Reino Unido declara lamentar papel em leis discriminatórias contra gays em ex-colônias

Por: SentiLecto

A primeira-ministra britânica, Theresa May, declarou nesta terça-feira que lamenta o papel do Reino Unido na formulação de leis discriminatórias contra gays em suas ex-colônias, procurando responder críticas da Comunidade Britânica durante uma reunião da entidade em Londres. May, que abordou uma extensa gama de questões humanitárias e ambientais, inclusive leis que proíbem relações homossexuais em 37 de seus 53 países-membros, está tentando revigorar a Commonwealth, uma rede de 53 países que em sua maioria foram colônias britânicas, no momento em que o Reino Unido estuda novas formas de projetar sua influência no mundo e se estabelecer como líder do livre comércio após sua desfiliação da União Europeia.

O interesse nacional de o Reino Unido de governar ataques aéreos contra a Síria Theresa May , a o Parlamento em esta tomou a resolução de o país e não como resultado de pressão exercida por o presidente de os Estados Unidos , Donald Trump , declarou a primeira-ministra britânica , segunda-feira.

Na desde que havia, quinta-feira 05 de abril Yulia Skripal havia feito sua primeira observação pública sido envenenada no Reino Unido no mês passado juntamente com seu pai e ex-agente de Rusia Sergei, declarando que “o episódio todo era algo desconcertante”.

“Estou bem ciente de que meu próprio país muitas vezes adotou estas leis. Elas estavam erradas à época e estão erradas agora”, ddeclarou “Como primeira-ministra do Reino Unido, lamento profundamente tanto o fato de tais leis terem sido adotadas quanto a herança de discriminação, violência e até morte que persiste hoje”.

O domo também tem sido marcada por uma admissão oficial de que o governo britânico tratou imigrantes que chegaram de países do Caribe mais de 50 anos atrás de forma “assombrosa”, identificando-os erroneamente como imigrantes ilegais.

Falando ao lado de May, o premiê jamaicano, Andrew Holness, provocou uma reação entusiasmada da plateia ao exortar sua colega a reagir prontamente à questão.

Declarou: “É uma questão de justiça”. “Isso vai levar segurança, certamente para aqueles que foram afetados, e é a espécie de prosperidade inclusiva que defendemos como povos da Commonwealth”.

A própria May pediu desculpas pelo tratamento brutal da chamada “Geração Windrush”, cujos pais foram convidados a ir para o Reino Unido para compensar a falta de mão de obra após a Segunda Guerra Mundial e que um endurecimento mais tarde prejudicou eles de as normas imigratórias em 2012 , quando May era ministra do Interior.

“Nós não fizemos isso porque o presidente Trump nos pediu, nós fizemos porque acreditamos que era a coisa certa a fazer, e não estamos sozinhos. Há extenso suporte internacional para a ação que tomamos”, declarou May.

Em esta terça-feira, líderes de quase todos seus integrantes serão reunidos para discuti o futuro de a comunidade e tentar combinar metas para comércio, meio ambiente e desenvolvimento.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United Kingdom

Cities: London

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Reino Unido declara lamentar papel em leis discriminatórias contra gays em ex-colônias
>>>>>Ataques contra a Síria foram realizados por interesse do Reino Unido não a pedido de Trump, diz May – April 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Reino Unido determina que submarinos se aproximem da Síria para possíveis ataques de mísseis – April 11, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>May, Trump e Macron dizem: mundo precisa dar resposta sobre suposto ataque químico na Síria – April 10, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>May classifica de “barbárie” o suposto ataque químico na Síria – April 09, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Rússia diz que denúncias de ataque químico visam justificar invasão à Síria – April 08, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Londres pede investigação urgente de suposto uso de armas químicas na Síria – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Embaixador russo pede “transparência” a Londres sobre ataque a ex-espião – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>França diz que reagirá se for provado que Síria cruzou ‘linha vermelha’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA avaliam reação militar multinacional a ataque químico na Síria, dizem fontes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ministros britânicos concordam com necessidade de impedir uso de armas químicas na Síria – April 12, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>UE pede resposta por ‘ainda outro ataque químico’ na Síria – April 08, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>França, Alemanha, EUA e Reino Unido condenam ataques químicos na Síria – April 04, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA pedem à Rússia que retire apoio a Assad após suposto ataque químico – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Sede do Crescente Vermelho em Duma é fechada por ofensiva governamental síria – April 08, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Rússia nega uso de armas químicas em ofensiva governamental contra Duma – April 08, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Forças pró-Assad invadem arredores de último reduto rebelde de Ghouta – April 06, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Rússia acusa facção de violar acordo de evacuação de Duma – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>Secretário de Defesa dos EUA não descarta ‘nada’ após suposto ataque de gás na Síria – April 09, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Reino Unido diz que May e Trump trabalharão juntos em resposta a armas químicas da Síria – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 0 0 NONE 7 nos: 1, Nós: 1, nós: 1, (tacit) nós: 4
2 May 0 0 PERSON 5 May: 4, A própria May: 1
3 estas leis 0 90 NONE 3 Elas (referent: estas leis): 1, (tacit) eles/elas (referent: estas leis): 2
4 imigrantes 0 80 NONE 3 imigrantes ilegais: 1, imigrantes: 2
5 leis 0 0 NONE 3 leis: 2, estas leis: 1
6 era 0 30 NONE 2 era algo desconcertante: 1, era: 1
7 o tipo de prosperidade inclusiva 160 0 NONE 2 o tipo de prosperidade inclusiva: 2
8 eu 60 0 NONE 2 (tacit) eu: 2
9 Andrew Holness 0 0 PERSON 2 Andrew_Holness: 1, (tacit) ele/ela (referent: Andrew_Holness): 1
10 Donald Trump 0 0 PERSON 2 Donald_Trump: 1, o presidente Trump: 1