Por: SentiLecto

– O Banco Central divulgou nesta quinta-feira que afrouxou o requerimento de capital das operações de crédito destinadas a pequenas e médias companhias, numa investida com potencial de liberar cerca de 3,2 bilhões de reais no sistema para novos financiamentos. Com a iniciativa, o BC buscou dar mais um estímulo ao crédito para o segmento, em meio à avaliação de que, com a crise do coronavírus, essas empresas sofrem mais, já que têm receitas menos diversificadas, menos reservas de liquidez e dependem mais de recursos do setor bancário. Em nota, o BC alegou que a medida também permite eventual reorganização de 228 bilhões de reais em operações de crédito a essas empresas, sendo que a norma abrange companhias com receita bruta anual entre 15 milhões de reais e 300 milhões de reais. Essas ações serão possíveis após o BC ter diminuído provisoriamente o Fator de Ponderação de Risco aplicável às operações de financiamento a PMEs a 85%, ante 100%, para o pfasede 16 de março até 31 de dezembro deste ano. Na véspera, Roberto Campos Neto alegou que testes de estresse realizados pela instituição mostraram redundado que «não foi bastante bom» para o segmento de PMEs na crise, com consequências que poderiam drenar «liquidez do sistema bancário relativamente grande». Roberto Campos Neto é o presidente do BC. Por isso, o governo arremessou o programa de financiamento a folha de pagamento somente a esse público, mas demarcando, na medida, o acesso a crédito somente às ecompanhiascom faturamento anual entre 360 mil reais e 10 milhões de reais.

– O Banco Central regulamentou os empréstimos a instituições financeiras mediante emissão de letras financeiras garantidas ao preço de 0,60% ao ano, na sua principal medida até aqui para injetar liquidez no mercado em meio à crise do coronavírus. Em nota, o BC alegou que os bancos vão poder começar o processo de depósito e documentos a partir do dia 13 de abril para requerer empréstimos a partir do dia 20. A liberação dos recursos acontecerá em até dois dias úteis. Por a regulamentação , a regulamentação vai conceder por meio de liberações mensais de recursos : a primeira de até %50 de o Patrimônio de Referência de a instituição financeira , podendo chegar até %100 de o PR até o final de o ano. Segundo o BC, o processo vai envolver três etapas. Quando acontecem as solicitações, após a entrega de documentos, vem a constituição de gravames, seguida pelo período propriamente operacional, » as autorizações para a emissão de letra financeira e as concessões de empréstimos com a liquidação financeira da emissão». Faz 1 mês, quando estimou, o BC havia que, sozinha, ela poderia liberar 670 bilhões de reais em a economia, sua ação mais potente para enfrentamento em a crise com o coronavírus.nL1N2BG149] A investida vai permitir, na prática, a securitização das carteiras de crédito dos bancos em formato de letras financeiras, que serão financiadas pelo BC. Com isso, os bancos vão ganhar recursos para poderem fechar mais financiamentos a clientes. – Roberto Campos Neto alegou nesta terça-feira que o governo estuda medidas complementares de crédito para micro e grandes companhias, após ter arremessado um programa de financiamento na folha que admira as pequenas e médias. Roberto Campos Neto é o presidente do Banco Central.»A gente também está estudando o que fazer para cima, companhias maiores, e aí será uma análise mais setorial, e o objetivo não é falar sobre isso aqui, mas algumas medidas sairão», declarou ele, em coletiva no Palácio do Planalto. «E para baixo também, que é companhias que têm rendimento abaixo dos 360 mil até os trabalhadores informais, também estamos olhando isso», completou. Campos Neto evidenciou que o programa de financiamento à folha, que cadmiraránegócios com faturamento anual de 360 mil reais a 10 milhões de reais, começará a ser operacionalizado nesta semana. O empréstimo de dois meses para pagamento dos salários vai ser bancado por recursos do Tesouro, com 34 bilhões de reais, e dos bancos, com 6 bilhões de reais. Segundo o presidente do BC, a parte do Tesouro deverá ser transferida nesta terça-feira ao BNDES, que coordenará o repasse às instituições financeiras. Ele defendeu que o Brasil arremessou um pacote vultoso de medidas para lutar os conseqüência da disseminação do novo coronavírus e declarou que os recursos chegarão rápido a companhias e famílias na