Governo diminui crise da carne e rebate argumentos técnicos da PF

AckergerC3A4t.jpg

Foto: Wikipedia – Ackergerät

O ministro Blairo Maggi criticou a PF por “erros técnicos” cometidos na Operação Carne Fraca, que levou o presidente Temer a convidar uma reunião de emergência no Palácio do Planalto neste domingo .

Temer deseja elucidar todos os pontos da operação e mostrar que o país satisfaz os mais aumentados normas de controle fitossanitário.

Na quinta-feira 09 de março o governo Michel Temer estava concluindo os planos para facilitar a venda de terras a estrangeiros no Brasil e atrair investimentos para o agronegócio.

O ministro questionou o diretor da PF, Leandro Daiello, pela condução do inquérito. Se as permite em a verdade, segundo Maggi, a polícia considerou que alguns frigoríficos adotaram práticas proibidas e por a regulamentação de o setor.

Maggi é uma marca de sopas instantâneas, cubos de sopa, ketchups, molhos, temperos e macarrão instantâneo da Nestlé.

Se deram as declarações depois de o encontro que reuniu ministros, secretários, associações de produtores e exportadores e de os 33 embaixadores de países que mais importam carnes de o Brasil.

O governo tentou diminuir o caso e rebater os argumentos técnicos da PF. Três pontos foram contestados: a utilização de ácido considerado cancerígena na mistura de alimentos, o uso de papelão em lotes de frango e de carne de cabeça de suíno.

“Está claro no áudio [das conversas dos investigados] que estão falando de embalagens, e não de mesclar papelão na carne”, declarou o ministro. “Senão, é uma tolice para declarar a verdade. Uma tolice é uma insanidade. As companhias de Brasil investiram alguns milhões de dólares, há mais de dez anos, para consolidar mercado, e aí você pega uma companhia que é exportadora e vai declarar que mesclou papelão na carne? Pela afeição de Deus. Não dá para aceitar.”

Maggi alegou que “está escrito na norma” que a carne de cabeça de suíno pode ser usada”. Também alegou que o ácido ascórbico, divulgado como cancerígeno, “é vitamina C e pode ser usado em processos”.

Procurada, a PF não havia se pronunciado até a finalização desta edição.

“A narrativa nos leva até a instituir fantasias. Não estou declarando que não tenha sentido a inquérito. Fiquem tranquilos”, é porque a gente conhece a maior parte do nosso sistema, 99% dos produtores de alimentos fazem as coisas certas”, declarou o ministro, quando estamos falando “.

Agricultura é o conjunto de métodos utilizados para cultivar plantas com o objetivo de obter alimentos, bebidas, fibras, energia, matéria-prima para roupas, construções, remédios, ferramentas, ou somente para meditação estética.

Para evitar “ruídos” dessa espécie, a Agricultura instituiu uma força-tarefa que submeteu os 21 frigoríficos investigados a um “regime especial de fiscalização”. Esse grupo também vai participar da condução da investigação pela PF.

Temer anunciou a criação da força-tarefa para os embaixadores e exibiu números do setor na tentativa de aliviar-los. EUA e União Europeia já tinham pedido de explicações ao Ministério da Agricultura na sexta .

Em posse de um relatório preparado pelo Ministério da Agricultura no sábado , o presidente alegou que o Brasil tem 4.837 frigoríficos sujeitas à fiscalização e só 21 estão sob iinquérito “Isso é um mínimo sobre o tanto de plantas frigoríficas em nosso país,” declarou Temer.

Fora de conformidade “, se as consideraram ainda segundo o presidente de as 853 mil partidas de exportações de carnes brasileiro, em o ano passado, exclusivamente 184 por os importadores “.

Quando descobriram, em 2000, o Brasil teve problemas parecidos -se casos de febre aftosa. As exportações chegaram a ser suspensas parra a UE.Mudar a data de vencimento de carnes estragadas, maquiar seu aspecto ou utilizar químicos para mascarar seu mau cheiro – até mesmo em produtos utilizados na merenda escolar.O convite foi feito durante reunião no Palácio do Planalto neste domingo para elucidar que não há risco sanitário no produto nacional.

