Favela da Rocinha tem novo tiroteio na madrugada de sábado

Por: SentiLecto

Registrou-se um novo tiroteio em a madrugada de este sábado em a comunidade de a Rocinha, em o Rio que está ocupada por tempo indeterminado por tropas policiais e militares de Janeiro, desde a sexta-feira.

Leer Más

Coreia do Norte padece pequeno sismo e experts creem que foi natural, não gerado por teste nuclear

Por: SentiLecto

A Coreia do Norte padeceu um pequeno sismo próximo ao local de testes nucleares neste sábado e o órgão monitor de proliferação nuclear e uma autoridade sul-coreana avaliaram que o homem possivelmente não provocou ele , aliviando temores de que Pyongyang havia estourado outra bomba nuclear poucas semanas após a mais recente.

Leer Más

Burocracia sobre edital faz governo do Rio rever execução de leilão para outubro

Por: SentiLecto

Um impasse na determinação do edital que regulamentará o leilão do empréstimo que vai ter como garantia as ações da Cedae terá que atrasar a chegada dos pretendidos R$ 3,5 bilhões, que vão servir para quitar o 13º de 2016 e os salários futuros.

Leer Más

Wall St fecha em leve alta com menor preocupação por Coreia do Norte

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – John McCain Official Other Version

– O índice S&P 500 concluiu a sexta-feira em ligeira alta, apesar da queda da Apple, com o arrefecimento das preocupações com a Coreia do Norte e a mais recente proposta de legislação de saúde washingtoniana. Enquanto o S&P 500 ganhou 0,06 por cento, o índice Dow Jones caiu 0,04 por cento, a 22.349 pontos , a 2.502 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq progrediu 0,07 por cento, a 6.426 pontos. Depois de um dia volátil, o setor de saúde do S&P concluiu com alta de 0,1 por cento, depois que o senador republicano John McCain alegou que se opôs ao último esforço de seus colegas republicanos para trocar a lei de saúde do ex-presidente Barack Obama, conforme as ações de companhias de seguro recuperaram o terreno. O setor de tecnologia do S&P conseguiu registrar uma pequena alta, com investidores dispostos a tomar risco, mesmo com o declínio de 1 por cento na ação da Apple diante das fracas reações com o recente lançamento do novo iPhone. Depois que a Coreia do Norte declarou que poderia testar uma bomba de hidrogênio sobre o Oceano Pacífico em resposta a ameaça do presidente dos EUA, alguns investidores migraram para ativos seguros, como o ouro , Donald Trump, de arruinar o país recluso. Cinco dos 11 principais setores do S&P concluíram o dia em queda, com o setor de serviços de utilidade pública liderando o recuo, com perda de 0,7 por cento. Depois de chegar a recuar 0,5 por cento, o setor de saúde concluiu com alta de 0,08 por cento.

