Centro de Estudos sobre o Holocausto em Oslo reapropria antiga edificação nazista

Por: SentiLecto

Em 2 anos, Transborder   anunciou para a extensão de o Centro de Estudos do Holocausto e Minorias Religiosas em Oslo. A construção, Villa Grande, já foi a residência do líder do Partido Nazista de Noruega durante os anos da invasão. A nova extensão tenta ter uma “atitude consciente em relação às camadas históricas doaeconstrução, reconhecendo e reconstruindo criticamente a ideologia de óAnimosidadesobre a qconstruiu-se qual.

Localizado no entroncamento de três distritos urbanos, o projeto procura destacar o encontro de características e qualidades especiais de cada bairro. Projetou-se a proposta anunciada como um ” gerador de vitalidade urbana “, para lidar com um grande fluxo de usuários de o transporte público, sem, todavia, deixar de ser um lugar atraente para morar.O escritório C.F. A Møller Architects cooperou com Kristin Jarmund Architects e Rodeo Architects no projeto de um novo complexo urbano na Estação Central de Oslo, na Noruega. O projeto procura instituir uma área recreativa atraente ao redor do centro de transporte, conectando diferentes áreas e níveis topográficos com um fluxo coordenado e eficiente.

Faz 101 anos, a história de Villa Grande iniciou, quando os arquitetos Christian Morgenstierne e Arne Eide a projetaram pela primeira vez. Deduziu-se a estrutura durante a profissão nazista norueguesa, e fornecida como residência para o primeiro-ministro nazista Vidkun Quisling e sua esposa. A construção foi então renomeado como Gimlé. Faz 12 anos, após a Segunda Guerra Mundial, tornou se a sede de as forças aliadas, em seguida finalmente, a casa de o Centro de Estudos do Holocausto e Minorias Religiosas Seguida é uma residência do embaixador.

A construção está em constante diálogo com o jardim, a villa e a natureza circundante. As áreas de exibição e oficina estão localizadas na base, com seu telhado se tornando um espaço verde estendido. Isso cria um movimento ininterrupto em torno de Villa Grande. A nova ala está ligada aa construção central em dois andares, ao lado de uma piscina refletora, que se torna um espaço para meditação, bem como um ponto de partida para as exibições permanentes e provisória.

Fonte: archdailybrasil-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Norway

Cities: Oslo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Centro de Estudos sobre o Holocausto em Oslo reapropria antiga edificação nazista
>>>>>C.F. Møller Architects, Kristin Jarmund Architects e Rodeo Architects propõem novo complexo urbano no centro de Oslo – May 26, 2018 (archdailybrasil-pt)
>>>>>>>>>Snøhetta projeta planetário e centro de visitação em floresta na Noruega – May 10, 2018 (archdailybrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 edifício 0 0 NONE 4 O edifício: 3, o edifício central: 1
2 Villa_Grande 0 0 PLACE 2 Villa_Grande: 2
3 a Noruega 0 0 PLACE 2 a Noruega: 2
4 espaço 0 0 NONE 2 um espaço: 1, um espaço verde estendido: 1
5 os arquitetos Christian_Morgenstierne e Arne_Eide 0 0 PERSON 2 (tacit) eles/elas (referent: os arquitetos Christian_Morgenstierne e Arne_Eide): 1, os arquitetos Christian_Morgenstierne e Arne_Eide: 1
6 piscina 0 0 NONE 2 uma piscina refletora: 2
7 a ideologia de ódio 0 100 NONE 1 a ideologia de ódio: 1
8 a ocupação nazista 0 80 NONE 1 a ocupação nazista: 1
9 o primeiro-ministro nazista 0 80 NONE 1 o primeiro-ministro nazista: 1
10 o projeto de um novo complexo urbano 25 50 NONE 1 o projeto de um novo complexo urbano: 1