Delação da JBS incrimina Lula e Dilma em novos atos de corrupção

Por: SentiLecto

As delações premiadas dos proprietários do grupo JBS, Wesley e Joesley Batista, incrimina em novos casos de corrupção os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, segundo documentos divulgados nesta sexta-feira pelo Supremo Tribunal Federal .

Temer já se o mencionou em vários dos testemunhos dados pelos ex-diretores da Odebrecht, mas a lei impede que o presidente seja investigado por fatos acontecidos antes de seu mandato.Nesse encontro, Temer também escutou do empresário que Joesley fazia pagamentos mensais a Cunha na prisão para que o ex-presidente da Câmara dos Deputados permanecesse em silêncio. Segundo “O Globo”, com base na gravação, Temer declarou: “Tem que conservar isso, viu?””O presidente Michel Temer nunca requereu pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou cooperação com a Justiça pelo ex-parlamentar”, alegou o Palácio do Planalto em comunicado.”Não abdicarei”, frisou Temer em pronunciamento no Palácio do Planalto.

Na terça-feira 09 de maio a ex-presidente Dilma Rousseff tinha que ir a Curitiba acompanhar Luiz Inácio Lula da Silva no seu primeiro testemunho ao juiz Sergio Moro. Luiz Inácio Lula da Silva é seu antecessor.

Jbs s.a. é uma companhia de Brasil de goiás, fundada em 1953.

Lula e Dilma, que já respondem na Justiça por outros processos no âmbito da operação Lava Jato, foram acusados nas delações da JBS de terem facilitado à ecompanhiao acesso a créditos multimilionários do BNDES em troca de propinas pagas desde 2005.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Delação da JBS incrimina Lula e Dilma em novos atos de corrupção
>>>>>Dono da JBS grava Temer autorizando compra de silêncio de Cunha, diz jornal – May 18, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>STF julgará se presidente Michel Temer poderá ser investigado – May 16, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Amigo de Temer acusado de receber propina estava em evento de Doria em NY – May 18, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>’Nem a esquerda nem flores vão me intimidar’, diz Doria em Nova York – May 15, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Santana acusa Cardozo de mentir de forma ‘deslavada’ para defender Dilma – (FolhaGeneric)
>>>>>Temer reconhece reunião com JBS, mas nega ter comprado silêncio de Cunha – (EfeGeneric)
>>>>>Temer descarta renúncia: “Não temo nenhuma delação” – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 15 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
2 Temer 0 120 PERSON 2 Temer: 2
3 prisão 0 80 NONE 2 a prisão: 2
4 Lula e Dilma 0 0 PERSON 2 Lula e Dilma: 2
5 Michel Temer 0 0 PERSON 2 Temer: 1, O presidente Michel_Temer: 1
6 empresário 0 0 NONE 2 o empresário: 2
7 o Palácio_do_Planalto 0 0 PLACE 2 o Palácio_do_Planalto: 2
8 pagamentos 0 0 NONE 2 pagamentos mensais: 1, pagamentos: 1
9 novos casos de corrupção 0 60 NONE 1 novos casos de corrupção: 1
10 evitar delação ou colaboração com a justiça 0 30 NONE 1 evitar delação ou colaboração com a Justiça: 1