Ministério Público acusa 60 pessoas atingidas pela Operação Carne Fraca

Por: SentiLecto

O Ministério Público Federal do Paraná exibiu nesta quinta à Justiça Federal no Estado cinco dacusaçõescriminais contra 60 envolvidos na Operação Carne Fraca, que revelou um esquema de fabastecimentode produtos alimentícios amodificadosou adulterados com a participação de empresários e fiscais do Ministério da Agricultura.

O Ministério Público Federal acusou os delatados por crimes de corrupção passiva , corrupção ativa , corrupção passiva privilegiada , prevaricação , concussão , violação de sigilo funcional , peculato , organização criminosa e advocacia administrativa.

O Ministério Público Federal do Brasil faz parte do Ministério Público da União, que o Ministério Público do Trabalho também compõe ele , por o Ministério Público Militar e por o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

As denúncias assinalam que o esquema no Paraná era comandado pelo ex-superintendente federal do Ministério da Agricultura no Paraná Daniel Gonçalves Filho e pela chefe do Setor de Inspeção de Produtos de Origem Animal, Maria do Rocio Nascimento.

Outros fiscais agropecuários participavam das anormalidades e conservavam contato direto com a dupla, que, segundo o MPF, liderava a quadrilha. Da mesma maneira, representantes das companhias envolvidas atuavam de tal forma a conservar o funcionamento do esquema.

Na emitiram-se os certificados de exportação sua vez, em a mesma unidade, , segundo a auditoria, antes mesmo de a fiscalização, e “não refletem a realidade do abatedouro”.A Folha tenta contato com os advogados dos demais indiciados neste domingo .

Na quarta-feira 29 de março o custo da arroba do boi gordo no mercado do Estado de São Paulo, importante referência nacional, estava sendo negociado no menor nível desde 18 de agosto de 2015, com efeito da operação Carne Fraca, que havia resultado em embargos ao produto de Brasil e havia afastado muitos frigoríficos das negociações.

Todos os investigados, até o momento, negaram anormalidades.

As acusações assinalam uma série de desvios funcionais praticados por fiscais e práticas ilícitas de empresários do ramo frigorífico.

Entre as anormalidades, estão a comercialização de certificados sanitários e pagamento de propina a fiscais e agentes de inspeção para que algumas companhias continuassem atuando às margens da ilegalidade; a transferência de funcionários do órgão para outras unidades de atuação para atender ao interesse de inspecionar; solicitação, promessa, recebimento e pagamento de benefícios indevidos.

As denúncias pedem ainda a decretação de perda das posições públicas de todos os funcionários públicos federais, confisco do produto direto e indireto da prática delituosa dos envolvidos e fixação de valor mínimo de conserto de prejuízos.

Faz 1 mês, a deflagração de a operação levou vários países a interromper as importações de carne de o Brasil provisoriamente.

Recomeçada

A JBS, maior processadora de carne bovina do mundo, recomeçará a partir de segunda-feira as operações em seis das dez unidades de abate de bovinos no Brasil que estão em férias coletivas.

A companhia declarou: “As outras quatro unidades voltarão a operar em 2 de maio em razão de reformas, ajustes operacionais e modernização de equipamentos”.

As unidades que voltam a operar no dia 24 são Nova Andradina , Senador Canedo , Alta Floresta , Juína , Pedra Preta e Tucumã . Em 2 de maio, voltam a operar Lins , Anastácio , Naviraí e Diamantino .

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Argentina, Brazil

Cities: Parana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ministério Público acusa 60 pessoas atingidas pela Operação Carne Fraca
>>>>>Polícia Federal indicia 63 pessoas na Operação Carne Fraca – April 16, 2017 (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 acusações 0 180 NONE 4 As acusações: 2, cinco denúncias criminais: 1, As denúncias: 1
2 irregularidades 0 180 NONE 3 as irregularidades: 2, irregularidades: 1
3 unidades 0 0 NONE 3 unidades: 1, As unidades: 2
4 corrupção 30 170 NONE 2 corrupção ativa: 1, corrupção passiva: 1
5 contato 80 0 NONE 2 contato direto: 1, contato: 1
6 Maria Rocio do Nascimento 0 0 PERSON 2 Maria_do_Rocio_Nascimento: 1, (tacit) ele/ela (referent: Maria_do_Rocio_Nascimento): 1
7 Ministério Público Federal do Brasil 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele (referent: O Ministério_Público_Federal_do_Brasil): 1, O Ministério_Público_Federal_do_Brasil: 1
8 Operação Carne Fraca 0 0 ORGANIZATION 2 a Operação_Carne_Fraca: 2
9 fiscais 0 0 NONE 2 fiscais: 2
10 mesma 0 0 NONE 2 a mesma: 2