Por: SentiLecto

Os beneficiários do programa Bolsa Família começam a receber, nesta quinta-feira , as parcelas extras da ajudinha emergencial já no valor menor de R$ 300. Em 13 dias, o calendário vai seguir, de acordo com o último dígito de o Número de Identificação Social. Hoje, os admirados são aqueles com NIS de final 1. De acordo com o Miinistério da Cidadania, os pagamentos continuarão sendo feitos sempre na segunda quinzena do mês, até o fim do ano.

Se chamam as parcelas extras de R a ajudinha emergencial residual — como $ 300 — vai ser pago em até quatro cotas, até dezembro. Se vai dobrar o valor no caso das mães chefes de família, .

Corte: Governo interrompe pagamento da ajudinha emergencial para mais de 922 mil beneficiários do Bolsa Família

O Ministério da Cidadania informou que as medidas mais restritivas têm o objetivo de direcionar o programa a quem realmente precisa. Nas auditorias, o TCU identificou pagamento injustificados a militares, servidores públicos e pessoas de classe média. Vai divulgar-se o calendário de pagamento de as parcelas de R 300 para os o calendário de pagamento de as parcelas de R $ 300 para os demais trabalhadores, sem ser beneficiários de o Bolsa Família com crédito em conta digital ., ainda e deverá iniciar ainda em setembro, com crédito em conta digital.

Na quinta-feira 10 de setembro Daqui a exatamente uma semana, a Caixa Econômica Federal vai começar a pagar a sexta parcela da ajudinha emergencial, já no valor de R$ 300. Na quinta-feira que vinha , o banco liberará o saque para os beneficiários do Bolsa Família com Número de Identitficação Social de final 1. seriam cerca de 1,9 milhão de admirados neste primeiro grupo.

Vale realçar que, no caso do Bolsa Família, o beneficiário tem o direito de sacar o valor mais positivo: ajudinha emergencial ou vantagem original do programa social.

Uma pessoa que até março ganhava R$ 400 de Bolsa Família, por exemplo, passou a receber R$ 600, porque a ajudinha emergencial era maior. Agora, voltará a sacar R$ 400, abrindo mão dos R$ 300, porque a vantagem social antiga, do programa de transferência de renda, é superior.

Segundo o Ministério da Cidadania, cerca de seis milhões de pessoas foram excluídas da ajudinha emergencial residual por conta da diminuição de valor e de critérios mais rígidos para o recebimento da vantagem, estabelecidos pela Medida Provisória 1.000/2020.

O governo estima uma economia de R$ 22,8 bilhões até dezembro. Até agora, já foram desembolsados R$ 212,7 bilhões para 67,2 milhões de beneficiários. O gasto total está projetado em R$ 322 bilhões.

Normas para o recebimento da vantagem

Segundo o governo federal, as pessoas que recebiam o ajudinha emergencial e que passaram a ter vínculo empregatício após o começo do recebimento do vantagem não terão direito aos R$ 300 agora, bem como aqueles que obtiveram vantagem previdenciário ou assistencial, de seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal no período.

Reforçaram-se as medidas de controle em um decreto editado ontem. Vão ficar de fora trabalhadores que conseguiram emprego com carteira assinada, por exemplo, e pessoas que tenham patrimônio e renda incompatível com o corte adotado para a concessão da vantagem. A Receita Federal reforçará a encruzilhada de dados, com as informações dos declarantes do imposto de renda para aferir o rendimento total da família.

Somente quem começou a receber a ajudinha emergencial em abril vai ter direito às quatro parcelas acomplementares Este é o caso dos beneficiários do Bolsa Família.

No entanto, quem passou a receber a ajudinha a partir de julho, por exemplo, vai ter as cinco parcelas regulares de R$ 600 pagas até novembro e exclusivamente mais uma parcela da nova vantagem residual de R$ 300, que vai ser paga em dezembro. Portanto, nem todos os trabalhadores vão receber o total de nove cotas.

