trata de uma mudança estrutural.

“Ninguém tá nem aí. Nenhum passageiro declarou nada sobre isso. Mudará alguma coisa para a cidade?”, conta o taxista Lairton Longui. “Gastarão uma nota nessa operação que só vai ir mesmo atrapalhar a vida de quem trabalhará no feriado. As ruas vão ficar interditadas, vai ser aquele caos”, completa.

Na tarde desta terça nada mencionava, de fato, a passagem presidencial marcada para o dia seguinte. Não há faixas de boas-vindas ou qualquer estrutura nas ruas para receber Temer.

A prefeitura alega que não houve tempo para divulgação ou preparativos.

“Nós fomos pegos de surpresa. Soubemos de tudo no fim de semana. Tivemos basicamente segunda e terça para coordenar tudo. Mas foi uma ótima surpresa, é claro,” declara o prefeito, Guilherme Gazzola .

A visita de Temer a Itu, na verdade, deve-se ao empresário e ex-vice presidente da Fiesp José Eduardo Bandeira de Mello, 78, amigo do presidente há mais de 50 anos. Os dois foram sócios num escritório de advocacia no início dos anos 1960.

Há poucos dias, num encontro em São Paulo, Bandeira de Mello declarou a Temer que receberia no dia 15 o título de cidadão ituano e que gostaria de contar com a presença dele na cerimônia.

“Então na mesma hora ele ligou para a secretária e declarou para marcar na agenda a viagem. Eu fiquei bastante surpreso com a rápida resolução dele”, declara Bandeira de Mello.

“Então aproveitei a chance e fiz uma outra sugestão ao presidente: por que ele não transferia a capital para cá no dia da República, já que a cidade teve tanto protagonismo histórico? Ele também topou imediatamente.”

Não é a primeira vez que se transfere a capital de o país simbolicamente. Faz 28 anos, então presidente interino Antônio Paes de Andrade a transportou para a sua cidade natal, Mombaça, em o sertão cearense, em 1989 o.

A previsão é que Temer chegue a Itu de helicóptero e desembarque no quartel da cidade às 10h. De lá vai seguir de carro para a prefeitura, onde acontecerá a homenagem.

Temer enviará na salinha do prefeito, vai receber amigos e autoridades e depois vai assistir à homenagem ao amigo num auditório com chabilidadepara 400 pessoas. Segundo a Prefeitura de Itu, vai deixar a cidade após a sessão. Calcula-se que cerca de cem pessoas da equipe do presidente estarão na cidade.

Protestos são dados como certos pelos organizadores em algum momento da programação.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Itu e Região, por exemplo, se reuniria na noite desta terça com lideranças locais de partidos de esquerda, como PT e PSOL, e outras organizações para combinar um ato conjunto contra o governo.

O prefeito alega: “Nós vivemos numa democracia, qualquer manifestação pacífica é lícita”. “Mas não se pode confundir a instituição da Presidência com questões de ordem política. Trata-se de um marco histórico. Apesar de toda a protagonismo de Itu na luta republicana, esta vai ser a primeira visita oficial de um presidente que recebemos.”

Faz 144 anos, um casarão em o centro de Itu acolheu a primeira convenção republicana de o país, em a qual se definiram as bases de um movimento que em 15 de novembro de 1889 colocaria fim em a Monarquia.O imóvel é hoje um bonito museu em memória à causa republicana. A despeito dessa herança histórica, Itu é hoje mais conhecida como a “cidade dos exageros”, por apresentar objetos em tamanho gigante.

“Alguns até falaram em ir queixar-se, em jogar ovo ou tomate. Mas está todo mundo tão decepcionado com o país, com tanta preguiça disso tudo, que a maioria simplesmente nem vai dar bola”, opina o aposentado Glisério Ramos.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

Cities: Itu, Sao Paulo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>’Capital’ por um dia, Itu recebe com apatia passagem de Temer
>>>>>Temer deve transferir a capital do Brasil para Itu no feriado – November 13, 2017 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 120 0 NONE 5 Eu: 1, (tacit) eu: 4
2 nós 40 0 NONE 5 (tacit) nós: 3, Nós: 2
3 cidade 0 0 NONE 5 sua cidade natal: 1, a cidade: 4
4 Bandeira de Mello 0 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Bandeira_de_Mello): 1, Bandeira_de_Mello: 2, ele (referent: Bandeira_de_Mello): 1
5 Itu 0 0 PLACE 4 (tacit) ele/ela (referent: Itu): 1, Itu: 3
6 Michel Temer 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: o presidente Michel_Temer): 1, Temer: 1, o presidente Michel_Temer: 1
7 homenagem 140 0 NONE 2 a homenagem: 2
8 Protestos 60 0 PERSON 2 Protestos: 1, (tacit) ele/ela (referent: Protestos): 1
9 João Batista 0 0 PERSON 2 o pizzaiolo João_Batista: 1, João_Batista: 1
10 Temer 0 0 ORGANIZATION 2 a Temer: 2