Por: SentiLecto

O S&P, que subiu mais de 19% para marcar seu maior ganho trimestral desde 1998, no auge do boom da tecnologia, 500 viveu um rali nesta terça-feira, concluindo em alta e garantindo seu maior ganho percentual trimestral em mais de duas décadas à medida que a melhora dos dados econômicos reforçou as crenças dos investidores de que uma recuperação apoiada por estímulos para a economia dos Estados Unidos está no horizonte.

Os principais índices de Wall Street tiveram fortes quedas nesta sexta-feira, à medida que vários Estados norte-americanos impuseram rlimitaçõesa atividades empresariais, em resposta a um salto em casos do coronavírus.As ações de Wall Street concluíram em alta nesta segunda-feira, e uma vez que investidores esperam uma recuperação econômica apoiada por estímulos, o S&P 500 está prestes a conquistar seu maior ganho percentual trimestral desde 1998 , enquanto um salto nas ações da Boeing auxiliou a impulsionar o Dow Jones.- Os índices S&P 500 e Dow Jones subiam nesta terça-feira, a percurso de fecharem seu melhor trimestre desde 1998, à medida que a melhora dos dados econômicos restabeleceu a fé em uma recuperação apoiada por estímulos para a economia norte-americana. Iniciando uma semana repleta de dados para Wall Street, números nesta terça-feira mostraram que a confiança do consumidor nos EUA ampliou bastante mais do que o esperado em junho. Dados sobre atividade industrial e emprego devem ser divulgados na quarta e quinta-feira. Ainda assim, analistas advertiram que o rebalanceamento de portfólio no final do trimestre pode provocar volatilidade durante a sessão. O índice S&P 500 acumulava alta de quase 19% desde abril, na esteira de uma série de estímulos fiscais e monetários e de flexibilização de limitações relacionadas ao vírus, mas ainda tem perda de cerca de 5% no ano, com novos surtos de casos da enfermidade alimentando temores de uma nova rodada de lockdowns. Os nervosismos entre EUA e China também pesavam no sentimento, com Washington começando a suprimi o status especial de Hong Kong sob a lei norte-americana, em resposta à lei de segurança nacional da China para o território. A China declarou que retaliaria. Todos os 11 principais setores da S&P 500 subiam ligeiramente, com os setores imobiliário e de tecnologia da informação liderando os ganhos. Às 13:22 , o índice Dow Jones subia 0,25%, a 25.660 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,843366%, a 3.079 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq progredia 1,41%, a 10.014 pontos.

Na terça-feira 23 de junho – Os três principais índices de Wall Street concluíram em alta à medida que aomaprimoramentodos dados econômicos e a perspectiva de mais estímulos impulsionaram as esperanças de uma rápida recuperação, enquanto um salto das ações tecnológicas levou o Nasdaq a outra máxima recorde. O Nasdaq registrou seu quinto recorde de encerramento neste mês, com a Apple Inc fornecendo o maior impulso. Segundo dados preliminares, o Dow Jones subiu 0,5%, para 26.155,76 pontos, o S&P 500 ganhou 0,43%, para 3.131,26 pontos e o Nasdaq valorizou 0,74%, para 10,131.37 pontos. REUTERS GP IV

Segundo dados preliminares, o Dow Jones subiu 0,94%, para 25.836,96 pontos, o S&P 500 progrediu 1,59%, para 3.101,79 pontos e o Nasdaq valorizou 1,93%, para 10.064,81 pontos.

Segundo dados preliminares, o Dow Jones caiu 2,85%, para 25.012,63 pontos, o S&P 500 perdeu 2,43%, para 3.008,86 pontos, e o ​​Nasdaq recuou 2,58%, para 9.758,08 pontos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>S&P 500 conclui em alta no melhor trimestre desde 1998
>>>>>Wall St encerra em baixa com aumento de casos de coronavírus motivando novas restrições – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Wall St encerra em alta com impulso de Boeing e atenção a estímulos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>S&P 500 e Dow Jones caminham para melhor trimestre desde 1998 com esperanças de recuperação – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 pontos 0 0 NONE 10 10.014 pontos: 1, 26.155,76 pontos: 1, 10.064,81 pontos: 1, 3.131,26 pontos: 1, 10,131.37 pontos: 1, 25.836,96 pontos: 1, 9.758,08 pontos: 1, 3.101,79 pontos: 1, 3.008,86 pontos: 1, 25.012,63 pontos: 1
2 medida 0 0 NONE 7 a medida: 7
3 SeP 25 0 ORGANIZATION 6 o SeP: 4, O SeP: 2
4 Dow Jones 0 0 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: o Dow_Jones): 2, o Dow_Jones: 3
5 dados 0 0 NONE 5 Dados: 1, dados preliminares: 3, dados: 1
6 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
7 Nasdaq 0 0 ORGANIZATION 4 o Nasdaq: 3, O Nasdaq: 1
8 alta 0 0 NONE 4 alta de quase %19: 1, alta: 3
9 recuperação 120 0 NONE 3 uma recuperação econômica: 1, uma recuperação apoiada: 2
10 China 0 0 PLACE 3 (tacit) ele/ela (referent: A China): 1, A China: 1, China: 1