Extinção: A onda de 1,6 mil metros que pode ter auxiliado a aniquilar os dinossauros

Por: SentiLecto

Estes são links externos e vão abrir numa nova janela

Faz 1 ano, cientistas documentaram em as Ilhas Campbell, em a Nova Zelândia, a maior onda já registrada em o hemisfério sul em a história contemporânea, em maio de 2018.

Você consegue imaginar uma onda quase 70 vezes maior?

Há 65 milhões de anos, um asteroide de 14 quilômetros de diâmetro atingiu a Terra com consequências catastróficas.

O efeito abriu uma cratera de 180 quilômetros de diâmetro, cujo centro está localizado na atual Península de Yucatán, no México.

Conhecido como asteroide de Chicxulub, nome da cidade mais próxima à cratera, o corpo celeste seria parte de um asteroide mbastantemaior que, após uma colisão no espaço, se dividiu em vários fragmentos.

Entre outras coisas, ele pode ter auxiliado a aniquilar os dinossauros, que eram os vertebrados terrestres dominantes.

Agora, pesquisadores do Departamento de Ciências da Terra e Meio Ambiente da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, alegam que o asteroide também gerou um tsunami, culpada por uma devastação sem precedentes.

À medida que envelhecemos, os reflexos sexuais ficam mais lentos. Por isso, tardamo mais a chegar ao orgasmo. É mais fácil conseguir “chegar lá” num ambiente confortável, tranquilo e sem interrupções.

Na segunda-feira 31 de dezembro É difícil imaginar como bilhões de toneladas de pedra podiam de repente se comportar como um líquido, mas havia sido exatamente o que havia ocorrido quando um asteroide havia atingido a Terra há 66 milhões de anos.

Segundo a equipe de cientistas, o enorme efeito fez com que o asteroide afundasse a 1,5 mil metros de profundidade nos dez minutos que se seguiram à colisão.

A força um tsunami jamais visto.

Estima-se que a potência dele foi 29 mil vezes maior do que a do sismo e do subsequente tsunami que matou mais de 200 mil pessoas no Oceano Índico em 2004.

Apesar de mirar casais mais velhos, são úteis para pessoas de todas as idades, exibimo aqui uma lista com dicas facilmente aplicáveis, elaborada pela Escola de Medicina da Universidade Harvard, que.Equipamentos de filmagem colocados de maneira ilegal nesses espaços se tornaram um sério problema no país. Disseminam-se as imagens gravadas isso porque , normalmente registros de mulheres, depois em sites pornôs. Faz 2 anos, somente um relatório assinalou 6 mil casos de pessoas gravadas sem autorização.Final de YouTube post de BBC News Brasil

Por meio de uma simulação, os pesquisadores deduziram que o efeito do asteroide Chicxulub gerou uma onda de 1,6 mil metros de altura – quatro vezes maior que o Empire State Building, em Nova York.

Nos primeiros metros, o tsunami chegou a alcançar velocidades superiores a 140 quilômetros por hora, segundo os cientistas.

Essa onda gigante inicial gerou centenas de réplicas menores que percorreram boa parte do planeta em alta velocidade.

Nas primeiras 24 horas, os conseqüência do efeito do tsunami se estenderam do Golfo do México ao Atlântico.

Molly Range ao site de notícias científicas Live Science alegou: “Se o viu como jamais em a história contemporânea, o asteroide Chicxulub provocou um enorme tsunami”. Molly Range é principal pesquisadora do projeto.

“Só no começo deste projeto que me dei conta da escala real do tsunami”.

Com certeza, um divisor de águas para o nosso planeta.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no ? Inscreva-se no nosso canal!

Final de YouTube post de BBC News Brasil

Final de YouTube post 3 de BBC News Brasil

Fonte: BBCBrasil-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Mexico, United States, United Kingdom

Cities: Mexico, York

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Extinção: A onda de 1,6 mil metros que pode ter auxiliado a aniquilar os dinossauros
>>>>>As 11 dicas de Harvard para melhorar sua vida sexual – (BBCBrasil-pt)
>>>>>Fundadora de site pornô que divulgava vídeos de câmera escondida é presa na Coreia do Sul – (BBCBrasil-pt)
>>>>>Mal de Parkinson: o marcapasso cerebral que promete acabar com tremores e convulsões causados pela doença – (BBCBrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 tsunami 0 100 NONE 5 o tsunami: 1, um tsunami: 1, um enorme tsunami: 1, o subsequente tsunami: 2
2 eu 80 0 NONE 4 (tacit) eu: 3, me: 1
3 nós 15 30 NONE 3 (tacit) nós: 3
4 onda 0 0 NONE 3 a maior onda: 1, uma onda: 1, Essa onda gigante inicial: 1
5 vezes 0 0 NONE 3 29_mil vezes maior: 1, vezes maior: 1, quatro vezes maior: 1
6 asteroide 0 50 ORGANIZATION 2 o asteroide: 2
7 centenas de réplicas menores 0 40 NONE 2 centenas de réplicas menores: 2
8 história 160 0 NONE 2 a história moderna: 2
9 Final de YouTube 0 0 PERSON 2 Final_de_YouTube post de BBC_News_Brasil: 2
10 O asteroide Chicxulub 0 0 OTHER 2 (tacit) ele (referent: O asteroide Chicxulub): 1, O asteroide Chicxulub: 1