Perícia descobre seteiras viradas para favela em torre na Cidade da Polícia

Por: SentiLecto

Uma perícia feita pela Divisão de Homicídios e pelo Ministério Público descobriu seteiras — buracos abertos na parede capazes de sustentar canos de armas — abertas na parede da torre da Cidade da Polícia. Os buracos estão virados para a vizinha Favela de Manguinhos. A inspeção faz parte do inquérito de duas mortes que ocorreram na comunidade na última semana de janeiro. Parentes das vítimas delataram ao EXTRA que os culpados pelos disparos foram atiradores de elite da Polícia Civil, que teriam atirado do alto da torre.

O local integra o Depósito de Evidências Criminais da Cidade da Polícia, que fica no Jacaré. Os peritos deduziram que se os baleou em menos de cinco dias em a favela, é possível fazer um tiro de exatidão do telhado da torre em direção ao local onde três homens. Dois deles faleceram. Já as seteiras encontradas na parede da torre não permitiriam disparos precisos pois o atirador não consegue ver o alvo: só o cano da arma passa pelos buracos.

Logo após ser atingido , um mototaxista levou o jovem para a UPA de Manguinhos , se transferiu Getúlio Vargas de onde para o Hospital estadual . A bala entrou pelas costas e saiu pela barriga. O tiro, entretanto, não acertou nenhum órgão vital, e se o liberou em o mesmo dia.

Faz 13 dias, quando passava, carlos Eduardo dos Santos Lontra, de 27 anos, foi baleado e morto dia 25, de moto, por a localidade conhecida como Coreia. Assassinou-se Rômulo Oliveira da Silva de 37 anos quatro dias depois, Rômulo Oliveira da Silva, de 37 anos, com um tiro em o peito em a mesma região.

— Não tinha tiroteio. A favela estava repleta, tinha muita criança na rua. O tiro veio da Cidade da Polícia. Todas as pessoas que estavam lá viram — alega.

Na sua vez, na tarde do dia 30, habitantes de Manguinhos fizeram um protesto em frente à Cidade da Polícia. A manifestação chegou a fechar a Avenida Dom Hélder Câmara por cerca de 20 minutos. Na ocasião, a Polícia Civil afirmou que “não autorizou ação de snipers de dentro da Cidade da Polícia”.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Perícia descobre seteiras viradas para favela em torre na Cidade da Polícia
>>>>>Baleado diz que foi atingido por sniper que atirou da Cidade da Polícia: ‘Nasci de novo’ – February 08, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 os peritos 0 70 NONE 4 (tacit) eles (referent: Os peritos): 1, eles (referent: Os peritos): 1, (tacit) eles/elas (referent: Os peritos): 2
2 buracos 80 0 NONE 3 Os buracos: 1, buracos abertos: 1, os buracos: 1
3 Cidade_da_Polícia 0 0 PLACE 3 Cidade_da_Polícia: 1, a Cidade_da_Polícia: 2
4 tiro 0 0 NONE 3 um tiro: 1, O tiro: 2
5 parte de a investigação de duas mortes 0 140 NONE 2 parte de a investigação de duas mortes: 2
6 Carlos Eduardo dos Santos Lontra 0 50 PERSON 2 Carlos_Eduardo_dos_Santos_Lontra de 27 anos: 1, (tacit) ele/ela (referent: Carlos_Eduardo_dos_Santos_Lontra de 27 anos): 1
7 disparos 60 0 NONE 2 disparos precisos: 1, os disparos: 1
8 a Polícia_Civil 0 0 PERSON 2 a Polícia_Civil: 2
9 eu 0 0 NONE 2 (tacit) eu: 2
10 favela 0 0 NONE 2 A favela: 1, a favela: 1