comparação com o que está ocorrendo no restante do mundo. Campos Neto também fez um pedido para que todos satisfaçam contratos em meio à crise, revidenciandoque qé, uando isso não acoocorrerecuperação econômica»muibastanteis lenta e dolorosa». «Sei que existe ansiedade bastante grande de todos para que recurso chegue rápido na ponta, mas se a gente comparar o Brasil com o resto do mundo, nós fomos rápidos, eficientes e grandes, gostaria de declarar que «, alegou ele. Segundo Campos Neto, o programa de pagamento feito nos Estados Unidos para enfrentamento dos efeitos do Covid-19 na economia tem um fase de análise de 30 dias. «Se o anunciou em 17-3, foi aprovado em 25/3, os primeiros pagamentos saem a partir de 15 de abril e 20% dos cheques, a partir de 4 de maio. Nós faremos um ‘delivery’ bem mais rápido do que isso», alegou. Em sua fala, Campos Neto também declarou que o BC vê a necessidade de «condições monetárias estimulativas, sempre de olho no canal de crédito». – Roberto Campos Neto avaliou nesta quarta-feira que a liquidez que se a injetou já em a economia por meio das medidas de o governo para lutar conseqüência econômicos de o coronavírus é suficiente Roberto Campos Neto é o presidente do Banco Central., mas que a autoridade monetária tem mais iniciativas na manga caso seja necessário. , durante acontecimento virtual promovido pelo banco Credit Suisse alegou: «Estamos sempre olhando para ver o que precisa fazer». Sobre o programa de financiamento da folha de pagamento de pequenas e médias companhias, Campos Neto declarou que a alternativa por compartilhar riscos com o setor financeiro –responsável por uma parcela do financiamento– se deu porque o governo não sabe recuperar crédito e essa foi uma maneira de instituir um incentivo para que os bancos tivessem interesse na tarefa. Segundo o presidente do BC, inicialmente o governo pensou em um programa maior, mas compreendeu que adaptavam-se os 40 bilhões de reais efetivamente destinados a o plano . Destes, 34 bilhões de reais serão aportados pelo Tesouro e 6 bilhões de reais, pelos bancos.

Na quinta-feira 02 de abril – O Conselho Monetário Nacional, em sessão extraordinária realizada na quarta-feira, autorizou o Banco Central a conceder empréstimos a instituições financeiras tendo como garantia as carteiras de crédito dessas instituições, entre outras medidas para acalmar as consequências da disseminação do coronavírus. De acordo com comunicado do BC, as operações teriam prazo de no mínimo, 30 e, no máximo, 359 dias corridos. O BC em nota, recordando que linhas especiais de liquidez tendo como lastrava operações de crédito têm sido instrumento amplamente anunciado e usado pelos principais BCs do mundo nesse momento. explicou: » tratava-se de uma Linha Temporária Especial de Liquidez , com o objetivo de oferecer a liquidez necessária para que o Sistema Financeiro Nacional possa se conservar estável frente aa ampliação da procura observada no mercado de crédito, fruto dos reflexos da propagação da Covid-19″. Para checar maior segurança à operação, os crédito serão dados em garantia no âmbito de registradora de ativos financeiros e transferidos ao BC mediante a emissão de uma Letra Financeira Garantida , depositada em depositário central. poderia ser utilizado como garantia extenso espectro de ativos de natureza creditícia integrantes da carteira das instituições bancárias, segundo o BC Serão aceitos créditos com níveis de risco avaliado
s como AA, A e B, com pré-requisito de garantia em valor superior ao do empréstimo, de maneira proporcional ao risco das operações de crédito ofertadas em garantia. A estimativa era de que a elegibilidade de créditos para a operação seja da ordem de 650 bilhões de reais, segundo o BC. Faz 5 meses, portabilidade de Crédito Em outra resolução, o CMN protelou a entrada em forcita de mudanças em as normas de portabilidade de crédito que haviam, sido e teriam que entrar em forcita em abril e junho deste ano. As medidas adiadas previam a inclusão das operações com cheque especial, a possibilidade de operações de crédito imobiliário contratadas originalmente fora do Sistema Financeiro de Habitação serem enquadradas no SFH na portabilidade e a criação do «Documento Descritivo de Crédito» . A resolução se devia à necessidade de as instituições financeiras tdeverem realocarrecursos humanos e materiais em ajustes operacionais e investimentos não