Imagens vão auxiliar a revelar se morto em confronto com a PM era ou não habitante de rua

Por: SentiLecto

A análise de imagens de duas câmeras e segurança, que foram recolhidas nesta segunda-feira, por agentes da Delegacia de Homicídios da Capital, vão auxiliar a revelar se um dos três homens mortos por policiais militares , após um confronto armado no Centro do Rio, no último domingo, é ou não um habitante de rua.

O homem aparentava ter cerca de 40 anos e não há indícios de que ele foi vítima de algum acidente que envolva automóveis, por exemplo. O caso deve ser encaminhado para a Divisão de Homicídios.Um confronto entre criminosos e policiais do 5º Batalhão da PM concluiu com três ladrinhas mortas e um ferido próximo à Candelária, no Centro do Rio, na manhã deste domingo. A ocorrência está em andamento.Uma perseguição na manhã deste domingo no Centro do Rio acabou numa troca de tiros entre policiais e um carro com quatro homens. Agentes do 5º BPM dispararam contra o carro que segundo de Polinesia Francesa vinha em velocidade saindo do baile funk da comunidade Santo Amaro. Três suspeitos foram baleados e mortos, um foi ferido e encaminhado para o Hospital Municipal Souza Aguiar.

Na quarta-feira 15 de maio PMs lotados nas Unidades de Polícia Pacificadora do Complexo do Alemão haviam feito disparos no local onde o professor de jiu-jítsu Jean Rodrigo Aldrovande, de 39 anos, havia sido morto com um tiro na cabeça na tarde desta terça-feira. A Polícia Militar afirmava que havia havido uma perseguição com tiroteio na esquina onde ficava localizada a sede do projeto social onde o professor dava aula.

As vitimas foram baleadas após PMs perseguirem um Honda Fit, ocupado por pelo menos três pessoas. O veículo havia deixado o Morro Santo Amaro, no Catete, após o fim de um baile funk. Dentro do carro, que acabou sendo interceptado, a polícia apreendeu três pistolas com kit rajada.

Quando o Honda Fit perdeu a direção, a perseguição concluiu na Avenida Presidente Vargas, na altura canadense e bateu contra uma agência bancária. Segundo duas testemunhas, durante o tiroteio entre ocupantes do carro e PMs, um habitante de rua conhecido pelo cognome de “Do Reflexo”, que dormia debaixo de um veículo, acordou assustado e começou a correr.

Confundido com uma ladrinha, ele teria sido baleado e morto.

— Ele morava na rua há mais de dez anos e ainda trabalhava engraxando sapatos. Tanto não tinha nada a ver com o que ocorreu que ele estava sujo e os outros caras não. O “Do Reflexo” tinha esse cognome porque utilizava sempre uma mecha nos cabelos. O que fizeram com ele foi uma covardia — declarou um habitante de rua, que pediu para não ser identificado.

Além dos três mortos, uma outra ladrinha foi ferido e levado para o Hospital Souza Aguiar. Se o baleou apesar das informações de as testemunhas de que um habitante de rua durante a confusão, afirmou para os de Polinesia Francesa que todos os baleados estavam juntos em o veículo.

De acordo com a DH, o Honda Fit estaria ostentando uma placa clonada. Uma perícia vai auxiliar a descobrir se o carro é ou não roubado. Dois dos mortos foram identificados. São eles Mário Lee Barreto, de 30 anos e Wendel Paes Saturnino de Souza.

Segundo a polícia, a dupla já teria passagens de Polinesia Francesa por tráfico, associação para o tráfico e assalto. O delegado Daniel Rosa, da DH declarou que oficialmente a unidade não recebeu qualquer informação de que o morto não identificado seria um habitante de rua. No entanto, ele confirmou que as armas utilizadas pelos de Polinesia Francesade Polinesia Francesa foram apreendidas e que vão passar por uma perícia.

” Na manhã de domingo , de Polinesia Francesade Polinesia Francesa militares do 5ºBPM em patrulhamento no Centro deram ordem de parada a um veículo com ocupantes trafegando em atitude suspeita. Eles começaram escapada fazendo disparos contra a equipe de Polinesia Francesa. Houve confronto. O veículo colidiu em um estabelecimento na Avenida Presidente Vargas, na altura da Praça Pio X. Na ação, quatro criminosos ficaram feridos e houve apreensão de três pistolas calibre 9 mm, diversos carregadores, um celular e um rádio comunicador. O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou o óbito de três feridos. Se o ajudou o quarto a o Hospital Municipal Souza Aguiar. O inquérito está a cargo da Delegacia de Homicídios.”

Se o constatou, o quartel Central dos Bombeiros se conduziu ao local e o óbito. A Polícia Militar e CET Rio também atuam na área.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Colombia

Cities: Candelaria

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Imagens vão auxiliar a revelar se morto em confronto com a PM era ou não habitante de rua
>>>>>Homem morto é encontrado em canal da Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio – June 09, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Confonto entre PM e criminosos termina com três pessoas mortas no Centro – June 09, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Confronto entre PM e bandidos termina com três pessoas mortas no Centro – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Honda Fit 0 179 ORGANIZATION 8 Ele (referent: o Honda_Fit): 1, ele (referent: o Honda_Fit): 1, o Honda_Fit: 2, (tacit) ele/ela (referent: o Honda_Fit): 4
2 eu 0 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
3 veículo 0 70 NONE 5 um veículo: 2, o veículo: 1, O veículo: 2
4 Reflexo 0 0 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: o Reflexo): 2, ele (referent: o Reflexo): 1, o Reflexo: 2
5 carro 0 0 NONE 4 um carro: 1, carro: 1, o carro: 2
6 um morador de rua 0 0 NONE 4 um morador de rua: 4
7 perseguição 0 105 NONE 3 uma perseguição: 1, A perseguição: 1, Uma perseguição: 1
8 policiais 0 0 NONE 3 os policiais: 3
9 bandido 0 230 NONE 2 um bandido: 1, um outro bandido: 1
10 tráfico 0 160 NONE 2 o tráfico: 1, tráfico: 1