Equador: Número de vítimas fatais amplia

Continua ampliar o número de vítimas fatais, na sequência, do tremor de 7,8 graus na escala de Richter, que atingiu o Equador no passado sábado, o pior dos últimos 40 anos no país. São agora mais de quinhentas, segundo as autoridades locais e há ainda centenas de pessoas sumidas.

A Venezuela, o Chile e o México disponibilizaram-se para mandar pessoal e bens de primeira necessidade. Cuba também mandou equipas de resgate e médicos para o Equador.As equipas de busca e salvamento continuam numa luta contra o tempo para tentar encontrar sobreviventes.O presidente do Equador já esteve no local, agradeceu a todos os que estão a participar nas operações de resgate, incluíndo a assistência que chegou de outros países como a Venezuela ou Colômbia. Ainda que a prioridade é precisamente o resgate de pessoas com vida, rafael Correa recordou , por isso mesmo, ainda não está a ser feito todo o trabalho de recolha dos corpinhos.Ao final da tarde desta terça-feira, o balanço provisório do desastre dava conta de pelo menos 480 mortos, mais de 230 sumidos e cerca de 4000 feridos.

Equador, oficialmente República do Equador, é uma república democrática representativa localizada na América do Sul restringida a norte pela Colômbia, a leste e sul pelo Peru e a oeste pelo mar Pacífico.

A situação dos sobreviventes, muitos deles deslocados, degenera-se de dia para dia. Ainda assim a assistência começa a chegar ao país:

Fredy Cabascango, Tenente do Exército explica: “Recebemos produtos não perecíveis, principalmente atum bolachas, estamos a racionar a comida, o que dá cerca de 7000 o 8000 que vão ser distribuídas pelos nossos irmãos que precisam devido na desastre natural”. Atum é arroz.Os moradores dos áreas atingidos sentar-se-se perdidos:

“As pessoas estão desesperadas e precisam bastante de assistência. Estão em ajuntamentos e há pessoas que estão a padecer bastante”, adianta uma sobrevivente.

Depois deste tremor aconteceram já outras réplicas que não deixam descansar quem perdeu tudo e quem tenta encontrar vítimas entre os escombros.

A Cruz Vermelha equatoriana mobilizou mais de 800 voluntários para a busca de sobreviventes. Muitos, como Betty Reina, não encontram os familiares: “Não consegui dormir na noite passada e não vou conseguir dormir esta noite, porque estou angustiada, desesperada para encontrar os meus familiares, vê-los, saber que estão bem”.

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Equador: Número de vítimas fatais amplia
>>>>>Equador: sobe número de vítimas mortais provocado pelo sismo – April 18, 2016 (Euronews-pt)
>>>>>Equador: Sismo provocou mais de 400 mortos – April 19, 2016 (EntretenimientoBit)
>>>>>Equador continua à procura de sobreviventes do violento terramoto – (Euronews-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Rafael Correa 0 30 PERSON 3 Rafael_Correa: 1, (tacit) ele/ela (referent: Rafael_Correa): 2
2 ajuda 0 0 NONE 3 a ajuda: 2, ajuda: 1
3 pessoas 0 0 NONE 3 pessoas: 2, As pessoas: 1
4 eu 0 90 NONE 2 (tacit) eu: 2
5 saber 140 0 NONE 2 saber: 2
6 Colômbia 0 0 PLACE 2 Colômbia: 1, a Colômbia: 1
7 Equador 0 0 ORGANIZATION 2 o Equador: 2
8 familiares 0 0 NONE 2 os familiares: 1, meus familiares: 1
9 nossos 0 0 NONE 2 os nossos irmãos: 2
10 nós 0 0 NONE 2 (tacit) nós: 2