No Congresso Nacional, deputados federais tentam modificar o texto mandado pelo Executivo — a MP 1.000/2020, que prorrogou a ajudinha com mais quatro parcelas — para que todos os beneficiários recebam as nove cotas. No total, foram exibidas 262 emendas pedindo mudanças na proposta original do governo federal. Muitos parlamentares pedem até a manutenção do valor em R$ 600.

Substituição do Bolsa Família No começo da semana, o presidente Jair Bolsonaro, que autorizou o relator do Orçamento, senador Marcio Bittar , a progredir na criação de um novo programa social, mesmo após o veto no governo a estudos sobre o Renda Brasil, desautorizou a equipe econômica de continuar os estudos para a criação do Renda Brasil — programa que pretendia trocar o Bolsa Família, com a promessa de elevação do valor médio pago aos beneficiários, a partir de janeiro. A repercussão negativa sobre as medidas que seriam adotadas para obter recursos no Orçamento — congelamento do reajuste de aposentadorias e pensões do INSS por até dois anos, diminuição do número de parcelas do seguro-desemprego e ampliação do tempo de trabalho para ter direito ao vantagem, assim como normas mais duras para a concessão de BPC/Loas a idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência carentes — fez o governo recuar.

Nesta quarta-feira, porém A responsabilidade de resolver o problema, agora, é do Congresso Nacional.

Pagamento de atrasados a outros trabalhadores

Em 3 meses, a Caixa Econômica Federal deduzirá também os pagamentos de o calendário de o ciclo 1, quando outros 3,8 milhões de cidadãos nascidos que não têm Bolsa Família em dezembro — e — poderão sacar a vantagem em dinheiro, em esta quinta-feira. A quantia está depositada em contas poupanças sociais digitais desde o dia 26 de agosto e só podia ser agitada pelo aplicativo Caixa Tem.

Essas pessoas não estavam incluídas no Cadastro Único e tiveram que se inscrever pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial, pelo site caixa.gov.br ou nas agências dos Correios. São trabalhadores informais, autônomos, desempregados sem direito a seguro-desemprego e microempreendedores individuais .

O banco reafirma que todos que chegarem dentro do horário de funcionamento das agências, das 7h às 13h, serão atendidos. Vai haver distribuição de senhas.

Desbloqueio de contas

Os usuários que tiveram as contas bloqueadas por suspeita de fraude serão informados pelo Caixa Tem de que têm que procurar uma agência da Caixa.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ajudinha: inicia pagamento de parcela extra de R$ 300 a quem tem Bolsa Família; pagamento vai só até dezembro
>>>>>Seis milhões de beneficiários perderão auxílio emergencial em nova fase de pagamento – September 17, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Governo suspende pagamento do auxílio emergencial para mais de 922 mil beneficiários do Bolsa Família – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 trabalhadores 310 145 NONE 5 trabalhadores informais autônomos desempregados: 1, trabalhadores: 3, todos os trabalhadores: 1
2 r 0 0 NONE 5 R: 5
3 auxílio 0 0 NONE 4 o auxílio: 1, O auxílio emergencial residual como: 1, o auxílio emergencial residual: 1, o auxílio emergencial: 1
4 direito 240 0 NONE 3 o direito: 1, direito: 2
5 Congresso Nacional 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: o Congresso_Nacional): 1, o Congresso_Nacional: 2
6 parcelas 0 0 NONE 3 parcelas: 2, as quatro parcelas adicionais: 1
7 medidas 40 60 NONE 2 as medidas mais restritivas: 1, As medidas: 1
8 usuários 0 40 NONE 2 Os usuários: 2
9 contas 0 20 NONE 2 contas: 1, as contas bloqueadas: 1
10 pessoas com o corte adotado para a concessão de o benefício 100 12 NONE 2 pessoas com o corte adotado para a concessão de o benefício: 2