Dinamarca chama embaixador para consultas e acusa Irã de planejar atentado

Por: SentiLecto

O governo dinamarquês chamou para consultas nesta terça-feira seu embaixador em Teerã horas depois de acusar a inteligência iraniana de preparar um atentado em território dinamarquês contra inimigos ao regime do Irã.

O ministro de as Relações Exteriores realizou em entrevista coletiva o anúncio dinamarquês , Anders Samuelsen , que admitiu que se trata de um passo ” incomum ” e realçou a protagonismo de mandar um sinal ” claro ” diante de algo que qualificou como ” totalmente inadmissível “.

A embaixadora de Iran em Copenhague tinha sido convidada antes à sede de Relações Exteriores na capital dde Dinamarcapara pqueixar-sepelo que a Dinamarca considera uma operação da inteligência ide Iran

Um porta-voz de Teerã negou as denúncias em um e-mail mandado à emissora de tTVpública dinamarquesa “DR”, acentuando-as de “exemplo” de “uma série de ccomplôse planos para tentar darruinar o Irã, ao mesmo tempo em que revidenciouaoiprotagonismode mconservarboas relações com a União Europeia .

Samuelsen garantiu: “É o governo de Iran o que está por trás, o Estado de Iran”.

Lars Løkke Rasmussen adicionou na sua conta no Twitter que “mais ações contra o Irã serão debatidas no seio da UE”. Lars Løkke Rasmussen é o primeiro-ministro de Dinamarca.

Os Estados Unidos se retiraram este ano do acordo nuclear com o Irã e voltaram a impor as sanções que tinham sido suprimidas, enquanto as outras cinco potências seguem respaldando o convênio.

Antes que uma operação policial realizada no mês passado em todo o país estava vinculada com uma suposta tentativa de atentado e que deteve, a polícia dinamarquesa tinha informado horas -se um norueguês de origem iraniana em ela .

O chefe dos serviços secretos de Dinamarca , Finn Borch Andersen declarou: “É um caso que trata sobre atividade de inteligência de Iran, que acreditamos que planejava um atentado na Dinamarca”.

Os alvos do atentado eram cidadãos do Irã que habitam em Ringsted, ao sudoeste de Copenhague, e pertencem ao Movimento de Luta Árabe para a Libertação de Ahvaz , um grupo separatista de Iran.

O ASMLA deseja um Estado separado para árabes étnicos do Khuzistão, província produtora de petróleo do sudoeste do Irã.

A polícia de Dinamarcade Dinamarca, que contou com a assistência dos serviços de inteligência da Suécia e da Noruega, considera que o risco de um atentado continua ativo.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Denmark, United States, Norway

Cities: Ringsted

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Dinamarca chama embaixador para consultas e acusa Irã de planejar atentado
>>>>>Dinamarca diz suspeitar de tentativa de ataque do serviço de inteligência do Irã – October 30, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Dinamarca acusa Inteligência iraniana de planejar atentado em seu território – October 30, 2018 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 polícia 160 0 NONE 3 A polícia dinamarquesa: 3
2 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
3 sanções 0 80 NONE 2 as sanções: 2
4 Anders Samuelsen 0 72 PERSON 2 Anders_Samuelsen: 2
5 um Estado separado 30 0 PLACE 2 um Estado separado: 1, o Estado iraniano: 1
6 Irã 0 0 ORGANIZATION 2 o Irã: 2
7 a Dinamarca 0 0 PLACE 2 a Dinamarca: 2
8 caso 0 0 NONE 2 um caso: 2
9 cidadãos de o irã 0 0 NONE 2 cidadãos de o Irã: 2
10 o ministro de as relações_exteriores 0 80 NONE 1 o ministro de as Relações_Exteriores: 1