Por: SentiLecto

– A bolsa paulista começava a semana com viés positivo, beneficiada pela trajetória de alta nos mercados acionários no exterior, com ações do setor de mineração e siderurgia entre os maiores ganhos do Ibovespa nesta manhã. Às 11:44, o Ibovespa subia 0,7%, a 100.731,03 pontos. O volume financeiro era de 8,77 bilhões de reais. Em Wall Street, sinais de melhoria no desenvolvimento de vacina para a Covid-19 e com um início positivo para a temporada de balanços corporativos do segundo trimestre nos Estados Unidos, com o resultado da PepsiCo, endossavam o bom humor. O norte-americano S&P 500 subia 1%. No Brasil, a colheita de resultados da Ibovespa inicia no dia 22, com WEG abrindo calendário. A segunda-feira no mercado brasileiro também era marcada pela repercussão de anúncio das ofertas de ações de Dimed e Irani, previstas para serem precificadas no dia 22, mantendo o mercado de capitais aquecidos dado o cenário de juros no país. Na visão da equipe da CM Capital Markets, a bolsa de Brasil tende a ser influída pelo otimismo com recuperação da atividade mundial adicionado às expectativas quanto aos balanços corporativos e agenda doméstica fraca nesta sessão. DESTAQUES – VALE ON 3,09%, na esteira do salto dos custos futuros do minério de ferro na China, em meio a expectativas de um aperto sazonal na oferta proveniente de mineradoras na Austrália. No setor, CSN ON disparava 8,99%, GERDAU PN tinha elevação de 4,17% e USIMINAS PNA valorizava-se 3,36%. – IRB BRASIL RE subia 7,61%, em sessão de recuperação, após iniciar o mês com fortes perdas, penalizada por revisão de resultados anteriores após fraude contábil, entre outras adversidades. Até o momento, a ação perde 9,8% em julho e 74,5% em 2020, pior performance do Ibovespa. – CVC BRASIL ON valorizava-se 3,45%, também buscando no cenário mais positivo como um todo suporte para alguma recuperação, dado o forte efeito negativo nos resultados provocado pela pandemia de Covid-19, além de também ter identificado anormalidades em suas demonstrações financeiras. Em julho, já acumula alta de 25,5%. Mas no ano ainda perde 48%. – BANCO DO BRASIL ON subia 1,2%, ITAÚ UNIBANCO PN ganhava 0,33% e BRADESCO PN progredia 0,67%. Para analistas do Credit Suisse, o setor está atrativo mesmo sob premissas conservadoras, conforme relatório, em que reiteraram recomendação ‘outperform’ para os grandes bancos de varejo do país. SANTANDER BRASIL UNIT cedia 0,31%. – PETROBRAS PN cedia 0,27%, em meio à fraqueza dos pcustosdo petróleo no exterior. PETROBRAS ON tinha alta de 0,3%. – AMBIPAR ON disparava 16,2% em sua estreia na bolsa paulista, com o câmbio chegando a superar 29 reais, após seu IPO ser precificado a 24,75 reais por papel. – DIMED ON progredia 7,13%, após anúncio de oferta de ações bilionária com esforços restritos, que a empresa espera precificar na próxima semana. Os papéis não estão no Ibovespa. DIMED PN subia 6,75%. A companhia se comprometeu a migrar para o Novo Mercado se concretizada a operação, o que vai implicar conversão das PNs em ONs. – IRANI saltava 19,4%, após anúncio de oferta primária inicial de 90 milhões de ações ordinárias com esforços restritos, que espera precificar em 22 de julho. A operação ainda calcula distribuição secundária complementar de até 31,5 milhões de papéis. Considera-se a operação um re-IPO dada a baixíssima liquidez de as ações. Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

– A bolsa paulista buscava se sustentar no azul nesta sexta-feira, em meio a um cenário externo hesitante, e andava para nova performance semanal positiva, com o Ibovespa recuperando níveis do início de março. Às 11:14, o Ibovespa subia 0,39%, a 99.551,33 pontos, mas contabilizando uma alta de 2,9% na semana até o momento. O giro financeiro era de 6 bilhões de reais. No exterior, a ampliação de casos de Covid-19, particularmente nos Estado Unidos, soma alguma precaução, dado o risco de um conseqüência negativo na retomada das economias, cujos sinais têm amparando uma forte recuperação nas bolsas. Em Wall Street, o S&P 500 tinha variação negativa de 0,06%. Para a Elite Investimentos, o número lembre de