Temer ainda que exclusivamente 33 funcionários estão sendo investigados por envolvimento no caso, considerou. “Não é o sistema de defesa agropecuária que está sendo investigado, mas alguns poucos desvios, de alguns poucos funcionários, de algumas poucas companhias”, declarou.

O governo só pagou a conta dos embaixadores . Temer tomou caipirinha, comeu alcatra, fraldinha, linguiça, cordeiro e picanha. Em tom de brincadeira, perguntou a origem das carnes. Todas eram nacionais.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: United States, Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Governo diminui crise da carne e rebate argumentos técnicos da PF
>>>>>Temer convoca reunião para discutir impactos da crise da carne – March 18, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>No exterior, novas investigações se misturam a greve geral contra Temer – March 16, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Do desmatamento à zika, atenção a problemas do país volta ‘rugindo’ – March 13, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Guerra de reportagem entre ‘NYT’ e ‘WP’ chega agora a Hollywood – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Carne vencida e mascarada com produtos cancerígenos: o escândalo que atinge as maiores empresas do Brasil – (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>Palácio do Planalto considera Operação Carne Fraca um estardalhaço por fraudes localizadas – March 18, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Jornais internacionais repercutem escândalo da carne no Brasil – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>BRF afirma que cumpre normas e assegura qualidade de produtos – March 17, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>JBS nega irregularidades e diz repudiar qualquer adulteração de produtos – March 17, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>Temer cria força-tarefa e convida embaixadores para churrascaria – March 19, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Questionado, Temer não comenta sobre ministros em lista de Janot – March 16, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Divulgação parcial da lista de Janot pega Temer de surpresa – March 15, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Lava Jato é ‘oportunidade ímpar’ para limpar o processo político, diz Janot – March 15, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>BBC Brasil responderá a pergunta de leitor sobre personagem da Lava Jato; participe – March 10, 2017 (BBCBrasil-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Janot prepara lista para investigar políticos; veja os próximos passos – March 13, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>”Lista de Janot” amplia o impacto e o alcance da versão de 2015 – March 14, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Odebrecht tenta evitar a divulgação de vídeos de delações da Lava Jato – March 10, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Até quando políticos citados em delações vão comandar o país, pergunta leitor – March 06, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ministro do TSE quer documentos que comprovam teor das delações – March 08, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Ministro da Indústria é alvo de pedido de inquérito de Janot – March 16, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>STF autoriza inquérito para apurar se Padilha cometeu crime ambiental – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Leilão de aeroportos mostra que país recuperou credibilidade, diz Temer – March 16, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Anac habilita empresas que se apresentaram em leilão de aeroportos – March 16, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Secretário do PPI diz ter certeza de haverá concorrência por aeroportos – March 13, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Três grupos disputam os quatro aeroportos em leilão nesta quinta – (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 80 NONE 9 (tacit) eu: 9
2 Maggi 40 0 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: Maggi): 3, Maggi: 3
3 Agricultura 0 0 ORGANIZATION 5 Agricultura: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Agricultura): 3, a Agricultura: 1
4 o Brasil 0 80 PLACE 3 o Brasil: 3
5 PF 0 60 ORGANIZATION 3 a PF: 3
6 Blairo Maggi 0 50 PERSON 3 O ministro Blairo_Maggi: 1, (tacit) ele/ela (referent: O ministro Blairo_Maggi): 2
7 frigoríficos 0 40 NONE 3 os 21 frigoríficos investigados: 1, 4.837 frigoríficos sujeitas: 1, alguns frigoríficos: 1
8 Michel Temer 0 0 PERSON 3 o presidente Temer: 1, Temer: 1, o governo Michel_Temer: 1
9 ministro 0 0 NONE 3 O ministro: 1, o ministro: 2
10 carnes 0 80 NONE 2 carnes estragadas: 1, carnes: 1