Por: SentiLecto

– A carga de energia elétrica no Brasil terá que ter retração de 1,5% em 2020 ante 2019, fechando o ano em 66.793 MW médios, por efeito da pandemia da Covid-19 na atividade econômica, estimou nesta quarta-feira a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica . Faz 5 meses, quando entidades de o setor elétrico, incluindo a CCEE, esperavam recuo de %3 em 2020, a queda projetada em a carga ficou menos acentuada ante a calculada. Na véspera, o Operador Nacional do Sistema , a Empresa de Pesquisa Energética e a CCEE, que em levantamento conjunto, as entidades alegaram que as perspectivas de prazo mais longo, a partir de 2022, levam em consideração um ambiente econômico mais favorável, com recuperação do mercado de trabalho, estimaram que o Brasil terá que registrar crescimento médio de 3,6% ao ano na carga de energia do sistema nacional entre 2021 e 2025. , e uma maior estabilidade econômica. Considerando somente 2021, os dados de planejamento assinalaram para uma ampliação de 3,4% na carga do Sistema Interligado Nacional , com base em uma elevação de 3,3% no Produto Interno Bruto no ano que vem.

– A Agência Nacional de Energia Elétrica vai realizar na noite desta segunda-feira uma reunião para discuti uma proposta de reativação do sistema de bandeiras tarifárias nas contas de luz, mencionou pauta publicada no site da reguladora. A agência havia decidido em maio deste ano conservar as contas de luz na chamada bandeira verde, sem preços complementares para o consumidor, até o final de dezembro, citando «o cenário de redução de carga e as perspectivas de geração de energia» em meio à pandemia de Covid-19. A reunião acontecerá às 18h desta segunda. O relator da proposta, de acordo com o site da Aneel, é o diretor Efrain Pereira da Cruz. A inclusão da proposta na pauta acontece em momento em que a carga de energia no Brasil recomeça força, diante da flexibilização de medidas restritivas, e algumas regiões lidam com chuvas mais escassas. Enquanto as chuvas em regiões de reservatórios de usinas hidrelétricas vão ficar abaixo da média para o fase em todas as regiões do país, conforme projeção divulgada na sexta-feira pelo Operador Nacional do Sistema , em dezembro a carga de energia brasileira deverá ampliar 4,4% em comparação anual. Quando sai do platô verde para amarelo ou vermelho, o dispositivo de bandeira tarifária, definido de acordo com a oferta de energia no sistema, gera preços extras para o consumidor. – A carga de energia brasileira deverá ampliar 4,4% em dezembro ante o mesmo mês do ano passado, estimou o Operador Nacional do Sistema em relatório nesta sexta-feira. Ao mesmo tempo em que vê uma ampliação na procura, o ONS projetou chuvas nas regiões das hidrelétricas abaixo da média histórica para o fase: em 47% no Sudeste; 64% no Sul; 62% no Nordeste; e 80% no Norte. O apagão que deixou o estado do Amapá, na Região Norte do país, no escuro durante 22 dias fez com que muitos brasileiros descobrissem uma opção ao sistema elétrico nacional: o poder de gerar e armazenar a própria energia. São os chamados sistemas off-grid, que funcionam por meio de baterias ligadas a sistemas fotovoltaicos residenciais, por exemplo. Nos últimos dez anos, o custo da bateria de lítio, que é uma das mais usadas, ficou em média 88% mais baixo, e poderá cair mais 50% nos próximos anos, segundo projeções divulgadas pela consultoria Greener na última semana. Com isso, o mercado espera que essa opção se torne cada vez mais habitual nos lares de Brasil, principalmente em locais onde as redes elétricas não costumam chegar.

Na quarta-feira 18 de novembro – A agência de classificação de risco Fitch Ratings reafirmou a nota de crédito soberano «BB-» para o Brasil, com perspectiva negativa, e chamou atenção para os riscos fiscais do país em um ambiente de incerteza política doméstica e ressurgimento mundial das infecções pelo coronavírus. Fitch em relatório firmou: «A perspectiva negativa refletia a severa danificação do déficit fiscal brasileira e da carga da dívida pública durante 2020 e a incerteza persistente quanto às perspectivas de consolidação fiscal, incluindo a sustentabilidade do ttelhadode gastos de 2016 , dadas as cininterruptaspressões sobre os gastos»,.»A Fitch esperava que a economia seja recuperada a partir de 2021; no entanto, a incerteza em torno dos desenvolvimentos políticos e de políticas públicas, combinada com um ressurgimento de infecções mundiais por coronavírus, continuava a obscurecer o panorama.» Quando a dívida pública teria que chegar a quase 95% do Produto Interno Bruto, a Fitch calculava que a economia de Brasil vai padecer contração de 5% em 2020.

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica instituída pela Lei nº 10.848, de 15 de março de 2004 e regulamentada pelo decreto Nº 5.177 de 12 de Agosto de 2004, tem por propósito viabilizar a comercialização de energia elétrica no mercado de energia brasileiro.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Carga de energia no Brasil em 2020 vai cair menos que o calculado, declara CCEE
>>>>>Aneel debaterá nesta segunda reativação do sistema de bandeiras tarifárias – November 30, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>ONS projeta alta de 4,4% na carga de energia em dezembro e chuvas abaixo da média – November 27, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Após apagão no Amapá, moradores investem em sistemas de geração de energia solar com baterias – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Fitch 0 75 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: A Fitch): 2, A Fitch: 2, a Fitch: 1
2 off-grid 0 0 OTHER 5 off-grid: 2, (tacit) ele/ela (referent: off-grid): 3
3 o Brasil 0 140 PLACE 4 o Brasil: 4
4 chuvas 0 0 NONE 3 chuvas: 2, as chuvas: 1
5 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
6 média 0 0 NONE 3 média histórica: 1, média: 2
7 perspectiva 40 140 NONE 2 A perspectiva negativa: 1, perspectiva negativa: 1
8 apagão 100 0 NONE 2 O apagão: 2
9 a carga de energia de o brasil 80 0 NONE 2 A carga de energia de o Brasil: 1, a carga de energia de o Brasil: 1
10 Agência Nacional de Energia Elétrica 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: A Agência_Nacional_de_Energia_Elétrica): 1, A Agência_Nacional_de_Energia_Elétrica: 1