programados em tecnologia como consequência da pandemia do novo Coronavírus. O conselho ainda autorizou Roberto Campos Neto a firmar contrato de swap com o Federal Reserve, promovendo mudanças na regulação para adaptar-a aa soma a ao prazo do novo contrato. Roberto Campos Neto é o presidente do BC.ao prazo do novo contrato. Faz 1 mês, o banco central de Noruegade Noruega abriu as torneiras para que bancos centrais em nove países tenham acesso a dólares, calculando até 60 bilhões de dólares para o Brasil, em 19 de março. O acordo permaneceria em forcita por pelo menos seis meses. Por fim, o CMN ainda ajustou normas para comunicação de perdas de beneficiários do Proagro diante do Covid-19, por conta das limitações impostas pela guerrazinha à disseminação do novo coronavírus. Assim, autorizou que os produtores rurais beneficiários do Proagro façam a comunicação de perdas de maneira remota, contendo todas as informações necessárias para obter a vantagem do seguro. Outra adaptação era a licença para que a comprovação das perdas possa ser realizada através de ferramentas de sensoriamento remoto que sejam capazes de aferir com segurança as informações necessárias à efetiva mensuração das perdas. Isso trocava, provisoriamente, a prática comum que calculava a comprovação realizada presencialmente pelos técnicos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>BC afrouxa norma de capital para animar crédito a PMEs e libera R$3,2 bi no sistema
>>>>>BC regulamenta empréstimo a bancos com emissão de letras financeiras ao custo de 0,6% ao ano – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Governo estuda medidas adicionais de crédito para micro e grandes empresas, diz Campos Neto – April 07, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Bolsonaro assina hoje MP para financiar R$ 40 bi em salários para pequenas e médias empresas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Bolsonaro assinará nesta 6a-feira MP de financiamento à folha de pagamento, diz Economia – April 03, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Medidas para coronavírus de R$200 bi serão oficializadas até 5a-feira, diz Guedes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Nova MP permite redução de até 70% nos salários e deve preservar 24,5 milhões de emprego – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Bancos poderão deduzir de compulsório recursos aportados em financiamento de folha de pagamento – April 06, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>BC veda aumento de dividendos e remuneração pelos bancos em meio à crise do coronavírus – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>BC decide proibir temporariamente aumento da remuneração de dirigentes de bancos – April 06, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>CMN adota novas medidas e autoriza BC a conceder empréstimos com garantia de carteiras de crédito – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>CMN autoriza BC a conceder empréstimos a instituições financeiras mediante emissão de LFG – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>BC veda distribuição de dividendos dos bancos e aumento de remuneração em meio à crise – (Extraoglobo-pt)
>>>>>BC tem mais medidas para injetar liquidez na economia se necessário, diz Campos Neto – April 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Brasil está sendo rápido em levar recursos de combate à crise para a ponta, diz Campos Neto – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Roberto Campos 210 170 PERSON 13 Roberto_Campos_Neto (apposition: o presidente de o BC): 2, (tacit) ele/ela (referent: Campos_Neto): 2, Roberto_Campos_Neto (apposition: O presidente de o Banco_Central): 2, (tacit) ele/ela (referent: Roberto_Campos_Neto): 2, Campos_Neto: 5
2 empresas 75 0 NONE 9 as empresas: 1, pequenas e médias empresas: 2, empresas maiores: 1, empresas: 3, essas companhias: 1, grandes empresas: 1
3 BC 0 0 ORGANIZATION 9 o BC: 6, O BC: 1, (tacit) ele/ela (referent: o BC): 1, (tacit) ele/ela (referent: O BC): 1
4 bancos 240 0 NONE 6 bancos centrais: 1, os bancos: 5
5 eu 80 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
6 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
7 folha 0 0 NONE 5 a folha: 5
8 nós 80 0 NONE 4 (tacit) nós: 2, Nós: 1, nós: 1
9 recursos 80 0 NONE 4 recursos: 2, os recursos: 1, recursos humanos e materiais: 1
10 governo 50 0 NONE 4 o governo: 4