casos de infecção pelo Covid-19 em alguns Estados norte-americanos seguem pensando no humor dos invesidores, principalmente o temor de que uma segunda onda prejudique a reabertura. Agentes financeiros têm associado menor alento na bolsa de Brasil nos últimos pregões também à falta de notícias rpertinentesque atuem como catalisadores para novo movimento de compras, além de algumas rexecuçõesde lucros. Desde a mínima registrada em março já registra valorização ao redor de 60%, embora o Ibovespa ainda acumule queda de cerca de 14% em 2020. Investidores também aguardam o início da temporada do balanços no Brasil neste mês, que tem que mostrar o conseqüência do fase mais agudo da crise provocada pelo coronavírus. Do Ibovespa, WEG abre a colheita no dia 22. DESTAQUES – CVC BRASIL ON saltava 6,79%, a 20,61 reais, tendo alcançado 21,22 reais na máxima até o momento, após anunciar um ampliação de capital que pode chegar a 703 milhões de reais, com subscrição privada a 12,84 reais por ação. O valor encarna um desconto de 33,5% em relação àoccâmbiode fencerramentodo papel da véspera, de 19,30 reais. Embora ainda enxerguem um cenário desafiador para o setor nos próximos trimestres, analistas do BTG Pactual consideraram o anúncio positivo. No ano, as ações da CVC acumulam queda de cerca de 50%. – B2W ON perdia 1,59%, em sessão de ajuste após forte valorização na véspera, com o setor de ecommerce entre os que mais se valorizaram na bolsa em 2020. VIA VAREJO ON subia 0,85% e MAGAZINE LUIZA ON ganhava 0,2%. – JBS ON tinha elevação de 3,42%, com o setor de proteínas como um todo em alta na sessão. MARFRIG ganhava 2,75% e MINERVA ON subia 1,28%. Analistas do BTG Pactual publicaram prévia para os resultados do setor no segundo trimestre, estimando crescimento agregado da receita líquida das companhias sob sua cobertura de mais de 33% ano a ano. Além de JBS, Marfrig e Minerva, a conta também inclui BRF e M.Dias Branco. – PETROBRAS PN subia 0,95% e PETROBRAS ON progredia 1,19%, tendo de pano de fundo a alta dos custos do petróleo no mercado externo. – VALE ON tinha elevação de 0,99%, mesmo com declínio dos custos futuros do minério de ferro na China, que, entretanto, Faz 2 meses, marcou seu maior ganho semanal desde meados, com o otimismo aumentando em relação em as perspectivas de procura de o maior produtor e consumidor global de produtos siderúrgicos.No setor de mineração e siderurgia, CSN mostrava alta de 0,81%. – ITAÚ UNIBANCO PN progredia 1,11%, mesmo após sua unidade no Chile registrar uma baixa contábil sem conseqüência caixa referente a perda de 930 milhões de dólares com ativos. No setor, BRADESCO PN subia 1,28% e BANCO DO BRASIL ON tinha elevação de 0,24%, mas SANTANDER BRASIL UNIT cedia 0,21%. Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em – O Ibovespa fechou em alta nesta sexta-feira, acima dos 100 mil pontos pela primeira vez desde março, apoiado no viés positivo dos mercados no exterior, com CVC Brasil e Cogna progredindo mais de dois dígitos e liderando os ganhos da sessão. Índice de referência do mercado acionário de Brasil, o Ibovespa subiu 0,88%, a 100.031,83 pontos. O volume financeiro adicionou 24,1 bilhões de reais. Na semana, acumulou alta de 3,38%, conservando em julho o viés positivo dos últimos três meses, apoiado no cenário de juros muito baixos no país e sinais de que o pior para atividade econômica brasileira pode ter ficado para trás. Final de janeiro, o Ibovespa já acumula valorização de cerca de 60% desde as mínimas do ano registradas em março, embora continue distante dos quase 120 mil pontos que alcançou no. Para o analista José Falcão, da Easynvest, correções e execução de lucros não estão descartadas, mas o movimento principal da bolsa é de alta e não há sinais de mudança dessa tendência. Reiterou: «O cenário é positivo, de bolsa em alta, sem sinais de reversão nesse momento». Ele cogitou, contudo, que o mercado precisa de dados e eventos que deem mais força para o Ibovespa se consolidar acima dos 100 mil pontos, bem como a proximidade da temporada de balanços do segundo trimestre pode travar o alento. A temporada das companhias do Ibovespa