Se interroga Lee ex-presidente de Sullana a respeito de denúncias de corrupção

Por: SentiLecto

Quando estava em a posição, interrogou-se O ex-presidente de Sullana Lee Myung-bak para lhe o ex-presidente sul-coreano Lee Myung-bak, que abriu percurso entre as centenas de repórteres que aguardavam diante da Procuradoria-Geral para lhe fazer questões a respeito de o escândalo de corrupção de alto escalão mais recente a abalar o país, em esta quarta-feira para responder alegações de que recebeu subornos sobre sua família depois de meses de inquéritos e conhecidos derivadas de as denúncias de corrupção.

“Estou diante de vocês hoje com um coração trágico. Ofereço minhas desculpas mais sinceras ao povo por provocar preocupações em um momento no qual a economia está em obstáculos e a situação na península coreana é grave”, declarou Lee.

“Tenho bastante a declarar como ex-presidente, mas estou sempre declarando a mim mesmo que teria que evitar declarar bastante”, adicionou.

No mês passado, os procuradores pediram uma pena de 30 anos de prisão para a ex-presidente Park Geun-hye que padeceu um impeachment no ano passado devido a um escândalo de tráfico de influência e está sendo julgada por denúncias de aceitação de suborno, abuso de poder e coerção. Ex-presidente Park Geun-hye é a sucessora de Lee.

Na antes que ela possa ser enviad, sua vez, com a solicitação aprovada pelo Poder Judiciário, o governo de Peru tem que ratificá-la em Conselho de Ministros a, através da Chancelaria, ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos para conseguir a repatriação de Toledo e colocá-lo à disposição da Justiçade Perua.A Sala Penal Permanente votou de maneira unânime em favor da solicitação exibida pelo juiz Richard Concepción Carhuancho pelos supostos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e conluio, de acordo com a determinação publicada no site do Poder Judiciário.

Na terça-feira 06 de março procuradores sul-coreanos haviam intimado o ex-presidente do país Lee Myung-bak a prestar testemunho sobre alegações de que enquanto estava no poder, teria recebido suborno, havia declarado um procurador nesta terça-feira, no mais recente escândalo de corrupção a abalar a Coreia do Sul.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Se interroga Lee ex-presidente de Sullana a respeito de denúncias de corrupção
>>>>>Suprema Corte do Peru aprova pedido de extradição de ex-presidente Toledo – March 13, 2018 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 0 NONE 7 (tacit) eu: 6, mim: 1
2 Lee Myung-bak 0 0 PERSON 5 Lee_Myung-bak: 1, (tacit) ele/ela (referent: O ex-presidente sul-coreano Lee_Myung-bak para lhe): 2, O ex-presidente sul-coreano Lee_Myung-bak para lhe: 1, Lee: 1
3 alegações 0 0 NONE 2 alegações: 2
4 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
5 solicitação 0 0 NONE 2 a solicitação aprovada: 1, solicitação apresentada: 1
6 vocês 0 180 NONE 1 vocês: 1
7 os supostos crimes de tráfico de influência 0 160 NONE 1 os supostos crimes de tráfico de influência: 1
8 fazer perguntas a respeito de o escândalo de corrupção de alto escalão mais recente a abalar o país 130 130 NONE 1 fazer perguntas a respeito de o escândalo de corrupção de alto escalão mais recente a abalar o país: 1
9 mais recente escândalo de corrupção 0 130 NONE 1 mais recente escândalo de corrupção: 1
10 um coração trágico 0 90 NONE 1 um coração trágico: 1