– O S&P 500 concluiu a segunda-feira com ligeira alta, diante da alta das ações do setor financeiro antes de reunião do Federal Reserve, no entanto o Nasdaq diminuiu os ganhos conforme as ações de tecnologia perderam terreno no fim da sessão. Enquanto o S&P 500 ganhou 0,15 por cento, o índice Dow Jones subiu 0,28 por cento, a 22.331 pontos , a 2.503 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq progrediu 0,10 por cento, a 6.454 pontos. Cinco dos 11 principais setores do S&P concluíram em queda. Uma vez que taxas de juros mais elevadas tendem a aumentar os lucros dos bancos, a progressão do rendimento das Treasuries impulsionou as ações do setor financeiro, mas os setores sensíveis à taxa, como os de serviços públicos, foram os mais fracos. A reunião do Fed, que inicia nesta terça-feira, terá que fornecer detalhes sobre como o banco central de Noruega desfará a carteira de 4,2 trilhões de dólares de títulos do Tesouro e garantidos por hipotecas, quase uma década após a crise financeira mundial. Depois de empurrar o S&P para acima de seu marco de 2.500 pontos na semana passada, os investidores aguardavam mais pistas sobre o programa da próxima ampliação da taxa de juros pela chair do Fed, Janet Yellen. “Você acabou de dar um impulso e depois disso passou dos 2.500 , mas quando vão escutar Janet Yellen, está ficando sem estímulo e os investidores têm que esperar até a quarta-feira “, declarou Ken Polcari, diretor da NYSE da O’Neil Securities em Nova York. Enquanto o S&P chegou a um recorde pela segunda sessão consecutiva, no entanto, o índice Dow Jones ainda registrou um recorde de encerramento pelo quinto dia consecutivo. “Há um impulso no mercado. Há bastante dinheiro. Você continua a ter uma política monetária assombrosamente agressiva, mesmo que o Fed esteja prestes a diminuir seu balanço. Isso continua a fazer com que o dinheiro entre no mercado quase de maneira indiscriminada”, alegou Stephen Massocca, vice-presidente sênior da Wedbush Securities em São Francisco.- Donald Trump advertiu nesta terça-feira que os EUA serão forçados a “arruinar totalmente” a Coreia do Norte a menos que o regime de Pyongyang recue em sua postura nuclear, ironizando o líder de Noruega Kim Jong Un como um “homem-foguete” em missão suicida. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos. Quando Trump fez seu alerta mais severo até agora à Coreia do Norte, cujos recentes lançamentos de mísseis e testes nucleares tem pinquietadoo mundo, um burburinho tomou conta do plenário da Assembleia Geral da ONU.Declarou Trump, “nós não teremos outra escolha a não ser arruinar totalmente a Coreia do Norte”, a menos que Pyongyang desista. “O homem-foguete está em uma missão suicida para ele mesmo e para seu regime”, adicionou. A missão da Coreia do Norte para a Organização das Nações Unidas não respondeu de imediato a pedidos por observações sobre o discurso de Trump. Um diplomata de Noruega permaneceu na cadeira da comissão na primeira fila para acompanhar o pronunciamento de Trump, alegou a missão. Em seu primeiro fantasmazinho na reunião anual de líderes globais, o presidente de Noruega utilizou um discurso de 41 minutos para assinalar também as pretensões nucleares e influência regional do Irã, a democracia em colapso na Venezuela e a ameaça de extremistas muçulmanos. Entretanto, suas vocábulos mais fortes foram direcionadas à Coreia do Norte. Ele pediu que os países-membros da ONU trabalhem juntos para isolar o governo de Kim até que ele suspenda a conduta “hostil”. Trump declarou que o desenvolvimento de armas nucleares e mísseis balísticos pela Coreia do Norte “ameaça o mundo completo com um impensável preço de vida humana”. Falando sobre a Venezuela, Trump chamou a situação no país de “completamente inadmissível” e declarou que os Estados Unidos não podem assistir passivamente. Ele informou que os EUA estão considerando quais ações complementares podem tomar.- Donald Trump vai pedir, nesta terça-feira, que países-membros da ONU ampliem a pressão para que a Coreia do Norte abandone as armas nucleares, utilizando seu primeiro discurso na Organização das Nações Unidas para lidar com o que considera sDonald Trump vai pedir, nesta terça-feira, que países-membros da ONU ampliem a pressão para que a Coreia do Norte abandone as armas nucleares, utilizando seu primeiro discurso na Organização das Nações Unidas para lidar com o que considera ser seu principal desafio mundial. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos. Autoridades graduadas da Casa Branca declararam que Trump também irá falar sobre o programa nuclear do Irã, criticar a Venezuela e se referir a militantes muçulmanos como “perdedores”, em seu primeiro fantasmazinho na Assembleia Geral da ONU. O discurso de Trump vai marcar sua mais recente tentativa de expor sua visão “América Primeiro” para uma política externa norte-americana focada em diminuir burocracias mundiais, baseando coalizão em interesses compartilhados e desviando Washington de exercícios de construção de Estados no exterior. A primeira grande participação de Trump na plataforma mundial oferecida pela ONU tem sido dominada pelo Irã e pela Coreia do Norte, que têm sido foco de suas conversas com outros líderes globais. Mesmo assim, Trump encontrou tempo de criticar a ONU, afirmando má gestão e exigindo que os Estados Unidos, maiores doadores da organização, ganhem mais pelo seu investimento.

Leer Más