inicia dia 22, com a divulgação do balanço de Weg . No exterior, o norte-americano S&P 500 subiu 1%, com a notícia de que o remédio remdesivir da Gilead melhorou significativamente a recuperação hospital e diminuiu o risco de morte em pacientes com Covid-19. A alta de novos casos de coronavírus nos Estados Unidos tem somado precaução mais recentemente, principalmente por causa de temores quando a uma volta de medidas de lockdown que afete a retomada da maior economia do mundo. DESTAQUES – CVC BRASIL ON saltou 14%, a 22 reais. A operadora de turismo anunciou uma ampliação de capital que pode chegar a 703 milhões de reais, com subscrição privada a 12,84 reais por ação. O valor encarna um desconto de 33,5% em relação àoccâmbiode fencerramentodo papel da véspera, de 19,30 reais. Embora ainda enxerguem um cenário desafiador para o setor nos próximos trimestres, analistas do BTG Pactual consideraram o anúncio positivo. No ano, as ações da CVC acumulam queda de quase 50%. – COGNA ON disparou 11,05%, em meio a expectativas para o IPO de sua subsidiária de educação básica Vasta nos Estados Unidos, após a empresa pedir no início da semana registro para a oferta. Em relatório na ocasião, a Guide Investimentos considerou a notícia positiva, adicionando que, a Cogna conseguirá erguer uma soma importante para readequação, caso operação aconteça da sua estrutura de capital. A ação lidera as altas do Ibovespa no mês. – PETROBRAS PN subiu 1,67% e PETROBRAS ON progrediu 1,55%, na esteira da alta dos custos do petróleo no mercado externo. – VALE ON fechou com elevação de 0,97%, mesmo com declínio dos custos futuros do minério de ferro na China, que, entretanto, Faz 2 meses, tiveram seu maior ganho semanal desde meados, com o otimismo aumentando em relação em as perspectivas de procura de o maior produtor e consumidor global de produtos siderúrgicos.- ITAÚ UNIBANCO PN progrediu 0,93%, mesmo após sua unidade no Chile registrar uma baixa contábil sem conseqüência caixa referente a perda de 930 milhões de dólares com ativos. No setor, BRADESCO PN subiu 1,46%. – QUALICORP ON fechou em baixa de 2,53%, com outras ações do setor de saúde também entre os destaques negativos. NOTRE DAME INTERMÉDICA ON perdeu 1,79% e FLEURY ON recuou 1,01%. Na contramão, HAPVIDA ON subiu 0,9%. – ELETROBRAS ON e ELETROBRAS PNB caíram 1,33% e 2,01%, respectivamente, em sessão de ajustes, após alta significativa na véspera, em meio a expectativas relacionadas à privatização da elétrica estatal. Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em – A bolsa paulista buscava conservar o viés positivo nos primeiros negócios desta segunda-feira, beneficada pela trajetória de alta de mercados acionários no exterior, tendo o início da temporada de resultados nos Estados Unidos no radar. Às 10:13, o Ibovespa subia 0,72 %, a 100.751,29 pontos.

Na quarta-feira 17 de junho – O Ibovespa registrava alta na sessão desta quarta-feira, com investidores domésticos na expectativa de novo corte na taxa básica de juros pelo Banco Central após o pregão e aguardando uma sinalização dos próximos passos da política monetária. Às 11:48, o Ibovespa subia 1,18%, a 94.639,24 pontos. O volume financeiro era de 8,23 bilhões de reais, em sessão também marcada pelo vencimento de alternativas do índice. A aposta do mercado era de que a taxa básica de juros seja diminuída em 75 pontos-base para 2,25% pelo Comitê de Política Monetária , mas «nenhuma surpresa podia ser descartada», para analistas da Infinity Asset, que alegaram que «o Copom tinha que lidar tanto com indicadores bastante ruins de atividade econômica, em especial em serviços e no varejo, mas com os desafios dos efeitos da cotação na economia.» Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística desta quarta-feira, o volume de serviços em abril caiu 11,7% na comparação com o ano anterior, recuo mais forte desde o começo da série histórica em janeiro de 2011 e marcou a terceira taxa negativa seguida, fase em que as perdas acumuladas foram de 18,7%. [nL1N2DU0HS] Enquanto isso, a Cielo divulgou que as vendas no varejo de Brasil caíram 30,5% em maio na comparação com um ano antes, mas Faz 3 meses, quando medidas de isolamento social se mostraram mais intensas, mostraram trajetória de recuperação de este ano. [nL1N2DU0I1] No exterior, os índices de Wall Street operavam com volatilidade e sem direção definida, no aguardava de discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, às 13h . Enquanto o Dow Jones recuava 0,23%, o S&P 500 caía 0,24%. Para analistas da Terra Invesntimentos, Powell » devia assinalar a permanência nos estímulos econômicos. «Entretanto, não era descartado um possível stress como seu apontamento de que os números da economia ainda possam vir bem mais negativos», o que podia impactar a bolsa de Brasil. DESTAQUES – ELETROBRAS ON e ELETROBRAS PNB subiam 10,8% e 6,7%, respectivamente, na liderança das altas do Ibovespa. Segundo reportagem do jornal O Globo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, mudou de planos e pretendia trabalhar para realizar quatro grandes privatizações em 2020, incluindo a Eletrobras. [nL1N2DU0HC] – JBS ON subia 3,9%, após a agência de classificação de risco Fitch aumentar o rating de longo prazo da companhia. No setor, BRF FOODS ON ganhava 3,2%, Enquanto MINERVA ON desvalorizava, mARFRIG ON progredia 1,3%-se 1,8%. – CIELO ON recuava 2,4%, como uma das maiores quedas do Ibovespa, após ter acumulado uma progressão de quase 18% esta semana, na esteira do anúncio da parceria com o WhatsApp para a implementação de pagamentos digitais no aplicativo. – BRADESCO PN valorizava-se 0,6%, seguindo a forte alta da véspera. Enquanto SANTANDER BR UNT caía 0,2%, iTAÚ UNIBANCO PN ganhava 0,6%. – PETROBRAS PN perdia 0,05%, em meio à queda nos pcustosdo contrato futuro do petróleo. PETROBRAS ON tinha oscilação positiva de 0,05%.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil, United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Com aval externo, índice progride guiado por mineração e siderurgia
>>>>>Ibovespa busca se sustentar no azul a caminho de novo ganho semanal; CVC sobe quase 7% – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ibovespa fecha acima dos 100 mil pontos e volta a patamar pré-pandemia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ibovespa avança acima dos 100 mil pontos nos primeiros negócios com aval externo – July 13, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Ibovespa retoma viés positivo; MRV e Via Varejo lideram altas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ibovespa oscila pouco na abertura com aumento de casos de Covid-19 no radar – July 10, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Ibovespa fecha na máxima em 4 meses com perspectivas de retomada econômica – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Exterior mais negativo deve deixar nível de 100 mil pontos do Ibovespa para depois – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 On Csn 300 100 PERSON 42 Ambipar_On: 1, On: 3, varejo On: 1, Petrobras_On: 4, (tacit) ele/ela (referent: Petrobras_Pn): 4, (tacit) ele/ela (referent: MARFRIG): 1, Petrobras_Pn: 4, Jbs_On: 2, Notre_Dame_Intermédica_On: 1, (tacit) ele/ela (referent: Notre_Dame_Intermédica_On): 1, brasil On: 2, Hapvida_On: 1, Fleury_On: 1, Cielo_On: 1, Cogna_On: 1, MARFRIG: 1, Brf_Foods_On: 1, (tacit) ele/ela (referent: varejo On): 2, Qualicorp_On: 1, (tacit) ele/ela (referent: Csn_On): 1, Dimed_Pn: 1, Dimed_On: 1, Marfrig_On: 1, Cogna: 1, Csn_On: 1, B2w On: 1, minerva On: 2
2 eu 80 150 NONE 12 (tacit) eu: 12
3 alta 120 0 NONE 11 alta de %0,3: 1, alta de %25,5: 1, alta: 5, alta expressiva: 1, uma alta de %2,9: 1, alta de %0,81: 1, alta de %3,38: 1
4 Ibovespa 60 0 ORGANIZATION 11 O Ibovespa: 2, o Ibovespa: 9
5 bolsa 130 0 NONE 9 bolsa: 1, A bolsa paulista: 3, a bolsa: 1, a bolsa brasileira: 3, a bolsa paulista: 1
6 setor 50 0 NONE 8 o setor: 8
7 exterior 0 0 NONE 6 o exterior: 6
8 cenário 80 65 NONE 5 um cenário desafiador: 2, O cenário: 1, um cenário externo hesitante: 1, o cenário: 1
9 companhia 60 40 NONE 5 a companhia: 2, A empresa: 1, a empresa: 1, as empresas: 1
10 Itaú Unibanco Pn 135 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Itaú_Unibanco_Pn): 1, Itaú_Unibanco_Pn: 4