DilmaRousseffsegurandoafilhaPaula.jpg

Dilma declara ao TSE que pagou despesas de Temer na campanha de 2014

Foto: Wikipedia – Dilma Rousseff segurando a filha Paula

Os advogados da ex-presidente Dilma Rousseff, que rebate a tentativa do atual presidente de tentar afirmar que a arrecadação de receitas foi dada de maneira individual, exibiram ao TSE documentos que assinalam que despesas da candidatura de Michel Temer em 2014 foram bancadas pelo comitê central da campanha. Segundo a defesa, o material entregue ao relator do processo no tribunal, ministro Herman Benjamin, mostra que não havia contabilidade separada na corrida eleitoral.

Requer, ainda, o testemunho de José Yunes, ex-assessor e amigo do presidente Michel Temer. E dos presidentes dos noves partidos que compuseram a aliança que garantiu o triunfo da chapa em 2014 —entre eles, Rui Falcão , Valdir Raupp , Gilberto Kassab e Marcos Pereira .”Fico bastante preocupada com o que está ocorrendo no Brasil. Acredito que há um interesse em tirar o Lula desta votação. Esse interesse pode comprar várias maneiras”, declarou, antes de elencar possíveis estratégias para impedir a candidatura de Lula.”Morei lá e jamais teve nada disso não. Faz 1 ano, jamais vi aparição nenhum “, alegou Dilma que viveu em o espaço entre 2011, e.

Na quarta-feira 08 de março ministros do TSE têm dado sinais de que os dados disponíveis até agora no processo que investigava abuso de poder pela chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer, em 2014, não obrigavam a corte a dizer a inelegibilidade da ex-presidente. Já a situação de Temer seria mais delicada.

Dilma Vana Rousseff é uma economista e política brasileira, filiada no Partido dos Trabalhadores e ex-presidente do Brasil, tendo exercido a posição de 2011 até seu afastamento por um processo de impeachment em 2016.

O processo do TSE foi aberto após um pedido de cassação da chapa Dilma-Temer. O autor da ação foi o PSDB, que acusava a campanha de ter cometido abuso de poder econômico e político na campanha.

“Em caso semelhante, o STF concedeu ao senador Aloysio Nunes Ferreira o acesso à delação premiada de Ricardo Pessoa, que o acusou de ter recebido doação para a campanha via caixa 2. Nessa ocasião, o STF assegurou ao atual ministro das Relações Exteriores o pleno exercício do direito à aextensadefesa”, aalegaa nota.

O procurador-geral Eleitoral em parecer no processo de cassação da chapa Dilma-Temer, posicionou-se pela indivisibilidade da chapa, mencionando a jurisprO procurador-geral Eleitoral em parecer no processo de cassação da chapa Dilma-Temer, posicionou-se pela indivisibilidade da chapa, mencionando a jurisprudência do TSE. O procurador-geral Eleitoral é nicolau Dino. O procurador-geral Eleitoral é nicolau Dino.

Ainda que eventual mudança de entendimento pela corte só surtiria conseqüência para votações futuras, ele destacou.

Dilma assina o documento , candidata a presidente, e por Temer, candidato a vice-presidente, além do gerente financeiro Edinho Silva, e do advogado e contador.

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Dilma declara ao TSE que pagou despesas de Temer na campanha de 2014
>>>>>Defesa de Dilma quer que TSE ouça depoimentos de Padilha e Yunes – March 14, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Temer não pode buscar popularidade com ‘obra alheia’, diz Dilma na Suíça – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Acareação mantém contradição entre Marcelo Odebrecht e ex-diretor – (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>Em Genebra, Dilma nega ter recebido propinas em financiamento de campanha – (EfeGeneric)
>>>>>Dilma se diz ‘muito preocupada’ com ‘interesse em tirar Lula’ de 2018 – (FolhaGeneric)
>>>>>Dilma ironiza Temer e diz que nunca viu ‘fantasma nenhum’ no Alvorada – (FolhaGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Dilma Rousseff 0 0 PERSON 8 Dilma: 3, Dilma_Vana_Rousseff: 1, Dilma_Rousseff: 2, (tacit) ele/ela (referent: Dilma): 2
2 eu 8 60 NONE 6 (tacit) eu: 6
3 Herman Benjamin 0 60 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: ministro Herman_Benjamin): 2, ministro Herman_Benjamin: 1
4 STF 0 0 ORGANIZATION 3 o STF: 2, (tacit) ele/ela (referent: o STF): 1
5 preocupada 0 120 NONE 2 muito preocupada: 2
6 PSDB 0 100 ORGANIZATION 2 o PSDB: 2
7 o depoimento de José_Yunes ex-assessor e amigo de o presidente Michel_Temer 80 0 PERSON 2 eles (referent: o depoimento de José_Yunes ex-assessor e amigo de o presidente Michel_Temer): 1, o depoimento de José_Yunes ex-assessor e amigo de o presidente Michel_Temer: 1
8 Eleitoral 0 0 PERSON 2 O procurador-geral Eleitoral (apposition: Nicolau_Dino): 1, Ele (referent: O procurador-geral Eleitoral): 1
9 Michel Temer 0 0 PERSON 2 Temer: 1, Michel_Temer: 1
10 campanha 0 0 NONE 2 a campanha: 2