Governo de Espanha declara que vai recorrer de votação não presencial de Puigdemont

Por: SentiLecto

O governo espanhol vai atuar “imediatamente” e “sem nenhuma hesitação” contra qualquer espécie de “manobra” para reeleger o ex-presidente do Executivo da Catalunha, Carles Puigdemont, sem que o mesmo esteja presente no parlamento regional, garantiu nesta sexta-feira o porta-voz governamental Íñigo Méndez de Vigo, que alegou que a chance de Puigdemont ser reeleito sem estar presente é “uma falácia” e uma “ambição irrealizável”. , pois viola qualquer normativa jurídica, e também “desdiz o bom senso”.

O acordo ocorreu na noite de terça-feira, em uma reunião festejada entre Marta Rovira, dirigente da Esquerda Republicana da Catalunha , e o próprio Puigdemont, em nome da aliança Juntos pela Catalunha , informaram nesta quarta, fontes dos dois grupos de soberania.A intenção de Puigdemont é regressar para a Espanha – onde tem um mandado de prisão contra ele – uma vez já tenha sido investido.

Na sábado 30 de dezembro Mariano Rajoy havia pedido união diante da formação de um novo parlamento na Catalunha, culpada por eleger um novo presidente da regional a partir do próximo dia 17 de janeiro. Mariano Rajoy é o presidente do governo espanhol.

Puigdemont tentará ser reeleito presidente do governo catalão, mas ele está em Bruxelas para não responder à Justiça espanhola, que o investiga pelo suposto crime de rmotime outros dtransgressões devido à sua participação no processo de independência dessa região espanhola.

Por isso, o líder independentista pretende ser reeleito remotamente, por via telemática. Caso isto ocorra, no entanto o governo central em Madri está preparado para recorrer imediatamente, ao considerar que há razões jurídicas que determinam que a posse do presidente seja presencial e que o candidato “deve falar da tribuna ou de sua cadeira, não de uma tela”.

Faz 1 dia, um relatório de o governo de Espanha exibido deduziu que não cabe a posse de nenhum presidente por via telemática, sem que o mesmo esteja presente em o parlamento.

Os partidos catalães opostos à independência também anunciaram que rvão recorrerà Justiça se houver uma elvotaçãotelemática”.

Como opção, o grupo JxCat , pelo qual Puigdemont se exibiu como candidato, está estudando a chance de exibi no parlamento um discurso escrito do candidato no mesmo dia do discussão de sua posse.

A Mesa do Parlamento que vai ter maioria independentista , de a discussão vai decidir o formato , já que os dois principais grupos de esta tendência , conseguiram 66 de os 135 cadeiras em as votações de 21 de dezembro.

JxCat e ERC não têm maioria absoluta na Câmara e por isso precisam do suporte dos quatro deputados da CUP e da presença de todos os seus políticos é vital para desenvolver as propostas.Fontes do JxC explicaram hoje que o fato de os dois deputados eleitos que estão em Bruxelas não terem exibido suas credenciais não significa que tenham abdicado a suas cadeiras, já que eles têm como prazo até o dia 17 de janeiro, data em que vai constituir-se a Câmara oficialmente.

Hoje, o deputado eleito do JxCat e ex-conselheiro da presidência do governo destituído de Puigdemont, Jordi Turull, defendeu que a Lei da Presidência da Generalitat permite a utilização de meios telemáticos para que o Executivo satisfaça suas funções mesmo que esteja no exterior.

Todos esses movimentos ocorrem cinco dias antes da constituição do parlamento catalão.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Governo de Espanha declara que vai recorrer de votação não presencial de Puigdemont
>>>>>Puigdemont pactua com republicanos da ERC tentando reassumir presidência da Catalunha – (EfeGeneric)
>>>>>Governo espanhol rejeita posse por teleconferência que Puigdemont deseja – (EfeGeneric)
>>>>>Puigdemont já está credenciado como deputado no parlamento da Catalunha – January 09, 2018 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 160 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
2 JxCat e ERC 0 30 PERSON 5 eles (referent: JxCat e ERC): 1, (tacit) eles/elas (referent: JxCat e ERC): 3, JxCat e ERC: 1
3 Puigdemont 8 0 PERSON 4 Puigdemont: 2, ele (referent: o próprio Puigdemont): 1, o próprio Puigdemont: 1
4 parlamento 0 0 NONE 3 o parlamento regional: 1, o parlamento: 1, o parlamento catalão: 1
5 razões 120 0 NONE 2 razões jurídicas: 2
6 Câmara 0 0 ORGANIZATION 2 a Câmara: 2
7 JxCat 0 0 ORGANIZATION 2 o grupo JxCat: 2
8 Mesa do Parlamento 0 0 ORGANIZATION 2 a Mesa_do_Parlamento: 2
9 cadeiras 0 0 NONE 2 cadeiras: 2
10 maioria 0 0 NONE 2 maioria independentista: 1, maioria absoluta: 1