Apple compra aplicativo Texture, o ‘Netflix das revistas digitais’

Por: SentiLecto

A Apple informou nesta segunda-feira a aquisição do aplicativo Texture, considerado uma espécie de “Netflix das revistas digitais”. Ao assinar o serviço por US$ 10 ao mês, o usuário tem acesso infinito a mais de 220 publicações, entre elas as revistas People, Vanity Fair, Vogue e The New Yorker.

É claro que o iMac Pro é um dos computadores mais progredidos das fabricantes globais. Menciona-se sua performance para profissionais de a área de o cinema, de edição de vídeos e foto, por exemplo. Mas só a título de comparação, a mesma máquina em sua versão básica, nos Estados Unidos, sai por US$ 5 mil.

Na quarta-feira 21 de fevereiro os trolls da Internet se haviam divertido muito ao fazer com que os aparelhos da Apple “congelassem” na últimao se aproveitarem de um bug envolvendo um caractere específico do alfabeto telugu, da Índia. Felizmente essa celebração agora havia acabado, já que a Apple havia satisfeito sua promessa e havia liberado atualizações de segurança para resolver o problema.

A compra é a última aposta da Apple em construir uma plataforma de conteúdo e, de certa maneira, assume uma lacuna que o Facebook tem deixado para trás. Faz 2 meses, de este ano, a rede social anunciou   mudanças em seu algoritmo que acabaram eclipsando o compartilhamento e distribuição de notícias, em janeiro.

Eddy Cue, VP Sênior para Internet Software & Services da Apple declarou: “Nós estamos estimulados que a Texture irá se uni a Apple, assim como um catálogo impressionante de revistas das principais editoras do mundo”. “Nós estamos comprometidos com a imprensa de característica a partir de fontes confiáveis e permitir que revistas conservem produzindo histórias envolventes e lindamente esboçadas para leitores”. Anunciaram-se e valores de o negócio os termos de a aquisição não .

Por enquanto, a Apple não informou se a aquisição irá redundar no descontinuamento dos apps existentes da Texture. Atualmente, a aplicação está disponível em uma variedade de plataformas, incluindo Android e Windows 10.

Vale evidenciar que a abordagem da Apple para o seu app News confia em editores humanos ao invés de algoritmos. No ano passado, a empresa de Cupertino contratou a ex-editora executiva da New York Magazine, Lauren Kern, para ser a primeira Editor in Chief do aplicativo.

Por outro lado, nesta semana, a companhia de Cupertino começou a disponibilizar o novo iMac Pro por aqui. Se arremessou o computador foi originalmente arremessado em dezembro de o ano passado, mas a Anatel só recentemente homologou ele. Ê já pode fazê-lo por meio do sit, caso vocêdesejea comprá-lo na loja oficial, voce. Mas se prepare, porque a máquina tem um dos custos mais salgados que já se viu para um computador da Apple no Brasil. O modelo mais básico sai por R$ 37.999. Sim, o mais básico sai pelo custo de um carro zero popular. Talvez em um futuro onde todos os carros sejam autônomos e você não precise conduzi mais, faça sentido pagar quase R$ 40 mil em um computador.

Fonte: Idgnow-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Apple compra aplicativo Texture, o ‘Netflix das revistas digitais’
>>>>>Apple começa a vender novo iMac Pro no Brasil por até R$ 98 mil – (Idgnow-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Apple 0 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: a Apple): 1, a Apple: 2, A Apple: 1
2 os Estados_Unidos 0 0 PLACE 4 (tacit) eles/elas (referent: os Estados_Unidos): 3, os Estados_Unidos: 1
3 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
4 você 0 0 NONE 3 você: 3
5 nós 60 40 NONE 2 Nós: 2
6 Texture 0 0 ORGANIZATION 2 a Texture: 2
7 algoritmo 0 0 NONE 2 seu algoritmo: 2
8 aquisição 0 0 NONE 2 a aquisição: 2
9 lacuna 0 0 NONE 2 uma lacuna: 2
10 mudanças 0 0 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: mudanças): 2